Dica de leitura: Vendas – Direto ao ponto

Obra apresenta estratégias para o profissional de vendas

O consultor de vendas, John Mactear, aborda as qualidades e estratégias essenciais para um profissional, em seu livro “Vendas – Direto ao ponto”, que também apresenta uma visão geral e concisa sobre o assunto, além de trazer ferramentas e técnicas para que o leitor desenvolva a sua abordagem.

Para ser bem sucedido na área, é preciso ter habilidades como negociação, comunicação e facilidade em se relacionar com os clientes. Mas, para ir além, é necessário ter metas claras e possíveis de ser alcançadas, de acordo com o autor.

Fonte: Livraria Cultura

2019-12-20T14:58:26-03:00abril 11th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Você tem coragem?

Conheça histórias de mulheres que nos inspiram a ter coragem na nova campanha da Mary Kay

“Todos nós temos a opção e a coragem de viver destemidamente”
Lynsey Dyer

Em março, a Mary Kay lançou a coleção de fragrâncias Fearlessly, inspirada nas histórias de mulheres que tiveram coragem, entre elas, a própria fundadora que realizou seu sonho de enriquecer a vida de consultoras. Para divulgar o lançamento, a marca está promovendo a campanha “Eu tenho coragem MK”, que conta história de corajosas que ousaram ir atrás de seus sonhos, e o movimento #eutenhocoragemMK.

A protagonista da campanha é a esquiadora, cineasta, fotógrafa, viajante, artista Lynsey Dyer, que, além de ser esportista, incentiva a participação de mulheres em atividades outdoor, por meio da ONG SheJumps. Confira a história dela:

Além disso, a campanha conta com o site, onde você pode ler história de mulheres corajosas, entre elas a cantora brasileira Luiza Possi, e mandar mensagens para quem inspira você a ter coragem.

Fonte: Revista Publicitta

2019-12-20T15:10:30-03:00abril 8th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Conheça os planos de saúde para vendedores diretos

A ABEVD e a Qualicorp se uniram para disponibilizar ao vendedor direto e sua família os melhores planos de saúde e odontológicos. É a sua oportunidade de cuidar da saúde com muito mais qualidade e economia

O Dia Mundial da Saúde é celebrado em 7 de abril, para conscientizar e alertar as pessoas sobre os principais problemas que podem atingir a saúde da população. Sabendo da importância da data e de prezar pela saúde daqueles que dedicam seu tempo ao setor, a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), em parceria com a Qualicorp, continua oferecendo diferentes tipos de planos de saúde para os revendedores das empresas associadas à ABEVD. Estes planos por adesão, podem incluir cônjuge e dependentes do revendedor.

Com mais de 4,5 milhões de profissionais atantes na área, a venda direta é uma ocupação reconhecida no mercado de trabalho e fonte de renda para muitos brasileiros, destacando-se em diversos setores da economia nacional.

A Qualicorp, uma das empresas líderes no mercado, reúne operadoras de planos de saúde reconhecidas pela excelência e bom atendimento em todo o país.

Clique aqui, faça uma simulação e encontre o plano de saúde que você precisa.

Fonte: Especial Saúde

 

2019-12-20T11:05:32-03:00abril 7th, 2016|Categories: ABEVD News|Tags: , , , |

Big Data: Como os dados podem auxiliar as vendas diretas

Confira dicas para melhorar a experiência do cliente e sua estratégia de venda

O Big Data é uma das grandes características do mundo conectado de hoje em dia. Com a explosão do uso da internet e das redes sociais, há uma enorme nuvem de dados que está sendo gerada sobre nossas cabeças e crescendo a uma taxa exponencial.

Até recentemente, o Big Data era uma forma de coleta de dados restrita às grandes empresas. No entanto, a tecnologia avançou consideravelmente e, agora, mesmo as pequenas empresas podem explorar o poder do Big Data para melhorar a experiência do cliente e sua estratégia de vendas.

No post de hoje, vou falar justamente sobre o casamento entre Big Data e vendas. Me acompanhe e venha descobrir como você pode usar o Big Data a favor do seu negócio.

Como usar o Big Data?

O conceito de Big Data é algo bastante amplo. Os dados são coletados a partir de qualquer ação executada por um usuário em um dispositivo ligado à internet, seja encaminhado um e-mail, postando mensagens nas redes sociais, comentando em blogs ou até mesmo utilizando um cartão de crédito em uma loja física. Toda ação gera uma espécie de “impressão digital”, que fica armazenada em algum lugar na nuvem.

É difícil até mesmo imaginar a quantidade de dados obtidos. Para se extrair informações úteis a partir desse vasto oceano, você vai precisar de uma ferramenta de análise bastante eficiente, que lhe permita encontrar informações relevantes e exibi-las em um formato que você possa entender. Felizmente, essas ferramentas são bastante acessíveis e muitas estão disponíveis sem custo. O Google Analytics, por exemplo, é gratuito e se integra muito bem com outros sistemas, como softwares de gestão do relacionamento com os clientes.

O que sua empresa pode fazer para relacionar Big Data e vendas?

Se você tem a intenção de explorar a imensidão de informações disponíveis no Big Data, existe uma série de ações possíveis.
1. Ampliar a propagação de sua marca na internet
Você já está conectado a muitos de seus clientes através de suas diversas redes sociais ou outros meios de contato, não é? Bem, a coleta de dados não precisa parar por aí. Existem algumas opções de ferramentas que permitem que você configure alertas e notificações sempre que sua marca é mencionada na internet, assim como qualquer produto ou serviço que seu empreendimento esteja oferecendo. Uma vez que você começa a monitorar essas menções, você pode criar estratégias a partir das interações na web para otimizar a propagação de informações, gerar mais interesse em sua marca, melhorar a satisfação dos seus clientes e aumentar o engajamento de usuários.

2.Coletar dados personalizados utilizando softwares de gestão de relacionamento com os clientes
São várias as opções de ferramentas com um baixo custo capazes de oferecer todos os recursos para monitorar as interações com clientes e prospects. Esses programas não só fornecem opções para a coleta de informações no Big Data como também ajudam a buscar por informações mais úteis e a utilizá-las da melhor forma. Essas plataformas também incluem a funcionalidade de administrar seus perfis em redes sociais, para que a coleta do Big Data seja mais ágil e parta de variadas fontes.

3.Monitorar a origem das chamadas dos clientes
Se você está trabalhando com linhas de telefone fixo em seu escritório, com sistema de VoIP com recurso de mobilidade ou com um call center terceirizado, as chamadas dos clientes podem ser uma importante fonte de dados. Tenha certeza de que você está coletando todos os registros de chamadas e fazendo a análise da forma correta. As informações dos atendimentos aos clientes podem ajudá-lo a descobrir dados demográficos de quem está interessado em falar com você, assim como a identificar os problemas mais comuns que resultam em um telefonema, o que é muito útil para que você tome decisões de forma a melhorar seus serviços o apontamento de suas estratégias de atuação e de vendas.

Conseguiu visualizar uma forma de o seu negócio tirar proveito do Big Data? Já tem feito uso de alguma dessas estratégias? Vamos lá, deixe um comentário e me conte suas experiências e dúvidas!

Fonte: guiaempreendedor.com

2019-12-20T14:58:28-03:00abril 1st, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |
Ir ao Topo