Como lidar com a tecnologia

Recursos digitais são aliados, mas o fator mais importante continua sendo o contato pessoal

 

Já falamos muito aqui sobre como a tecnologia pode ser uma grande aliada para impulsionar a venda direta. Estratégias de marketing digital, ferramentas para analisar redes sociais, dicas de aplicativos e muitos outros assuntos. Todos esses mecanismos são importantes para ajudar a ampliar seu negócio e conquistar mais clientes, mas o verdadeiro poder das vendas diretas vai muito além disso.

 

Embora toda a tecnologia disponível seja útil, a prática de vender produtos e serviços pessoalmente começou antes disso, e ela funcionava muito bem: os mais modernos métodos não são condição necessária para alcançar o sucesso. Se você ainda está aprendendo a usar todos esses recursos, não se preocupe. O mercado traz boas perspectivas para que você se sinta seguro e tome o tempo necessário para testar novos meios e descobrir qual a ferramenta que você melhor se adapta.

 

Veja aqui alguns dados publicados no site da Rose Revolutions:

 

  • 74% dos adultos dos Estados Unidos já compraram produtos de um revendedor direto, e a estatística se repete no Reino Unido;
  • 16 milhões de pessoas estão envolvidas com esse mercado;
  • 117 bilhões de dólares são gerados através das vendas diretas;
  • 80% das empresas de vendas diretas dizem que tiveram suas expectativas cumpridas ou superadas em relação às vendas.

 

Se você está preocupado com a quantidade de ferramentas disponíveis, não se preocupe. Tecnologias vêm e vão, métodos modernos de marketing também vêm e vão, mas a venda face a face já está aqui, e ela sem foi bem sucedida. Sempre haverá um lugar para o toque humano.

2019-12-20T15:01:14-03:00julho 22nd, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , |

Potencialize seu negócio nas redes sociais

Veja 5 ferramentas para gerenciar seus perfis, aperfeiçoar imagens e analisar resultados na internet

 

Já há algum tempo, pequenas e grandes empresas perceberam o potencial que as redes sociais têm: seja para estabelecer um relacionamento mais estreito, ou para divulgar seus produtos e serviços, essas “organizações digitais” atuam como uma forma de trazer os consumidores para perto de uma forma simples e com um custo baixíssimo. Para quem trabalha com vendas diretas não funciona diferente, por isso, trouxemos dicas de ferramentas para facilitar sua experiência na internet:

 

1 – Social Bro

Para acompanhar os melhores momentos de publicar seus tweets, medir a audiência e analisar o perfil de quem mais lê suas publicações. Um período de teste é oferecido gratuitamente por 15 dias.

 

2 – LikeAlyzer

Para quem usa o Facebook intensamente, o LikeAlyzer oferece uma análise das páginas mais populares por categorias e/ou por país, além de oferecer dados sobre a popularidade da sua Fanpage. Gratuito.

 

3 – Pagemodo

Ajuda a criar imagens para a capa do Facebook e para os posts, além de abas personalizadas para a sua Fanpage. O site oferece recursos básicos para uso gratuito.

 

4 – Curalate
Quem possui perfil no Instagram também pode contar com ajuda. No Curalate, é possível monitorar a conta de perfis importantes para benchmarking, analisar os resultados do seu próprio perfil e identificar os seguidores mais influentes. Período de testes disponível.

 

5 – Share as image
Um site para criar e editar imagens com aparência profissional de um jeito rápido e prático. A navegação é intuitiva e permite o upload de imagens próprias, além das opções já disponíveis. Possibilidade de uso gratuito.

2019-12-20T15:12:05-03:00julho 20th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Racco: uma história de 28 anos de sucesso em busca do melhor para a beleza e o bem-estar humano

Nascida em Curitiba, no ano de 1987, pelas mãos dos visionários Luiz Felipe Rauen e Gisela Rauen, a Racco foi criada com o propósito de colocar no mercado produtos nos padrões internacionais de qualidade que era desde o início e ainda é o maior compromisso da marca.

Com mais de 300 produtos divididos entre cuidados corporais, faciais, capilares, higiene íntima, perfumaria, maquiagem, alimentos e nutri cosméticos, sua imensa diversidade de itens atende a todos os tipos de público, do bebê à terceira idade.

Graças a uma moderna tecnologia na fabricação de seus itens, alta qualidade e eficácia comprovada para o tratamento de beleza e promoção de saúde, a Racco encontrou as condições ideais para crescer, firmando parcerias internacionais que a levaram a lançar produtos com ativos que estavam sendo apresentados simultaneamente no mercado internacional. Conta ainda com instalações modernas, onde são industrializados produtos de beleza e bem-estar, respeitando a diversidade e a sociedade, além de ser uma das marcas que mais inova em aplicações, formulações e embalagens.

A Racco está presente em diversos países e é considerada uma das maiores empresas de beleza e bem-estar do Brasil. Com o exclusivo Sistema Racco de Marketing, o SRM, a empresa busca oferecer uma oportunidade de vida melhor a milhares de pessoas, que conseguem planejar e decidir o quanto querem ganhar e onde querem chegar.

 

Responsabilidade Social

Para a empresa, de nada serve crescer economicamente sem conservar e respeitar o ser humano e o meio ambiente. Seguindo essa filosofia, a Racco pode assegurar e promover a qualidade de vida para as próximas gerações e a continuidade do negócio.

A empresa trata 100% dos efluentes industriais e recicla grande parte dos resíduos renováveis à produção e à sustentabilidade. Contribui e mantém projetos ambientais e seus testes são apenas em voluntários e não em animais, sendo assim uma empresa Animal Friendly. Busca por fornecedores ecologicamente corretos e faz controle de matérias-primas sustentáveis.

 

Missão, visão e valores

A missão da empresa é colocar todos os seus esforços em convergência para proporcionar o crescimento pessoal, profissional e financeiro de suas equipes de campo por meio do desenvolvimento de relacionamentos duradouros. Garantir, no ambiente interno e externo, elevado nível de motivação, engajamento, prazer e orgulho de fazer parte da família Racco.

Sua visão é ter o maior sistema brasileiro de relacionamento através do Sistema Racco de Marketing. Ser símbolo de ousadia e inovação no segmento de beleza, desenvolvendo pesquisas com tecnologias e ativos de última geração.

Já seus valores baseiam-se na humanização, estimulando o crescimento profissional e pessoal dos colaboradores internos e externos. Manter relações de confiança e transparência com clientes, acionistas, colaboradores, fornecedores e com o mercado.

Assegurar a inovação decorrente da competitividade, implantando soluções diferenciadas nos serviços e no desenvolvimento de produtos inovadores e funcionais em todos os seus apelos, liderando a aplicação de novos ativos na produção de produtos de beleza e bem-estar.

Ética em conduzir com integridade e respeito aos princípios, as políticas e os procedimentos da companhia, regulamentada pela lei e pela sociedade, trabalhando com honestidade, profissionalismo e transparência.

E por fim, comprometimento com todos os consumidores, satisfazendo as suas necessidades, oferecendo produtos com elevado padrão de qualidade e excelência em atendimento. E também o compromisso em fortalecer relacionamentos, promovendo o compartilhamento de responsabilidades e assegurando o alcance dos objetivos de rentabilidade e sustentabilidade da liderança Racco.

 

Mais informações ao consumidor:

SAC 0800.7891011

 

Interaja com a marca:

www.racco.com

facebook.com/RaccoCosmeticos

youtube.com/CanalRaccoCosmeticos

twitter.com/RaccoBrasil

instagram.com/RaccoCosmeticos

2015-07-14T17:58:27-03:00julho 14th, 2015|Categories: Sem categoria|

Dica de Leitura: “Do fracasso ao sucesso em vendas”

Após ser jogador profissional de beisebol e trabalhar na área de cobranças, Frank Bettger conta como foi sua trajetória como vendedor

 

Convidado por Dale Carnegie, renomado autor de “Como fazer amigos e influenciar pessoas” e “O líder em você”, Frank participou de diversas palestras e reuniu as lições que aprendeu durante sua carreira neste livro de orientação profissional e pessoal. Após reinventar seu modo de trabalho e investir nas necessidades das pessoas, o sucesso chegou em grande escala, e Frank viu sua vida – e a de sua família – mudar para melhor em pouquíssimo tempo.

 

Para saber mais detalhes do livro, visite o site do Grupo Editorial Record.

 

2019-12-20T15:01:15-03:00julho 13th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|

Como atender bem?

Confira 10 dicas ensinadas pelo SEBRAE para garantir um atendimento de qualidade

 

Boa parte da experiência de venda está relacionada ao atendimento. Se ele for bom, o consumidor se sentirá importante e as portas para uma nova compra ficarão abertas. Para aprender quais os pontos mais importantes a serem observados no momento de apresentação do produtos ao cliente, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) reuniu uma lista com dicas valiosas para acertar no jeito certo de atender.

Confira:


 

1 – Boa Recepção

Para ser agradável, um sorriso pode ajudar bastante. Isso ajuda conquistar abertura e iniciar o contato com o cliente de uma forma simpática.


 

2- Consciência

Evite formar impressões prematuras. Sempre que puder, chame o cliente pelo seu nome.


 

3 – Prestatividade

Se for necessário se ausentar para executar outra tarefa que esteja relacionada com a solicitação do cliente, nunca deixe de avisá-lo antes de sair.


 

4 – Boa vontade

É gratificante para qualquer pessoa ser tratada com cortesia. Por isso, demonstre boa vontade e seja gentil.


 

5 – Atenção

Alguns clientes sabem exatamente do que precisam, enquanto outros chegam com uma porção enorme de dúvidas. Para ajudá-lo, dê toda a atenção que for necessária para ele sair satisfeito.


 

6 – Velocidade

Cuidado para não passar a impressão de que você quer “se livrar” do cliente. Saiba combinar a dose certa de velocidade e atenção, para que o atendimento seja rápido e cortês.


 

7 – Espaço

Faça com que o seu cliente se sinta a vontade para escolher os produtos que ele deseja. Dê a ele espaço suficiente para que ele não se sinta pressionado ou intimidado.


 

8 – Clareza

Reserve os termos técnicos, abreviações e siglas para os clientes que mostrarem domínio sobre essas questões. Do contrário, procure usar uma linguagem simples, direta e clara para explicar as funções e/ou benefícios do seu produto.


 

9 – Evite ordens

Direcione as instruções que você precisa dar ao cliente de uma forma cordial. Ao invés de dizer “assine aqui”, use “o senhor poderia assinar aqui, por gentileza?”, por exemplo.


 

10 – Dê atenção as reclamações

As queixas dos seus clientes podem ser a melhor forma de enxergar novas oportunidades de negócios e promover melhorias, por isso, ouça sempre o que o outro lado tem a dizer com atenção e calma.

2019-12-20T12:24:47-03:00julho 10th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Novo recorde em Vendas Diretas

Resultados de 2014 mostram que o mercado de Vendas Diretas conseguiu alcançar um novo recorde em número de revendedores

 

Em 2013, a quantidade de revendedores diretos já somava 99,7 milhões de pessoas. Em 2014, esse segmento mostrou mais uma vez o seu potencial de seu crescimento: com base nos números divulgados em Junho pela World Federation of Direct Selling Associations, estima-se que aproximadamente 100 milhões de pessoas atuam nesse mercado,  um aumento de 3,4% em relação ao percentual anterior.

 

A abertura para o aprendizado de novas habilidades é uma das características desse mercado, assim como o estímulo ao networking e o aumento da auto-estima, de acordo com a matéria publicada no blog da WFDSA. Outra característica apontada, foi a possibilidade de se envolver em iniciativas de responsabilidade social através do vínculo com as empresas de venda direta.

 

Outro ponto mencionado pela WFDSA, é a diversidade de perfil desses profissionais: muitos são empreendedores, como gerentes de pequenas empresas independentes que constroem os seus próprios negócios e também part-times, que são pessoas que trabalham com vendas diretas para a obtenção de renda extra, numa rotina de trabalho parcial. Existem ainda os clientes,  que se interessaram pelo negócio, e se tornaram revendedores a partir daí.

 

O percentual de vendas também apresentou um resultado positivo, com crescimento de 6,4%, o equivalente a um valor total de US$182,8 bilhões de dólares em 2014. Os 5 primeiros países apontados nesse ranking, compõem juntos cerca de 60% do total geral do mercado de vendas diretas – os Estados Unidos ainda lidera o mercado e representa 19% de participação, de acordo com o ranking do Relatório Global de Vendas Diretas (para ver o mais detalhes desse relatório, clique aqui).

2019-12-20T10:55:39-03:00julho 9th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Dicas para gerenciar uma equipe de revendedores a distância

Como alinhar informação e permear técnicas para garantir o sucesso

Uma das vantagens de trabalhar com vendas diretas, é a possibilidade de alcançar muito mais clientes através de uma equipe de revendedores bem distribuída. No entanto, para driblar alguns obstáculos que podem dificultar o negócio, a distância precisa ser bem administrada. Aqui, trouxemos 5 dicas para gerenciar a sua equipe com segurança e manter a vitalidade das suas revendas:

 

1-  Mantenha as linhas de comunicação abertas

Separe um tempo para ensinar sua equipe a solucionar problemas e encontrar as respostas que precisam nas situações mais comuns da rotina de vendas, além disso, use as redes sociais ou e-mail para ajudar em ocasiões pontuais. Determinadas regiões podem apresentar necessidades e desafios diferentes e é importante sua equipe se sentir confiante para administrar essas situações.

 


 

2 – Tenha certeza de que os novos membros estão preparados

Isso é importante para todos os novos membros, mas é indispensável para quem trabalhará longe. Antes de ir “a campo” (seja qual for a categoria de produtos que você trabalha), tenha certeza de que o novo membro da sua equipe está preparado para demonstrar os produtos oferecidos e esclarecer as possíveis dúvidas dos clientes. Isso é importante porque ele provavelmente não terá a oportunidade de acompanhar alguns dias da sua rotina ou mesmo, de outros membros mais antigos.

 


 

3 – Incentive a análise do comportamento dos clientes

O melhor jeito de buscar a aproximação com os clientes, é entendendo as suas expectativas e necessidades, para assim, oferecer os produtos mais adequados. Para isso, incentive sua equipe remota a identificar quais as principais características dos consumidores de suas próprias regiões, além de fornecer características gerais que você já conhece sobre seu público. (Leia também Entenda o comportamento dos consumidores”)

 


 

4 – Certifique-se de todos os recursos on-line foram bem explicados

Se a empresa com a qual você trabalha oferece recursos digitais como tutoriais, catálogos ou outros, através de sites ou redes sociais, isso será um importante aliado para esclarecer dúvidas e potencializar vendas. Para quem trabalha a distância, esses recursos podem ajudar a tirar dúvidas de uma forma rápida e funcional.

 


 

5 – Inclua membros da sua equipe a distância no seu sistema de reconhecimento

Em reuniões para discutir resultados e avaliar o desempenho do mês, inclua também as pessoas da sua equipe que não estão presentes. Os resultados podem ser compartilhados pela internet, através de aplicativos como Skype ou Hangouts (do Google). Se você manter uma boa relação com sua equipe desde o início e fazer com que eles saibam que o sucesso individual de cada um é importante para você, essa será uma ótima maneira de promover um crescimento saudável e expandir seu potencial de vendas.

2019-12-20T10:56:05-03:00julho 8th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Relatório Global de Vendas Diretas

Organizações associadas a ABEVD estão no grupo das 10 maiores empresas

Recentemente, a DSN (Direct Selling News) e a WFDSA (World Federation of Direct Selling Associations) publicaram relatórios sobre as maiores empresas de venda direta, os países que mais cresceram e as categorias com maior cobertura dentro desse mercado. Veja os detalhes aqui:

 

  • Na lista com as maiores empresas de venda diretas em 2015, 5 empresas associadas a ABEVD estão no grupo das 10 primeiras:

 

Posição em 2015 Nome da Empresa Receita em 2014
1 Amway $10.80B
2 Avon $8.90B
3 Herbalife $5.00B
4 Mary Kay $4.00B
5 Vorwerk $3.90B
6 Natura $3.20B
7 Infinitus $2.64B
8 Tupperware $2.60B
9 Nu Skin $2.57B
10 JoyMain $2.00B
Fonte: https://directsellingnews.com/index.php/view/2015_dsn_global_100_list#.VYw51flVikr)

 

  • Em relação aos países com maior participação de mercado, os Estados Unidos lideram o ranking com 19% das vendas, seguido por China e Japão. O Brasil aparece em 5º lugar, com 7% do participação de mercado:

Fonte: WFDSA Global Stats Sales Report 2014

 

  • Sobre a categoria dos produtos mais frequentes nas vendas diretas, o setor de cosméticos e cuidados pessoas ainda possui a liderança, representando 34% do mercado. Outro segmento que vem ganhando força é o que está ligado ao bem-estar, com 29%.

Fonte: WFDSA Global Stats Product Report 2014