Rodrigo Paiva Sanches é o novo diretor-tesoureiro da ABEVD

Executivo trabalha em prol do fortalecimento das vendas diretas no Brasil

Durante Assembleia Geral Extraordinária realizada na última segunda-feira (7 de dezembro), o executivo Rodrigo Paiva Sanches foi eleito e tomou posse como novo diretor-tesoureiro da Associação Brasileiras de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Rodrigo Sanches iniciou sua carreira no setor de vendas diretas na área de planejamento de demanda da empresa Avon Cosméticos. Atuou, também, nas empresas LG e OBoticário e, hoje, é o atual diretor de business suport da empresa Jequiti.

Para a ABEVD é um prazer anunciar a chegada de um profissional que se compromete com o desenvolvimento e fortalecimento da venda direta no Brasil. Damos as boas-vindas ao Rodrigo e desejamos muito sucesso nesse novo desafio.

2019-12-20T11:14:34-03:00dezembro 9th, 2015|Categories: ABEVD News|Tags: , , |

Quais os principais tipos de venda direta?

Além de ocorrer de forma direta, esse tipo de venda tem como principal característica o relacionamento pessoal

Muitas dúvidas surgem em relação à venda direta, por isso, resgatamos alguns conceitos para sanar possíveis questões sobre o setor, principalmente as relacionadas aos seus tipos.

Primeiramente, a venda direta é aquela que comercializa bens ou serviços por meio de revendedores autônomos, cuja principal característica é o relacionamento pessoal. Pode acontecer em diversos locais diferentes, como na residência ou no trabalho, porém, não em estabelecimentos comerciais. Além disso, elas ocorrem de forma direta (como o próprio nome diz) e pessoalmente.

São diversas as formas de chegar no público-alvo, cada empresa determina a sua e, também, realiza o treinamento e orientação dos materiais de divulgação da marca. Porém, no Brasil, existe um modelo de venda direta: a venda por relacionamento.

Esse tipo de venda é o modelo por excelência adotado pelas associadas à Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas, que segue uma tendência mundial do setor. De acordo com a ABEVD, a venda por relacionamento é definida como: “São revendedores autônomos capacitados para entender os benefícios, vantagens e diferenciais dos bens e serviços, a fim de estabelecer vínculos de confiança na recomendação de produtos a seus clientes”.

Mais indicado para empresas com produtos que demandam mudança de hábitos de consumidores, a venda por relacionamento tem como característica o preço premium ou a recomendação do vendedor para seu uso.

Para que a venda seja realizada, foram separados dois submodelos:

Party plan: eventos de demonstração informal para a interação entre os consumidores ou potenciais clientes e seus revendedores. É um importante modelo, uma vez que estimula o relacionamento pessoal

Comércio eletrônico: com o crescimento do e-commerce, este submodelo apresenta-se como oportunidade para os revendedores e seus consumidores. É, portanto, uma ferramenta de apoio às vendas.

2019-12-20T11:21:15-03:00dezembro 9th, 2015|Categories: ABEVD News|Tags: , , , , |

Quatro apps para auxiliar suas vendas

Tecnologia possibilita expansão e melhorias no mercado de vendas diretas

As inovações tecnológicas têm se tornado ferramentas para gerenciar as demandas diárias das vendas diretas. Mais do que otimizar o tempo de trabalho, os aplicativos surgem como alternativas práticas e baratas para lidar com as questões burocráticas e logísticas do negócio.

Hoje, com as facilidades de poucos cliques e investimentos, o vendedor consegue controlar o fluxo de caixa e monitorar produtos no estoque. Mais além, é possível fazer uma análise de resultados por meio de relatórios e atendimento de outros profissionais.

Conheça alguns apps que podem auxiliar as suas vendas:

ContaAzul
Ótima opção para pequenos e médios empreendedores, o software faz gestão financeira online e também funciona como nuvem. Além disso, oferece conciliação bancária, emissão de notas fiscais, geração e envio de boletos, controle de estoque e fluxo de caixa, geração de relatórios e suporte via chat, telefone e e-mail. Disponível para teste por 15 dias, app possui planos de R$ 29 a R$199.

Letsell
Aplicativo possibilita que empresas aproveitem as oportunidades de negócio em uma das principais redes sociais do mundo: o Instagram. Ao possibilitar os negócios diretamente pela ferramenta, o Letsell permite que tudo seja feito pelo celular e conta com chat online, que serve como canal direto para a negociação entre vendedores e compradores, e o campo de inserção do endereço de entrega para cálculo do frete. No app, o usuário pode acompanhar todas suas compras, vendas e histórico de negociações e alterar os dados cadastrais.

Mandaê
Desenvolvido para facilitar o fluxo de mercadorias dos negócios, o aplicativo permite que a empresa recolha, embale e entregue as mercadorias dos usuários. Ao custo do valor da postagem e da taxa de coleta (R$10 para clientes que desejam entregar apenas uma encomenda), o Mandaê facilita os processos dos negócios de pequenos e médios negócios.

Quick Books Zero Paper
Serviço 100% online, app economiza tempo e dinheiro de empreendedores ao processar o fluxo de caixa, preparar relatórios financeiros. Com planos gratuitos e premium, a ferramenta permite, ainda, agendamento de compromissos. Na versão paga (R$29), o serviço inclui o suporte telefônico, emissão de boletos e notas fiscais e 50 GB de espaço para comprovantes.

Fonte: DCI e Bitmag

2019-12-20T14:59:42-03:00dezembro 7th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Vendas diretas atraem público masculino

Brasil deve superar os EUA e tornar-se o maior mercado de cosméticos masculinos

Mais vaidosos e atentos às novidades, os homens destacam-se como clientes em potencial para as vendas diretas. Dados de um estudo realizado pela consultoria Euromonitor mostram que o Brasil deve superar os EUA e tornar-se o maior mercado de cosméticos masculinos em 2019. Somente no ano passado, o setor movimentou 4,7 bilhões de dólares no país, índice apenas 35% inferior ao registrado nas vendas norte-americanas.

Atentos à mudança de comportamento dos homens, as marcas têm adotado uma nova forma de se comunicar com o público masculino, que tem exigido atenção e produtos para atender aos novos hábitos de consumo. Exemplo disso, a Natura segmenta seus consumidores a partir de hábitos e valores, ao contrário do que era feito antes. “Os cuidados com a barba, por exemplo, têm crescido consideravelmente, porque os homens querem qualidade e resultado nos produtos. O que antes usava gel para cabelos, hoje migrou para ceras, pastas, argilas modeladoras. Estamos, em nosso laboratório, identificando as necessidades do mercado brasileiro, pois não é só mudar o rótulo dos produtos femininos, são formulações diferentes para cada um”, afirma o diretor de desenvolvimento de produtos da Natura, Alessandro Mendes.

Seguindo a mesma lógica, o comércio eletrônico também tem ganhado forças dentro do segmento, porque supre as necessidades por produtos personalizados para os homens. Assim, é mais fácil distinguir o público que demanda mais atenção e proporcionar experiências de compra com privacidade e exclusividade.

Fonte: Propaganda & Marketing – SP

2019-12-20T15:10:31-03:00dezembro 4th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Cinco dicas para melhorar as vendas de final de ano

Período de festas requer planejamento e ações rápidas para conquistar clientes

Culturalmente, as festas de fim de ano representam um ótimo momento para o setor de vendas diretas. Para aproveitar a época em que as pessoas estão mais dispostas a comprar, é preciso redobrar a atenção e tomar alguns cuidados neste período.

Como impulsionar as vendas no final do ano? Confira algumas dicas:

Programe seus pedidos
Apresente as novidades para seus clientes e analise as intenções de compra antes de fazer grandes pedidos. Organizar-se é fundamental para assegurar o sucesso das vendas, por isso é importante avaliar o potencial de cada produto e identificar o seu potencial consumidor.

Gerencie o estoque de produtos
Identificar os produtos que tem mais saída, assim como planejar ações promocionais para não ficar com itens parados, faz parte da rotina de um vendedor. É muito importante ter o controle dessas informações para garantir os resultados e evitar perdas, para isso, é essencial a análise de indicadores e organização para garantir o fluxo de vendas.

Invista tempo no atendimento
Tenha em mente todas as informações dos produtos que você vende! Além de investir no pronto atendimento dos clientes, é preciso “vestir a camisa” da marca que você representa e passar confiança na hora da venda.

Agilize as operações
Paciência e agilidade são virtudes que devem ser desenvolvidas nessa época do ano. Geralmente, os clientes esperam pronto atendimento e rapidez na hora da compra, por isso, é importante atentar aos detalhes: seja o estoque, a entrega dos pedidos ou até mesmo ter opções de formas de pagamento, tudo precisa funcionar durante o atendimento aos consumidores.

Seja criativo nas promoções
Momento oportuno para inovações que impulsionam as vendas de fim de ano. Por meio de ações promocionais, por exemplo, é possível aumentar o ticket médio do consumidor e melhorar os resultados do seu negócio.

Fonte: Exame

2019-12-20T14:59:43-03:00dezembro 2nd, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Dez citações para inspirar a sua venda

Espelhe-se em grandes personalidades da história e busque o sucesso profissional

Realizar o sonho de gerenciar o próprio negócio requer muito trabalho e dedicação. Além de entender os reais riscos e as dificuldades que fazem parte da rotina, é preciso ter afinidade com a área escolhida para ter sucesso. Nesse contexto, a venda direta surge como uma oportunidade mais prática e viável para aqueles que desejam atuar no mercado.

Para inspirar os vendedores, separamos algumas citações de grandes personalidades da história. Confira:

“Se você pode sonhar, você pode fazer.”
Walt Disney

“Seus clientes mais insatisfeitos são sua maior fonte de aprendizado.”
Bill Gates

“Para ser bem-sucedido, você deve primeiramente ter uma atitude positiva e, como consequência, o sucesso virá. Acredite em primeiro lugar.”
Mark Hughes (fundador e primeiro Consultor da Herbalife)

“Uma líder de sucesso lidera de três maneiras: pelo exemplo, pelo exemplo e pelo exemplo.”
Mary Kay Ash

“Gênio é 1% inspiração e 99% transpiração.”
Thomas Edison

“A mente é como um paraquedas. Só funciona se abri-lo.”
Frank Zappa

“O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.”
Albert Einstein

“O insucesso é apenas uma oportunidade para recomeçar de novo com mais inteligência.”
Henry Ford

“Fazer as coisas direito é mais importante do que fazer as coisas certas.”
Peter Drucker

“A inovação é o que distingue um líder dos demais.”
Steve Jobs

Fonte: Infomoney

2019-12-20T14:59:43-03:00novembro 30th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Dica de leitura: Você pode negociar qualquer coisa

Técnicas de relacionamento são fundamentais para dominação da arte dos negócios190955

Num mundo em que as negociações regem as lógicas das relações no âmbito profissional e pessoal, é preciso atentar aos detalhes para obter sucesso. A obra “Você pode negociar qualquer coisa” apresenta técnicas para que o leitor possa lidar com os companheiros de trabalho, com o chefe e, até mesmo, com a família.

As dicas de um dos mais respeitados e experientes profissionais em negociação do mundo, o escritor e conferencista Herb Cohen, mostram como dominar a arte e a expertise dos negócios.

Fonte: Livraria Cultura

2019-12-20T12:21:17-03:00novembro 27th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

GERASGI de cara nova

Para melhorar a experiência do usuário do GeraSGI, a Gera apresenta o novo layout da plataforma, desenvolvido seguindo as principais tendências de design UX (user experience).

Mais intuitiva e “clean”, a nova versão da plataforma poderá ser utilizada em qualquer dispositivo móvel, além do tradicional desktop.

Além do novo aspecto visual, as novidades da plataforma melhoram a experiência de navegação e os atalhos das configurações de cada usuário e permitem, ainda, uma personalização maior da marca.

Conheça abaixo as principais inovações:

• Dashboard: Menu de informações apresentado de acordo com o perfil do usuário logado.
• O novo menu mostra todos os módulos do SGI, mesmo aqueles que o usuário não é autorizado a usar. Dessa forma, ele passa a conhecer todas as funcionalidades da ferramenta.
• Os filtros disponíveis nas telas de cada módulo estão organizados dentro de grupos, tornando a navegação mais intuitiva.
• Compatibilidade com tablets e navegação amigável.

Compartilhamos com você imagens exclusivas do novo formato, que está em fase de finalização de testes e em breve estará disponível, a partir da versão 2016.

tela_SGI_4

telas_SGI_3

telas_SGI_2

telas_SGI_1

2015-11-24T13:02:05-02:00novembro 24th, 2015|Categories: Sem categoria|

De onde surgiu a venda direta?

Das enciclopédias à revolução dos catálogos e da internet, confira a evolução das vendas diretas

Uma das atividades mais antigas do mundo, as vendas diretas fazem parte de uma antiga tradição que surgiu da necessidade básica do homem de se comunicar, de trocar bens e compartilhar experiências. Seguindo os instintos e o desenvolvimento das técnicas e tecnologias, as vendas diretas evoluíram, mas continuam sendo fonte de renda e uma forma alternativa de trabalho para milhões de pessoas em todo o mundo.

Diferentemente dos catálogos e das facilidades proporcionadas pelo advento da internet, os primeiros revendedores contavam com poucas oportunidades para comercializar os seus bens. Geralmente, as transações aconteciam em eventos relacionados a festas religiosas, que possibilitavam o encontro de pessoas de diversas regiões, formando verdadeiros conglomerados temporários.

Cada cultura compartilha sua herança sobre as vendas diretas, mas as tradições se espalharam e se misturaram pelo mundo. O modelo que conhecemos nos dias de hoje, no entanto, começou a ser estruturado nos séculos 18 e 19, na Europa e nos Estados Unidos, com a venda de enciclopédias e cosméticos. Esse período é marcado pelo surgimento de grandes empresas que revolucionaram as vendas diretas, como a Avon.

No Brasil, as atividades têm início nos anos 1940, mas somente com o crescimento das indústrias de bens de produção e de consumo, durante o governo de JK, as grandes empresas começaram a atuar e incentivar as vendas diretas no país. Hoje em dia, o mercado brasileiro figura entre os cinco maiores do ranking mundial, movimentando 19,5 bilhões de reais em volume de venda, apenas no primeiro semestre de 2015.

Fonte: Estadão

Ir ao Topo