ABEVD anuncia nova presidente

Entidade elegeu novo Conselho Diretor e de Ética que tomou posse essa semana

presidenteA Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) acabou de eleger seu novo corpo diretivo. Ana Beatriz Macedo da Costa, diretora executiva jurídica da Avon, foi eleita como diretora-presidente da entidade, com mandato de dois anos.

Ana Beatriz é formada em direito pela Universidade Federal Fluminense, e conta com mais de 20 anos de experiência na área jurídica de grandes empresas, como Chevron, Xerox do Brasil e Avon, onde está desde 2012.

Além disso, o Conselho Diretor da ABEVD passa também a ser composto por Moacir Salzstein, diretor de governança corporativa da Natura, no cargo de diretor primeiro vice-presidente; Odmar Geraldo Almeida, presidente da Amway do Brasil, no cargo de diretor segundo vice-presidente; Marcos Barbosa, diretor de serviços ao consultor da Herbalife, no cargo de diretor-tesoureiro; e Antônio de Sant’Anna Mônaco Júnior, presidente da Jequiti, no cargo de diretor-secretário.

O Conselho de Ética será composto por Carla Martins, gerente jurídica da Amway, Marcel Szajubok, diretor geral da Jeunesse, Maurício Patrocínio, sócio-mentor da Ares Perfumes, Melissa Sandhof, gerente jurídica da Avon, Pammela Bellucci Ortolan, gerente jurídica da Natura, Patrícia Lucas Zebele Mesquita, coordenadora Sr. de relações governamentais da Mary Kay, e Paulo Polesi, diretor de MPC – Membros de Práticas de Negócio e Conformidade da Herbalife.

O mercado de vendas diretas registrou R$ 41,3 bilhões em volume de negócios em 2015 e conta atualmente com 4,6 milhões de revendedores espalhados pelo país. O Brasil é o quinto maior mercado de vendas diretas, segundo dados da WFDSA – World Federation of Direct Selling Associations.

2016-04-29T10:46:02-03:00abril 29th, 2016|Categories: Sem categoria|

Dica de leitura: Como vender valor e não preço

Especialista explica a importância de agregar valor à experiência de compra do consumidor

Diante da mudança de comportamento do consumidor, os revendedores diretos precisam investir em diferenciais que agregam valor à experiência de cada cliente no momento da compra. Pensando nisso, o livro “Venda + Valor 2.0 – Como vender valor e não preço” traz uma nova proposta para o leitor e explica a importância do equilíbrio entre os negócios e a empatia no atendimento ao consumidor.

Além de conceitos, a publicação de Pedro Luiz Roccato, especialista em vendas e distribuição, também apresenta técnicas e modelos de aplicação. Em meio a um ambiente tão competitivo, a obra transforma aprendizado em uma experiência motivadora e empolgante para empresas e profissionais do mercado de vendas.

Fonte: Livraria Cultura

2019-12-20T14:53:36-03:00abril 29th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Kapali: vestir-se bem e prosperar

Marca desenvolve o conceito de multi fashion para propiciar aos empreendedores ganhar dinheiro e vestir-se com elegância e alto padrão ao difundir os produtos da marca

Quem não quer estar sempre bem vestido? Ora, a resposta parece óbvia. E mais: quem não quer uma excelente fonte de renda que gere lucros a partir do vestuário? Em tempos de crise, a resposta é tão óbvia quanto a da primeira questão.

A Kapali Multi Fashion é capaz de aliar as duas possibilidades em um resultado simples e direto: você se veste bem, torna-se vitrine do seu próprio negócio, monta sua rede de clientes – e empreendedores – e começa a faturar. Simples assim, uma experiência baseada em bom gosto e sofisticação, para homens e mulheres.

A marca tem como base de apoio fábricas com mais de 25 anos de know-how na indústria de confecção. A capacidade de produção se dá em larga escala, o que garante prazos cumpridos à risca e preserva a qualidade dos produtos.

Marketing Multinível – A plataforma de desenvolvimento de negócios da Kapali é o marketing multinível. As vantagens [acúmulo de pontos] crescem à medida em que são vendidas as peças. Os ganhos vêm da venda efetiva dos produtos e do recrutamento de empreendedores para o time Kapali.

Recompensas – Não é só a remuneração em dinheiro que chega para o empreendedor Kapali. Acredite: viagens e carros de luxo também estão ao alcance de quem se destacar. O seu progresso vem de acordo com o seu trabalho, sua rede de contatos, os recrutamentos que você fizer e de quantos pontos acumular. Vista-se bem, venda e recrute; o resto a Kapali proporciona.

Quem é quem
O empreendedorismo está no DNA da Kapali. Artur Trajano, 30 anos, tem a seu favor a reconhecida experiência familiar acumulada ao longo de anos no consolidado parque fabril de Araguari, no Triângulo Mineiro. Atuando decisivamente nas atividades comerciais de ponta, Artur traz para a marca a visão familiar arrojada e a qualidade têxtil que consolidou grandes marcas do vestuário brasileiro.

Thiago Souza, também de 30 anos, foi outro a começar cedo como empreendedor. Apesar da pouca idade, o jovem desponta no empresariado do Distrito Federal há sete anos. Não se cansa de falar que a Kapali nasceu de um sonho seu, que, aos poucos, torna-se uma realidade cada vez mais sólida no mercado.

2016-04-27T14:14:41-03:00abril 27th, 2016|Categories: Sem categoria|

As relações de consumo em xeque

Entenda como a tecnologia tem aproximado cada vez mais empresas dos clientes

Com acesso a informações em múltiplos canais de comunicação, os consumidores passaram a desempenhar um papel de protagonista nas relações de consumo. Por isso, acompanhar as mudanças de comportamento e identificar as reais necessidades dos clientes tornou-se um desafio ainda maior para os profissionais que atuam com vendas.

Diante da multiplicidade de canais e da mudança da percepção de valor do cliente, em que aprimoram-se as relações de custos e benefícios, a consistência e a qualidade do relacionamento entre empresas, revendedores e consumidores finais tendem a ser cada vez mais intensas e determinantes nos resultados.

A experiência, baseada nos sentidos e nas informações, passa a ser um diferencial em todos os campos das relações de consumo. Nesse cenário, ser flexível e estar próximo aos clientes é fundamental para o sucesso dos negócios. Para isso, é preciso atuar em todos os canais, principalmente nas redes sociais.

Para explorar os potenciais das redes sociais, no entanto, não basta estar presente em diversos canais e divulgar as novidades, é preciso monitoramento e estratégias especiais. Por meio de ferramentas especializadas é possível identificar interesses, acompanhar as principais tendências do mercado e garantir o sucesso nas vendas.

Fonte: DCI

2019-12-20T14:53:36-03:00abril 27th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Marketing como aliado da venda direta

Com foco nas relações personalizadas, o mercado tem adotado práticas para revolucionar a forma de comércio tradicional

Em tempos em que planejamentos estratégicos e a gestão de marketing são cada vez mais valorizados no mercado de vendas diretas, o desenvolvimento de plataformas digitais e diferenciais para o consumidor estão revolucionando as relações de vendas tradicionais.

O marketing tem sido utilizado como aliado nas vendas e está cada vez mais integrado à realidade das empresas e dos revendedores diretos. Da mesma forma, tornou-se um fator de crescimento eficaz, que alavanca os resultados e impacta toda a cadeia de valor do setor.

Com a capacidade de atingir e influenciar os clientes, a estratégia baseia-se na trilogia do marketing, que visa atrair, envolver e converter o relacionamento com o consumidor em resultados positivos para as vendas diretas. Assim sendo, as principais características podem ser sintetizadas da seguinte maneira:

Atrair: incentivo às interações com os clientes e criar oportunidades de relacionamento específico e personalizado.
Envolver: etapa fundamental para construir a confiança e fortalecer as relações com o cliente.
Converter: transformar todas as etapas do processo em vendas e resultados efetivos.

Aliado às plataformas digitais, esse novo modelo viabiliza o surgimento de iniciativas inovadoras que renovam a lógica das vendas diretas. No cenário nacional, a Avon criou canais, como o Folheto Avon Online e a Vitrine de Beleza Avon, para estreitar o relacionamento entre revendedores, empresa e consumidor final.

Da mesma forma, a Natura criou uma rede de consultores digitais além da sua loja virtual. Na plataforma, conhecida como Rede Natura, o cliente precisa escolher qual consultor receberá a comissão pela indicação dos produtos.

Fonte: Implantando Marketing

2019-12-20T14:53:37-03:00abril 25th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Oito dicas para atuar com vendas diretas

Apesar do cenário de incertezas, crescimento do setor estimula a participação de novos profissionais

De acordo com o levantamento realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), foram contabilizados R$ 41,3 bilhões em volume de negócios em 2015. Mesmo diante de um cenário econômico adverso, o setor de vendas diretas registrou um aumento de 3,6% no número de revendedores, fechando o último ano com aproximadamente 4,6 milhões de profissionais autônomos atuantes.

Diante desse cenário, confira algumas dicas para quem deseja atuar com vendas diretas:

1. Vá além das vendas
Não restrinja as suas atividades apenas à venda. Informe-se sobre a marca e a mercadoria oferecida ao público. Procure entender como os seus serviços podem suprir com as necessidades dos clientes.

2. Aproxime-se da sua clientela
Invista tempo no relacionamento com o cliente. É fundamental manter-se próximo e presente para garantir a fidelização do consumidor. Mantenha o público informado sobre promoções e novidades por meio de contato semanal por e-mail, redes sociais ou newsletters.

3. Use as redes sociais
Explore os potenciais das redes sociais para vendas e para aproximar-se de seus clientes, agregando valor aos seus serviços. Publique tanto informações sobre as marcas que você representa, quanto depoimentos e opiniões dos consumidores.

4. Tenha foco
Suprir as necessidades dos clientes deve ser o foco de todo vendedor direto.

5. Atendimento personalizado
No início, é importante investir na criação de uma vasta carteira de clientes. Com o passar do tempo, você passará a identificar o perfil de seus clientes fiéis, assim como suas necessidades, e poderá planejar ações estratégicas, personalizadas e diferenciais.

6. Faça pequenos eventos
Faça eventos pequenos e direcionados a um público específico. Assim, você evita a dispersão dos convidados e pode dedicar sua atenção às necessidades de cada participante.

7. Invista no seu conhecimento
Aprimore as suas atividades com cursos de capacitação. Se você trabalha com produtos de beleza e cosméticos, por exemplo, invista em cursos de maquiagem e cuidados com a pele.

8. Seja uma inspiração
Cuide da sua imagem e apresente-se, também, como uma consumidora dos produtos que você vende. Assim, você conseguirá convencer seus clientes mais facilmente.

Fonte: Saber para crescer

2019-12-20T14:53:37-03:00abril 20th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Veja como transformar o pós-venda em oportunidade de fidelização

Internet e redes sociais auxiliam no diálogo e na aproximação com o cliente

Os meios digitais, assim como as redes sociais, proporcionaram aos vendedores um contato mais próximo com seus clientes, com possibilidade de diálogo aberto e maior comunicação entre as partes. Quando antes era apenas um acompanhamento da compra, hoje, o pós-venda é imprescindível para garantir a fidelização do consumidor. “Toda oportunidade de contato pessoal ou virtual é muito importante para o estreitamento da relação vendedor-cliente”, explica a diretora executiva da ABEVD, Roberta Kuruzu.

Para fidelizar o cliente, é importante manter um relacionamento próximo e unido, além de entender seus desejos e suas necessidades. Na venda direta, isso é essencial, uma vez que o modelo é que a “loja” vá até os seus consumidores e não o contrário. “O pós-venda bem feito proporciona uma boa experiência de compra o que colabora imensamente para a fidelização do cliente”, afirma Roberta.

Aliás, o momento em que vivemos traz uma tendência no comportamento do consumidor: ele diminui a frequência em centros de compra. Portanto, oferecer descontos, promoções especiais, novos produtos e um atendimento personalizado é um grande diferencial no pós-venda. “O revendedor deve usar o conhecimento profundo de seu cliente ao seu favor, abordando cada um de acordo com o seu perfil, para fidelizá-lo”, conclui.

Fonte: Cliente S/A

2019-12-20T14:53:38-03:00abril 18th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Natura é eleita uma das empresas mais éticas do mundo

Ethisphere Institute reconhece, todo ano, empresas que trabalham para que a ética seja parte do seu dia-a-dia

A Natura foi reconhecida como uma das empresas mais éticas do mundo, em 2016, pela Ethisphere Institute, líder global na definição e promoção dos padrões para práticas comerciais éticas. Pela sexta vez no ranking, a multinacional é a única brasileira a integrar a lista, composta por maioria norte-americana.

Em 2015, a empresa criou a diretoria de compliance e um canal que atende denúncias de corrupção e casos relacionados ao conselho de administração, a suas instâncias de apoio ao Comitê Executivo. “Este é um importante reconhecimento internacional para a Natura, pois reforça nosso compromisso com a ética e transparência em nossas ações”, ressalta Roberto Lima, diretor-presidente da companhia.

Além disso, a Natura adaptou-se voluntariamente às normas da certificação SOx, de acordo com a lei Sarbanes-Oxley (EUA), que prevê mecanismos de auditoria e segurança para evitar fraudes.

O programa das Empresas mais Éticas do Mundo reconhece empresas que se sobressaem em três áreas: promoção interna de normas e práticas comerciais éticas, permitindo que os gerentes e colaboradores façam boas escolhas e moldem os padrões das futuras indústrias ao introduzir, hoje, as melhores práticas do amanhã. As empresas reconhecidas superaram-se, historicamente, as outras financeiramente, demonstrando a ligação entre as boas práticas éticas e o desempenho do que é valorizado no mercado.

Para candidatar-se à avaliação, as empresas devem responder a um questionário e as pontuações são divididas em cinco categorias: programa de ética e compliance (35%), cidadania corporativa e responsabilidade (20%), cultura de ética (20%), governança (15%) e liderança, inovação e reputação (10%).

O Ethisphere Institute adota uma medição própria, com base em percepções de dados que auxiliam as organizações a aumentar o caráter corporativo e a acreditar no impacto da integridade e da transparência na confiança do público e na linha de fundo de qualquer organização.

Fonte: Envolverde

2019-12-20T15:10:29-03:00abril 15th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

Marketing sensorial: a influência das cores, dos sons e das sensações no processo de vendas

Estratégia de marketing revoluciona a relação com o cliente com o auxílio dos cinco sentidos

Conhecida como uma estratégia fundamentada na experiência do consumidor final, o marketing sensorial busca interligar uma marca ao cliente por meio dos cinco sentidos. A nova tendência no mercado de vendas diretas tem como foco despertar o interessante do público pelos produtos oferecidos, por meio daquilo que ele vê, ouve e sente.

O desafio de estimular os sentidos do consumidor para que as pessoas consumam de forma mais emocional exige que o vendedor direto utilize as cores, os aromas e as funcionalidades de seus produtos para estimular as suas vendas. Mais do que apresentar um lançamento, por exemplo, é preciso conquistar o público mostrando todas as vantagens para quem vai consumir.

Criar um ambiente agradável para as vendas é outro diferencial para os profissionais de vendas diretas. Além disso, é fundamental explorar os produtos com design criativo, elegante e aromatizados, porque eles evocam sentimentos e emoções que despertam o desejo de consumo dos consumidores.

É fundamental fazer com que o cliente veja, ouça e sinta, de forma mais profunda e intensa todas as características de seus produtos. Assim, você potencializará os seus ganhos por meio de uma experiência de compra inovadora e assertiva.

Fonte: Vendas Diretas

2019-12-20T14:53:39-03:00abril 13th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |
Ir ao Topo