Novo recorde em Vendas Diretas

Resultados de 2014 mostram que o mercado de Vendas Diretas conseguiu alcançar um novo recorde em número de revendedores

 

Em 2013, a quantidade de revendedores diretos já somava 99,7 milhões de pessoas. Em 2014, esse segmento mostrou mais uma vez o seu potencial de seu crescimento: com base nos números divulgados em Junho pela World Federation of Direct Selling Associations, estima-se que aproximadamente 100 milhões de pessoas atuam nesse mercado,  um aumento de 3,4% em relação ao percentual anterior.

 

A abertura para o aprendizado de novas habilidades é uma das características desse mercado, assim como o estímulo ao networking e o aumento da auto-estima, de acordo com a matéria publicada no blog da WFDSA. Outra característica apontada, foi a possibilidade de se envolver em iniciativas de responsabilidade social através do vínculo com as empresas de venda direta.

 

Outro ponto mencionado pela WFDSA, é a diversidade de perfil desses profissionais: muitos são empreendedores, como gerentes de pequenas empresas independentes que constroem os seus próprios negócios e também part-times, que são pessoas que trabalham com vendas diretas para a obtenção de renda extra, numa rotina de trabalho parcial. Existem ainda os clientes,  que se interessaram pelo negócio, e se tornaram revendedores a partir daí.

 

O percentual de vendas também apresentou um resultado positivo, com crescimento de 6,4%, o equivalente a um valor total de US$182,8 bilhões de dólares em 2014. Os 5 primeiros países apontados nesse ranking, compõem juntos cerca de 60% do total geral do mercado de vendas diretas – os Estados Unidos ainda lidera o mercado e representa 19% de participação, de acordo com o ranking do Relatório Global de Vendas Diretas (para ver o mais detalhes desse relatório, clique aqui).