Natura completa duas décadas de relação com a sociobiodiversidade amazônica

22 de julho de 2019

No Dia de Proteção às Florestas, empresa relembra iniciativas ao longo de 20 anos de atuação na região

A Natura foi pioneira na indústria cosmética a investir no desenvolvimento que valoriza a biodiversidade nacional e a sustentabilidade das comunidades da Amazônia. Em 1999, um ano antes de lançar a linha Natura Ekos, a empresa passou a adquirir ingredientes de comunidades, sobretudo na região amazônica, e estabeleceu os primeiros vínculos por meio de oportunidades de negócios socialmente justos, ambientalmente corretos e economicamente viáveis. Foram os primeiros passos para estruturar um modelo sustentável que fomenta uma economia baseada na floresta em pé.

Vinte anos depois, já são mais de 4,6 mil famílias beneficiadas de 31 comunidades, das quais são adquiridas 17 matérias-primas (como óleo de castanha e polpa de açaí) e 60 ingredientes com origem sustentável, como murumuru, andiroba e ucuuba. Neste ano, um novo levantamento apurou que esse modelo de negócio contribui para a conservação de 1,8 milhão de hectares na Amazônia, área equivalente a 12 vezes o tamanho da cidade de São Paulo.

Para coordenar a atuação na região, o Programa Natura Amazônia foi estruturado em 2011, a partir de três pilares: ciência, tecnologia e inovação, cadeias produtivas da sociobiodiversidade e valorização do conhecimento tradicional e cultural. O volume de negócios movimentado na região ultrapassa R$ 1,5 bilhão – acima da meta estabelecida para 2020, um valor acumulado de R$ 1 bilhão.

Confira algumas iniciativas que mostram o que uma marca de beleza pode fazer pela Amazônia:

Repartição de benefícios

A geração local de renda incentiva as populações a manterem seus modos de vida tradicionais e reconhecerem que a floresta tem mais valor em pé do que derrubada. Em 2018, foram pagos mais de R$ 18 milhões às comunidades fornecedoras – um aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior. Do total repassado, o valor mais significativo foi destinado à estruturação do Fundo de Desenvolvimento Sustentável, junto à Cooperativa Mista dos Produtores e Extrativistas do Rio Iratapuru, a Comaru, com atuação na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Iratapuru, no Amapá.

Casas Familiares Rurais

Há mais de cinco anos a Natura apoia as Casas Familiares Rurais da Amazônia, que funcionam como núcleos educacionais com modelo de ensino focado nos conhecimentos dos agroextrativistas. A mais recente, situada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Uacari, no município de Carauari (AM), foi inaugurada em março deste ano e oferece os cursos de ensino médio e de educação profissional — técnico em agroecologia e desenvolvimento sustentável — para jovens e adultos, visando a melhoria na qualidade de vida dos ribeirinhos ao incentivar a permanência dos alunos na comunidade.

Insumos da região pan-amazônica

A meta estabelecida pela empresa prevê que 30% dos insumos utilizados sejam provenientes da região pan-amazônica. Em 2018, houve um aumento de 14% da compra de insumos da região, ampliando o impacto positivo gerado nas comunidades.

Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, com faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2018. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, pelo Rede Natura, por meio do app, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”. Para mais informações, visite www.natura.com.br ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Natura