Revendedor – o primeiro cliente

Relacionamento com revendedores é o primeiro passo para o sucesso da venda direta

 

A venda direta é um caminho atraente para estabelecer um negócio bem-sucedido, pela presença de um elo que as prateleiras não possuem: os revendedores. São eles os responsáveis por apresentar as melhores funcionalidades de um produto e expor os diferenciais em relação aos concorrentes. Essa apresentação, somada ao fator humano – alguém para responder todas as dúvidas de forma imediata (alguém que possivelmente já pertence ao círculo de conhecidos do cliente e possivelmente já desfruta da confiança dele), faz desse modelo uma excelente oportunidade de negócio.

 

Então, sendo o revendedor o ponto-chave para conseguir atingir esse nível de proximidade com o público, ele é o primeiro desafio para as empresas. E por que não dizer, o primeiro cliente? Ele é o primeiro indivíduo a ter contato com os produtos, e o primeiro que precisa ser convencido de que este é um bom negócio. O revendedor precisa provar por ele mesmo a qualidade dos produtos que vai trabalhar, dominar as informações mais importantes sobre o manuseio e, também, conhecer técnicas de abordagem e relacionamento para aumentar as chances de concretizar a venda.

 

Assim, o investimento em treinamento e capacitação dos revendedores é perfeitamente justificado e viável, e encerra a primeira parte da “conquista”. Mas ainda existe uma parte que não pode ser esquecida: os revendedores precisam acreditar na marca. É preciso conquistá-los e envolvê-los com esse universo, e proporcionar experiências que os levem a ter orgulho de trabalhar com essa empresa. Esse laço será transmitido de forma natural, e é um diferencial para conquistar a fidelidade dos consumidores.

 

Além de incluir novas pessoas no mercado de trabalho e oferecer à elas chances de construção de carreira, o mercado de vendas diretas está com as portas abertas para qualquer pessoa que estiver interessada. Se o “primeiro cliente” for conquistado, a empresa terá segurança em confiar sua marca para ser levada adiante, através de revendedores comprometidos e satisfeitos com seu próprio trabalho.

2019-12-20T15:12:05-03:00junho 29th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , |

Família e trabalho: conheça uma trajetória de equilíbrio e sucesso

Kara Schneck fala sobre suas experiências numa empresa de venda direta avaliada em $3,17 bilhões

 

A Revista Utah Valley 360 BusinessQ publicou uma série de matérias chamadas “Mulheres no trabalho” e uma das convidadas foi Kara Schneck, a diretora de comunicação da Nu Skin, que está entre as 10 maiores empresas de venda direta do mundo. Kara conta que viajou pelo mundo todo para representar a empresa, e em 2015, completa seus 20 anos de carreira na fabricante de cosméticos.

 

“A melhor desculpa não mudará o resultado”. Foi o que Kara ouviu de seu pai durante a infância, o que a ensinou a trabalhar com compromisso e sempre procurar por novas  oportunidades. Casada e mãe de três filhas, a vida familiar e a carreira profissional foram conciliadas através de prioridades, bem definidas desde o início: “todas somos mulheres que querem o melhor para sua família e sua comunidade”.

 

Depois de se formar em Relações Públicas e estagiar em uma agência de comunicação em Nova York, Kara voltou a sua cidade natal em Utah e teve contato com um antigo professor que a convidou para conhecer a Nu Skin. Um convite que ela aceitou durante a gravidez da primeira filha, nascida exatamente 15 dias depois do seu primeiro dia de trabalho.

 

Kara conta que não abriu mão de estar com suas filhas. Para ela, cada mulher vem de uma família e situações específicas, e que cada uma delas conta com diferentes talentos, motivações e experiências para tornar o trabalho algo positivo e prazeroso: “O sucesso se tornou diferente para mim ao longo dos anos, mas o componente que permaneceu imutável foi ter uma família bem-sucedida – e minha experiência aqui no trabalho contribui para isso”.

 

Para ler a entrevista completa, clique aqui.

 

2019-12-20T15:12:06-03:00junho 26th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

Adote boas práticas de segurança da informação para sua rotina

Aprenda como lidar com a segurança da informação na internet

 

Você tem o hábito de usar aparelhos eletrônicos para reunir contatos, organizar a agenda, fazer transações e outras pequenas facilidades que ajudam a rotina? Até o seu próprio celular pode ser capaz de reunir várias dessas funcionalidades para economizar tempo e tornar o dia muito mais prático. Mas fique atento: para a praticidade não se tornar preocupação, é importante tomar alguns cuidados.

 

A Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (Federal Trade Comission – FTC) publicou uma série de instruções simples e eficazes para manter a segurança e a privacidade das informações que usamos, sejam pessoais ou de consumidores, num tempo onde todos estão cada vez mais conectados, e pretendem fazer da internet um meio seguro e competente para se fazer negócios.

 

O relatório foi feito a partir da contribuição de tecnólogos e acadêmicos, representantes da indústria, consumidores e advogados e todos os que participaram do FTC’s Internet of Things workshop, um evento para discutir “a internet das coisas”, termo que foi criado para definir a comunicação através da internet entre dispositivos eletrônicos, como tablets, smartphones ou computadores.

 

Entre as principais recomendações discutidas, estão:

 

  • Procurar meios de deixar todos os seus dispositivos sempre protegidos, antes de avaliar alguma atividade suspeita (como vírus e programas não identificados);

 

  • Se você divide dados com outras pessoas, compartilhe hábitos de segurança, para evitar riscos durante a transmissão de arquivos;

 

  • Mantenha uma backup atualizado dos seus arquivos mais importantes;

 

  • Crie códigos e senhas para impedir que usuários não autorizados acessem informações pessoais armazenadas na rede,

 

  • Sempre que possível, monitore a atividade de todos os seus dispositivos conectados a Internet.

 

2019-12-20T12:25:13-03:00junho 24th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , |

Dica de Leitura “Mestre das Vendas”

Grandes profissionais da área de vendas falam sobre suas experiências e técnicas para uma carreira de sucesso

 

Histórias e experiências compartilhadas por mais de 80 profissionais numa coletânea de artigos com estratégias, técnicas e abordagens de venda. Os autores explicam como se tornaram líderes de mercado e dão dicas de como alcançar sucesso nas negociações. Descubra as táticas de guerrilha da venda direta, as vantagens de ser persistente, como analisar a personalidade do comprador, qual a importância de uma rede de indicações e vínculos constantes e as tecnologias de venda on-line.
Mais detalhes do Livro, clique aqui.

2019-12-20T15:01:17-03:00junho 22nd, 2015|Categories: ABEVD Clipping|

Entenda o comportamento dos consumidores

Saiba quais são os fatores que mais influenciam a decisão dos consumidores para a escolha de um produto

 

Durante o processo de decisão de compra, existem fatores que exercem influência na preferência de alguns produtos e/ou serviços, assim que é identificado o desejo ou a necessidade de consumir algo. Basicamente, existem quatro grandes grupos de fatores que são os responsáveis pela decisão dos consumidores: conhecê-los pode ajudar a entender melhor o comportamento dos consumidores e a enxergar novas oportunidades de tornar seu produto mais atrativo.

 

Fatores Culturais

Os fatores culturais são compostos por um conjunto de valores, percepções e comportamentos adquiridos através da vida em sociedade. Religião e região geográfica, por exemplo, são fatores de subcultura que fazem com que um comportamento seja mais comum em um determinado grupo de pessoas, do que em outros. A classe social também está dentro dos fatores culturais por assimilar interesses e hábitos entre diferentes camadas.

 

Fatores Sociais

A comunidade de pessoas em que o consumidor está inserido exercem influencias sociais: são grupos informais como vizinhos, colegas de trabalho ou sindicatos. A família normalmente costuma ser a referência com maior influência (tanto os pais como cônjuge), além de cargos e títulos, que fazem com que o indivíduo pense na sua escolha: aquele produto/serviço representará sua posição.

 

Fatores Pessoais

Essas são as características mais particulares de cada consumidor e traduzem as experiências que já foram vividas e o estágio atual. A idade e ciclo de vida determinam os desejos e as necessidades de cada um em cada fase: os produtos consumidos por alguém com 15 anos são diferentes daqueles consumidos por alguém com 50 anos. Outros fatores como profissão e estilo de vida (atividades praticadas, interesses e opiniões) também devem ser observados.

 

Fatores Psicológicos

Apesar dos fatores psicológicos aparentemente serem muito próximos do significado dos fatores pessoais, as características a serem observadas são outras: a motivação da compra, a percepção (processo de selecionar, estruturar e decifrar as informações recebidas) e o posicionamento positivo ou negativo diante de uma oportunidade de compra.

 

Para tentar entender todos esses fatores do seu cliente, tente identificar o que ele pensa, vê, ouve e fala. Os medos, frustrações e os verdadeiros desejos e necessidades podem dizer muito sobre qual a escolha que ele fará e o que você pode oferecer para de destacar entre a concorrência.

2019-12-20T15:12:06-03:00junho 19th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: |

2015 DSA Annual Meeting

Entre os dias 31 de Maio e 02 de Junho foi realizado o Encontro Anual da Associação de Vendas Diretas em San Antonio, Texas – EUA

 

No encontro desse ano, executivos de várias partes do mundo reuniram-se para discutir tendências, mudanças e as questões mais urgentes relacionadas ao mercado de vendas diretas. Empresas como Amway, Mary Kay, Herbalife, Nu Skin e muitas outras participaram do evento que foi organizado pela Associação de Vendas Diretas (Direct Selling Association – DSA).

 

A inauguração foi feita com um almoço especial para networking, onde líderes da indústria, fornecedores e interessados puderam trocar seus contatos, estimulados pela própria comissão organizadora. Aproximadamente 50 executivos de grandes indústrias conduziram as sessões de mini-workshops com duração de 30 minutos sobre diversos assuntos como reconhecimento de campo, expressão de marca e ferramentas de marketing em que os inscritos puderam acompanhar através de experiências e ideias criativas para implementação imediata.

 

O acompanhamento do evento podia ser feito em tempo real através do Twitter e do aplicativo oficial, que também permitia escolher e programar as atividades das quais os inscritos manifestavam interesse em participar. Um dos atrativos do evento, foram os 135 fornecedores de diversos segmentos apresentando seus serviços, que iam desde consultorias de planejamento até programas de viagens de incentivo para revendedores diretos.

 

“O tema desse ano foi uma oportunidade de dedicar nosso tempo em San Antonio para celebrar as oportunidades do nosso canal de vendas  – oportunidades de se destacar, liderar, inspirar e alcançar muito mais do que nós jamais havíamos imaginado”, disse o Presidente e CEO da Mary Kay, David Holl.

 

A ABEVD também participou desse evento, com a diretora executiva Roberta Kuruzu, representando o Brasil na reunião da WFDSA – World Federation of  Direct Selling Associations e acompanhando as tendências e boas práticas do mercado de vendas diretas dos Estados Unidos, umas das principais referências nesse segmento. Os resultados apresentados mostraram que há um contínuo crescimento desse mercado e também um aumento no número dos revendedores: uma clara oportunidade para a expansão das vendas diretas.

 

Para saber mais detalhes sobre o evento, clique aqui.

 

2019-12-20T12:25:30-03:00junho 18th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

Estratégias de Marketing Digital para um Orçamento Apertado

Conheça meios simples, funcionais e com baixo custo para ajudar a criar visibilidade para seu negócio na Internet

 

Hoje, onde competimos insistentemente por visibilidade, conquistar alguns segundos de atenção é extremamente valioso. Tão valioso que também pode se tornar caro – além das despesas habituais, investir em comunicação e na exposição dos seus produtos também é algo que exige comprometimento financeiro. Para não abrir mão desse recurso e fazer que ele tenha alto retorno, existem algumas estratégias que você pode adotar para não estourar o orçamento planejado.

 

Faça os seus clientes serem parte do seu time de vendas. Como isso pode acontecer? Usando uma das formas mais rápidas e eficazes de divulgação: o marketing boca-a-boca. Manter seus clientes sempre satisfeitos, com extrema qualidade e bom atendimento, fará com que eles mesmos divulguem o quanto gostaram da experiência de compra. Mais clientes, mais vendas, mais receita.

 

Crie uma lista de contatos. Se você possui um website, ou outro espaço na internet para expor seus produtos e manter contato com seus clientes, comece a encorajar o cadastro de e-mails dos seus visitantes e crie uma lista de contatos para, de tempos em tempos, oferecer seus produtos. Esse é um meio de trazer de volta antigos clientes e manter os atuais sempre próximos – se oferecer alguma condição especial, é ainda melhor.

 

Esteja na plataforma onde seu público está. Um dos erros mais frequentes entre pequenos empreendedores é direcionar investimentos para todas as plataformas digitais possíveis. Foque em apenas algumas:

Precisa chegar atingir audiência de massa? – Facebook

Precisa de envolvimentos com vídeo? – YouTube e Vine

Focaliza mercado corporativo? – LinkedIn

2019-12-20T12:25:40-03:00junho 17th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

7 dicas para um pensamento empresarial de sucesso

Conheças as estratégias certas para embarcar com sucesso em uma jornada de liderança

Como já sabemos, a internet tornou possível milhares de oportunidades de aumentar um negócio e potencializar vendas. Com essa facilidade em mãos, todos têm a chance de fazer algo diferente para se destacar no mercado de vendas diretas: mesmo assim, é importante estar atento a algumas coisas que podem fazer com que os planos caminhem para resultados diferentes daqueles que foram planejados. Para evitar imprevistos, fique atento:

 

  1. Entenda as falhas de estrutura

Entender cada parte do seu processo de vendas e até da sua rotina pode ser fundamental. Planejar com cuidado os recursos financeiros, tempo e até deslocamento podem mostrar oportunidades de deixar sua agenda mais organizada e mais rentável.

 

  1. Não comece tarde demais

Se você já revisou sua rotina de trabalho e identificou chances de melhoria, esse é o tempo de colocar em prática. O primeiro passo pode parecer complicado, mas não deixe para começar tarde demais. Inspire-se no ditado chinês que diz “A melhor hora para plantar uma árvore foi há 20 atrás. A segunda melhor hora é agora.

 

  1. Não perca dinheiro ou tempo trabalhando com as pessoas erradas

Sua equipe de trabalho é composta por pessoas que compartilham uma boa dose de tempo para dedicar-se a rotina com você. Por isso, é importante que essas pessoas tenham, além da combinação certa de talento, profissionalismo e disciplina, uma boa dose de paixão.

 

  1. Pare de pensar pequeno

Tamanho importa! Um pensamento de liderança é orientado para ações de grande impacto e de resultados positivos. Então, não tenha medo de ousar nas ideias e trabalhar para que os planos sejam colocados em prática.

 

  1. Não tenha medo dos gastos

Investimentos exigem dinheiro. Se você tem uma boa ideia e sabe como colocá-la em ação, não tenho medo de fazer os investimentos necessários: dinheiro é energia e pode ser a energia que o seu negócio precisa. É claro que, em cada pequena negociação que for possível acordar um valor menor, não hesite, mas não deixe que o medo de investir paralise suas ideias.

 

  1. Nunca sacrifique qualidade

Independentemente dos desafios que você tenha pela frente, mantenha sempre a qualidade em mente. Acredite no seu negócio e no propósito de realizar um trabalho com excelência para continuar engajando sua equipe e mantendo as altas expectativas do seu público.

 

  1. Seja flexível

A flexibilidade é atrativa. Essa é a parte que encerra todas as outras dicas de uma forma bastante reflexiva: “Estou me preparando para o sucesso?”. Saiba ouvir o que seus clientes tem a dizer e faça as conexões com pessoas que podem contribuir para seu negócio.

2019-12-20T15:12:06-03:00junho 12th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , |

A magia da Cocriação: Projeto Cocriando Natura

Natura investe em nova forma de idealizar produtos em parceria com consumidores e revendedores

A Natura está apostando em um jeito criativo de manter o relacionamento com seus clientes e revendedores: uma proposta de colaboração aberta onde qualquer pessoa pode participar com ideias e sugestões de novos produtos e embalagens. O projeto “Cocriando” abriu as portas para entender o que os produtos representam na rotina dos consumidores, e como a experiência de uso influencia numa vida com mais bem-estar.

 

Para ter acesso a maior riqueza de detalhes possível sobre hábitos de consumo, expectativas e desejos de quem consome e de quem revende os produtos de beleza e higiene pessoal, a Natura convidou exatamente essas pessoas para que dessem suas opiniões e discutissem novas possibilidades. A primeira fase do Cocriando é feita pela Natura, onde é definido o desafio a ser trabalhado. Em seguida, os participantes são convidados para participar de uma rede de conexões onde a cocriação começa a acontecer no ambiente virtual.

 

As ideias discutidas são selecionadas, testadas e finalmente colocadas em prática: recentemente a Natura divulgou dois estojos criados especialmente para o Dia das Mães, que foram montados a partir das sugestões colhidas dessa conexão. “No estojo de presente Natura Tododia, cada fragrância faz um convite: para relaxar, para renovar as energias e para se cuidar, amar e se sentir feliz. Já o presente Tododia Aconchego Lavanda e Vanila traz uma cartilha gestual que faz um convite para utilizar os produtos criando um ritual de relaxamento.”

 

Outro parte importante desse projeto, que faz com que os participantes continuem engajados e participem das novas edições, é a fase de reconhecimento. Na Jornada de Cocriação Presentes Natura, os cocriadores que mais interagiram foram homenageados com um presente em forma de agradecimento. Para assistir o vídeo completo dessa ação, clique aqui.

2019-12-20T15:12:07-03:00junho 10th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |
Ir ao Topo