Rodrigo Paiva Sanches é o novo diretor-tesoureiro da ABEVD

Executivo trabalha em prol do fortalecimento das vendas diretas no Brasil

Durante Assembleia Geral Extraordinária realizada na última segunda-feira (7 de dezembro), o executivo Rodrigo Paiva Sanches foi eleito e tomou posse como novo diretor-tesoureiro da Associação Brasileiras de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Rodrigo Sanches iniciou sua carreira no setor de vendas diretas na área de planejamento de demanda da empresa Avon Cosméticos. Atuou, também, nas empresas LG e OBoticário e, hoje, é o atual diretor de business suport da empresa Jequiti.

Para a ABEVD é um prazer anunciar a chegada de um profissional que se compromete com o desenvolvimento e fortalecimento da venda direta no Brasil. Damos as boas-vindas ao Rodrigo e desejamos muito sucesso nesse novo desafio.

2019-12-20T11:14:34-03:00dezembro 9th, 2015|Categories: ABEVD News|Tags: , , |

Quais os principais tipos de venda direta?

Além de ocorrer de forma direta, esse tipo de venda tem como principal característica o relacionamento pessoal

Muitas dúvidas surgem em relação à venda direta, por isso, resgatamos alguns conceitos para sanar possíveis questões sobre o setor, principalmente as relacionadas aos seus tipos.

Primeiramente, a venda direta é aquela que comercializa bens ou serviços por meio de revendedores autônomos, cuja principal característica é o relacionamento pessoal. Pode acontecer em diversos locais diferentes, como na residência ou no trabalho, porém, não em estabelecimentos comerciais. Além disso, elas ocorrem de forma direta (como o próprio nome diz) e pessoalmente.

São diversas as formas de chegar no público-alvo, cada empresa determina a sua e, também, realiza o treinamento e orientação dos materiais de divulgação da marca. Porém, no Brasil, existe um modelo de venda direta: a venda por relacionamento.

Esse tipo de venda é o modelo por excelência adotado pelas associadas à Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas, que segue uma tendência mundial do setor. De acordo com a ABEVD, a venda por relacionamento é definida como: “São revendedores autônomos capacitados para entender os benefícios, vantagens e diferenciais dos bens e serviços, a fim de estabelecer vínculos de confiança na recomendação de produtos a seus clientes”.

Mais indicado para empresas com produtos que demandam mudança de hábitos de consumidores, a venda por relacionamento tem como característica o preço premium ou a recomendação do vendedor para seu uso.

Para que a venda seja realizada, foram separados dois submodelos:

Party plan: eventos de demonstração informal para a interação entre os consumidores ou potenciais clientes e seus revendedores. É um importante modelo, uma vez que estimula o relacionamento pessoal

Comércio eletrônico: com o crescimento do e-commerce, este submodelo apresenta-se como oportunidade para os revendedores e seus consumidores. É, portanto, uma ferramenta de apoio às vendas.

2019-12-20T11:21:15-03:00dezembro 9th, 2015|Categories: ABEVD News|Tags: , , , , |

Quatro apps para auxiliar suas vendas

Tecnologia possibilita expansão e melhorias no mercado de vendas diretas

As inovações tecnológicas têm se tornado ferramentas para gerenciar as demandas diárias das vendas diretas. Mais do que otimizar o tempo de trabalho, os aplicativos surgem como alternativas práticas e baratas para lidar com as questões burocráticas e logísticas do negócio.

Hoje, com as facilidades de poucos cliques e investimentos, o vendedor consegue controlar o fluxo de caixa e monitorar produtos no estoque. Mais além, é possível fazer uma análise de resultados por meio de relatórios e atendimento de outros profissionais.

Conheça alguns apps que podem auxiliar as suas vendas:

ContaAzul
Ótima opção para pequenos e médios empreendedores, o software faz gestão financeira online e também funciona como nuvem. Além disso, oferece conciliação bancária, emissão de notas fiscais, geração e envio de boletos, controle de estoque e fluxo de caixa, geração de relatórios e suporte via chat, telefone e e-mail. Disponível para teste por 15 dias, app possui planos de R$ 29 a R$199.

Letsell
Aplicativo possibilita que empresas aproveitem as oportunidades de negócio em uma das principais redes sociais do mundo: o Instagram. Ao possibilitar os negócios diretamente pela ferramenta, o Letsell permite que tudo seja feito pelo celular e conta com chat online, que serve como canal direto para a negociação entre vendedores e compradores, e o campo de inserção do endereço de entrega para cálculo do frete. No app, o usuário pode acompanhar todas suas compras, vendas e histórico de negociações e alterar os dados cadastrais.

Mandaê
Desenvolvido para facilitar o fluxo de mercadorias dos negócios, o aplicativo permite que a empresa recolha, embale e entregue as mercadorias dos usuários. Ao custo do valor da postagem e da taxa de coleta (R$10 para clientes que desejam entregar apenas uma encomenda), o Mandaê facilita os processos dos negócios de pequenos e médios negócios.

Quick Books Zero Paper
Serviço 100% online, app economiza tempo e dinheiro de empreendedores ao processar o fluxo de caixa, preparar relatórios financeiros. Com planos gratuitos e premium, a ferramenta permite, ainda, agendamento de compromissos. Na versão paga (R$29), o serviço inclui o suporte telefônico, emissão de boletos e notas fiscais e 50 GB de espaço para comprovantes.

Fonte: DCI e Bitmag

2019-12-20T14:59:42-03:00dezembro 7th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Vendas diretas atraem público masculino

Brasil deve superar os EUA e tornar-se o maior mercado de cosméticos masculinos

Mais vaidosos e atentos às novidades, os homens destacam-se como clientes em potencial para as vendas diretas. Dados de um estudo realizado pela consultoria Euromonitor mostram que o Brasil deve superar os EUA e tornar-se o maior mercado de cosméticos masculinos em 2019. Somente no ano passado, o setor movimentou 4,7 bilhões de dólares no país, índice apenas 35% inferior ao registrado nas vendas norte-americanas.

Atentos à mudança de comportamento dos homens, as marcas têm adotado uma nova forma de se comunicar com o público masculino, que tem exigido atenção e produtos para atender aos novos hábitos de consumo. Exemplo disso, a Natura segmenta seus consumidores a partir de hábitos e valores, ao contrário do que era feito antes. “Os cuidados com a barba, por exemplo, têm crescido consideravelmente, porque os homens querem qualidade e resultado nos produtos. O que antes usava gel para cabelos, hoje migrou para ceras, pastas, argilas modeladoras. Estamos, em nosso laboratório, identificando as necessidades do mercado brasileiro, pois não é só mudar o rótulo dos produtos femininos, são formulações diferentes para cada um”, afirma o diretor de desenvolvimento de produtos da Natura, Alessandro Mendes.

Seguindo a mesma lógica, o comércio eletrônico também tem ganhado forças dentro do segmento, porque supre as necessidades por produtos personalizados para os homens. Assim, é mais fácil distinguir o público que demanda mais atenção e proporcionar experiências de compra com privacidade e exclusividade.

Fonte: Propaganda & Marketing – SP

2019-12-20T15:10:31-03:00dezembro 4th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Cinco dicas para melhorar as vendas de final de ano

Período de festas requer planejamento e ações rápidas para conquistar clientes

Culturalmente, as festas de fim de ano representam um ótimo momento para o setor de vendas diretas. Para aproveitar a época em que as pessoas estão mais dispostas a comprar, é preciso redobrar a atenção e tomar alguns cuidados neste período.

Como impulsionar as vendas no final do ano? Confira algumas dicas:

Programe seus pedidos
Apresente as novidades para seus clientes e analise as intenções de compra antes de fazer grandes pedidos. Organizar-se é fundamental para assegurar o sucesso das vendas, por isso é importante avaliar o potencial de cada produto e identificar o seu potencial consumidor.

Gerencie o estoque de produtos
Identificar os produtos que tem mais saída, assim como planejar ações promocionais para não ficar com itens parados, faz parte da rotina de um vendedor. É muito importante ter o controle dessas informações para garantir os resultados e evitar perdas, para isso, é essencial a análise de indicadores e organização para garantir o fluxo de vendas.

Invista tempo no atendimento
Tenha em mente todas as informações dos produtos que você vende! Além de investir no pronto atendimento dos clientes, é preciso “vestir a camisa” da marca que você representa e passar confiança na hora da venda.

Agilize as operações
Paciência e agilidade são virtudes que devem ser desenvolvidas nessa época do ano. Geralmente, os clientes esperam pronto atendimento e rapidez na hora da compra, por isso, é importante atentar aos detalhes: seja o estoque, a entrega dos pedidos ou até mesmo ter opções de formas de pagamento, tudo precisa funcionar durante o atendimento aos consumidores.

Seja criativo nas promoções
Momento oportuno para inovações que impulsionam as vendas de fim de ano. Por meio de ações promocionais, por exemplo, é possível aumentar o ticket médio do consumidor e melhorar os resultados do seu negócio.

Fonte: Exame

2019-12-20T14:59:43-03:00dezembro 2nd, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |
Ir ao Topo