Correio debate estratégias para garantir o empreendedorismo

Evento está marcado para 22 de novembro. Participe!

Em tempos em que a redução de gastos é um dos discursos mais utilizados pelo governo federal para a saída da crise, as discussões sobra a importância de simplificar o empreendedorismo como força motriz para a retomada da atividade ganham mais peso. Uma parceria da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) e do Correio Braziliense trará o tema à tona. No próximo dia 22, promoverão o evento Empreendedorismo: A força da venda direta no Brasil, com debates sobre reforma trabalhista, simplificação tributária, segurança jurídica do segmento como forma de fomentar empregos, consumo e, consequentemente, alavancar a economia.

O encontro ocorrerá no auditório do Correio para mais de 120 convidados, a partir das 9h, com inscrições gratuitas. Participarão do evento a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho, o diretor-presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, o secretário executivo do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), Antônio Correia de Almeida, além do deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), o ministro Guilherme Augusto Caputo Bastos, do TST, e representantes do segmento de vendas direta.

Com enorme potencial para criação de oportunidades, o setor foi responsável por absorver 200 mil pessoas somente em 2015, trabalhadores que, não fosse pelas vendas diretas, estariam na fileira de desempregados que a crise gerou. Esse número de geração de oportunidades, entretanto, poderá ser bem maior, caso o governo federal, legisladores e o próprio Judiciário atuaem em conjunto pela aprovação e conscientização da população para a importância da aprovação das reformas estruturais no país, avalia a diretora executiva da ABEVD, Roberta Kuruzu.

“É algo que o mundo inteiro está discutindo. De fato, as sociedades são complexas e não necessariamente as relações de trabalho têm que ser de emprego. É preciso reconhecer, sim, que as pessoas tenham direito de empreender”, sustenta. Em um país como os Estados Unidos, onde as legislações trabalhistas são mais flexíveis, há quase 10 milhões de pessoas trabalhando com venda direta. No Brasil, são 4,6 milhões de empreendedores. Essa diferença desmente, na opinião dela, uma falsa ideia de que o modelo do setor é ótimo para países pobres. “Apenas Brasil e China figuram entre os seis maiores líderes mundiais”, afirma.

A ABEVD defende que o setor precisa de uma legislação trabalhista segura que não fragilize as relações de trabalho e fomente o empreendedorismo. Por isso, defende a eliminação do vínculo trabalhista na relação entre empresas e revendedoras e distribuidores. “O setor assegura uma forma de complementação de renda de maneira até complementar e flexível para algumas pessoas, que não podem correr o risco de ter o trabalho extinto pela instabilidade das relações trabalhistas”, avalia Roberta. Dessa forma, uma reforma trabalhista pode contribuir para que mais jovens e idosos possam obter, na venda direta, uma fonte de renda. Em um cenário de crise, principalmente, ela entende que isso seria essencial para a criação de mais oportunidades de trabalho.

Correio Debate

Empreendedorismo: A Força da Venda Direta no Brasil

Painéis
1. Os impactos socioeconômicos da venda direta e suas histórias de valor, com David Legher, presidente da Avon Brasil

2. As legislações trabalhista e tributária e os impactos no setor, com Antonio Correia de Almeida, secretário executivo do Ministério do Trabalho, deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR) e Guilherme Augusto Caputo Bastos, ministro do Tribunal Superior do Trabalho

3. Venda direta: uma oportunidade para todos, com Ana Fontes, Rede Mulher Empreendedora

Data: 22/11/2016
Local: Auditório do Correio Brasiliense
Inscrições: gratuitas, no correiobraziliense.com.br/correiodebate, até 21/11/2016

Fonte: Correio Braziliense

2019-12-20T12:41:30-03:00novembro 16th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

6 dicas para liderança de equipes

Confira as qualidades essenciais para quem deseja ser líder

Quem trabalha com vendas diretas sabe que toda grande rede de pessoas precisa de um líder que saiba aproveitar o que cada um possui de melhor. Nessa função, não são apenas as habilidades com o cliente que contam. Ter a confiança das pessoas é fundamental para atingir os resultados e lucrar.

Porém, aquela ideia de “chefe” que tenta tudo na base da intimidação e pressão ficou no século 20. Agora, é preciso ter qualidades totalmente opostas para ser digno de liderar uma equipe. Visão de negócios, paixão e integridade são as mais citadas, mas não são as únicas características que garantem o sucesso na empreitada.

Confira mais seis qualidades que são necessárias para ser um bom líder de equipes:

Empatia
A habilidade de entender e compartilhar dos sentimentos de outras pessoas é o que chamamos de empatia. Essa é uma característica extremamente importante em qualquer ambiente e ajuda a gerir conflitos e relacionamentos. Além disso, ter empatia auxilia a entender melhor as necessidades dos clientes e ganhar a confiança das pessoas.

Otimismo
Muitos acreditam que otimismo é simplesmente se manter esperançoso, mas, na verdade, é uma qualidade que também indica confiança no sucesso, o que inclui o sucesso de outras pessoas. Óbvio que o otimismo exagerado não é bom, mas líderes otimistas inspiram e motivam as pessoas.

Altruísmo
Altruísmo significa que você se importa com o bem-estar dos outros. Nos negócios, isso significa que as pessoas a sua volta fazem melhor, se sentem melhor e produzem melhor. Isso é uma qualidade incrível para lideranças e que, geralmente, não é associada com poder e força. Mas é.

Eloquência
A habilidade de falar e escrever de forma persuasiva ganhou importância com a chegada da era comunicação digital. Pessoas esperam que seus líderes se comuniquem e querem ficar fascinadas com o discurso. Por isso, uma fala ou um texto eloquente pode dissipar medos, resolver dissidências ou inspirar pessoas a atingir novos níveis.

Discernimento
Saber fazer um julgamento certo, seja entre pessoas, situações ou decisões de negócios, é uma habilidade fundamental para um líder. Saber tomar o tempo certo para entender um problema e pensar em diversas soluções até encontrar a melhor. Ações de um verdadeiro líder que sabe o que está fazendo.

Modéstia
Ninguém aguenta ouvir o quanto outra pessoa é sensacional o tempo todo. Especialmente quando vem da própria. Deixe que a sua atitude fale por você. Confiança é algo bom, mas precisa vir junto com a modéstia. Dessa forma, ela irá contar ao seu favor, e não contra.

2019-12-20T14:52:38-03:00novembro 11th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Natura lança programa de benefícios

Exclusivo para seus consultores, projetos serão destinados à saúde e educação

Uma das líderes do mercado brasileiro de venda direta, a Natura lançou programa de benefícios sociais exclusivos para seus quase 1,5 milhão de consultores, nas áreas de saúde e educação. Os projetos fazem parte de um conjunto de medidas que serão adotados pela organização a partir dos resultados do índice IDH-CN, que mede o desenvolvimento humano e a qualidade de vida das Consultoras.

Por isso, os consultores da Natura, assim como seus familiares, poderão estudar por meio de cursos presenciais e à distância em todo o Brasil. As aulas terão preços especiais e também serão entregues bolsas integrais. Feito em parceria com a instituição de ensino Estácio, a Prepara Cursos e a plataforma on-line Geekie Games, as bolsas serão financiadas com parte dos recursos obtidos com a venda dos produtos da linha Crer para Ver, que tem todo o seu lucro investido na melhoria da educação pública brasileira, por meio do Instituto Natura.

Já na área da saúde, a empresa realizou parceria com o portal Saútil na construção de um programa que oferece aos seus consultores informações personalizadas de saúde por meio de uma central de atendimento e um aplicativo exclusivos, além de descontos em farmácias conveniadas e em clínicas para consultas e exames.

2019-12-20T14:52:38-03:00novembro 9th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Volta por cima: histórias de quem saiu do desemprego para o sucesso nas vendas diretas

Veja como esses revendedores transformaram algo ruim em oportunidades dentro do setor

Não só em momentos de crise, o desemprego é um risco para todo trabalhador em qualquer que seja a situação econômica do país. Dessa forma, quem está inserido no mercado de trabalho tradicional sempre terá que enfrentar a possibilidade dessa situação. Porém, o setor de vendas diretas pode ser justamente a solução para quem não está mais encontrando vagas no mercado. Mais do que isso, o segmento pode trazer ainda mais sucesso.

 

adriano

Adriano Ramos entrou no setor por indicação

Para Adriano Ramos, da Ecotrend, a solução veio com uma indicação após oito meses sem conseguir trabalho com carteira assinada. “Após minha saída de uma imobiliária, tive certas dificuldades para retornar a um emprego registrado. Foi aí que meu primo entrou em contato comigo me oferecendo a proposta da Ecotrend. Vi a oportunidade de trabalhar por conta própria e considerei começar o mais rápido possível”, explica. Com Sorhaya Bueno, executiva da Belcorp, a decisão veio após reflexão. “Depois de 14 anos de varejo, passei a buscar no setor de vendas diretas uma empresa sólida, que tivesse produtos de qualidade no segmento de cosméticos. Eu tinha muita vontade de desenvolver pessoas, montar minha própria equipe e ter horário flexível”, conta.

ricardo2

Ricardo Guerreiro se antecipou ao mercado e descobriu as vantagens do setor

Esse know-how fez com que Sorhaya vislumbrasse a possibilidade de se dedicar exclusivamente ao segmento. “Com os anos de experiência no varejo, percebi a carência de um bom atendimento que fosse também personalizado. Foi quando decidi me dedicar somente ao setor”, revela. No caso de Zilda Cândido da Costa, Consultora da Natura e mãe de três filhos, a necessidade a fez descobrir os benefícios da venda direta. “Percebi que, só com a renda que tinha, ficaria em uma situação complicada. Quando comecei a revender os produtos da Natura, em pouco tempo consegui chegar ao padrão que precisava apenas com os contatos que já possuía, entre amigos e família”, conta. Já Ramos, depois de analisar a entrada na Ecotrend e trabalhar com vendas diretas, decidiu continuar somente com as vendas pela comodidade de trabalhar em casa com o próprio material. “Além disso, com meus conhecimentos com tecnologia, percebi que seria muito mais rentável ficar com as vendas diretas do que estacionar em um único emprego com salário fixo”, garante.

sorhaya

Sorhaya Bueno refletiu bem e resolveu apostar nas vendas diretas

Lendo sinais
Não é preciso esperar ficar sem trabalho para perceber que está na hora de analisar outras oportunidades. Foi exatamente isso que Ricardo Guerreiro, executivo da Ecotrend. “A empresa em que trabalhava já havia reduzido 70% do quadro de funcionários. Foi onde vi que ficaria sem emprego logo, logo. Ao mesmo tempo, conheci o projeto Ecotrend, percebi o tamanho da oportunidade e entrei de cabeça. Comecei desenvolvendo esse trabalho em paralelo e após um ano fiquei sem emprego. Resolvi, então, me dedicar 100% ao Ecotrend e, graças a Deus, hoje é minha renda principal”, conta. Zilda também se antecipou e não esperou chegar em uma situação de insuficiência de renda para procurar a solução nas vendas diretas. “Fiz as contas e vi que não ia dar sem outra oportunidade. A revenda dos produtos Natura caiu como uma luva para isso”, confessa.

14963068_1280797128626704_974963770_n

Zilda Cândido da Costa viu nas vendas diretas a melhor forma de alcançar a renda que deseja

Quem pensa que é necessário ter muita experiência no mercado para conseguir sucesso se engana, segundo Guerreiro: “A própria empresa disponibiliza treinamentos semanais e gratuitos. Para dar certo, basta agarrar com força total a oportunidade, pois nossos resultados dependem única e exclusivamente de nós mesmos”, aconselha. Porém, é preciso também aprender a se cobrar. “Nós fazemos nosso salário. Se trabalhar pouco vai ganhar pouco; se trabalhar muito, vai ganhar muito. Temos que ser disciplinados, pois não temos chefes para cobrar desempenho”, avisa Guerreiro.

2019-12-20T14:52:39-03:00novembro 7th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Congresso mundial de 2017 da WFDSA já está com inscrições abertas

Programada para outubro, em Paris, evento tratará diversos tópicos sobre o setor de vendas diretas

O WFDSA World Congress XV, um dos principais eventos da Federação Mundial das Associações de Vendas Diretas (WFDSA – World Federation of Direct Selling Associations), já está com inscrições abertas. Agendada para os dias 1, 2 e 3 de outubro de 2017, o congresso contará com representantes de associações de vendas diretas, executivos de empresas associadas, membros do governo, acadêmicos e imprensa de todo o mundo.

Durante o evento, que terá a cidade de Paris como sede, serão discutidos os desafios e as oportunidades do Mercado de vendas diretas até o ano de 2025 e possibilitará aos participantes compartilharem visões e melhores práticas sobre como as novas tecnologias, desenvolvimento legal e habilidades de gestão impactarão em seus negócios.
Tendo como tema “”Rendezvous with the Future” (“Encontro com o futuro”, em português), o congresso já abriu as inscrições por meio do site www.wfdsa2017paris.com

O site também disponibiliza, em inglês, informações sobre os organizadores, todo o programa dos três dias do evento e de seus palestrantes. Os 200 primeiros inscritos terão direito a tarifas especiais.

2019-12-20T14:52:39-03:00novembro 3rd, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Nunca é tarde: histórias de quem começou nas vendas diretas depois dos 50

Revendedores que obtiveram sucesso no setor relatam sua experiência

O mercado de vendas diretas tem atraído muitos jovens e adultos que procuram não apenas complementar sua renda, como também atingir o objetivo de viver exclusivamente de sua atuação no segmento. Porém, engana-se quem pensa que esse é um mercado onde a pessoa necessita ingressar cedo para obter sucesso. De fato, cada vez mais pessoas com mais experiência de vida estão obtendo retorno com revendas de produtos.

foto-sid-huber-09 foto-eva-marry

Sid Huber e Eva Marry, excutivos da Belcorp

Uma dessas pessoas é João Alves Mendes, que atua na área metalúrgica, no setor industrial, e ingressou recentemente na Ecotrend. Aos 50 eles, Mendes deseja aprender o máximo que puder para aumentar seus rendimentos com a venda direta. “Mesmo sem experiência no setor, tenho treinado bastante a parte de vendas e serviços. Para mim, é uma ótima oportunidade de garantir uma renda extra”, explica. Influenciado por um amigo, Mendes não se intimidou em começar do zero. “Quem tiver interesse em mudar de vida e ganhar dinheiro, eu aconselho. É interessante e uma boa oportunidade para quem deseja um rendimento a mais”, acrescenta.

Já Eva Marry, executiva Elite da Belcorp, enxerga vantagens não apenas na experiência de vida, como também nos relacionamentos que estabelece com todos que a cercam: “Isso ocorre com vizinhos, colegas de trabalhos, amigos, parentes e até com desconhecidos que nos deparamos todos os dias por onde passamos”, diz. Sócia de Sid Huber, também executivo Elite da Belcorp, Eva conta que, a princípio, foram atraídos pela necessidade de uma renda extra que pudesse complementar, financeiramente, o que o trabalho tradicional deixava a desejar. “Porém, em um segundo momento, passamos a focar numa liberdade econômica financeira que o setor oferece àquelas pessoas que realmente o levem a sério e com profissionalismo”, explica.

img

João Alves Mendes, da Ecotrend: “Quem tiver interesse em mudar de vida e ganhar dinheiro, eu aconselho”

Como começar?
Para que isso ocorra, porém, é preciso tomar certos cuidados, como explica Huber: Busque uma empresa séria e com excelência nos produtos ou serviços, que seja comprovadamente idônea e cadastrada em órgãos que zelam pela credibilidade das vendas diretas no Brasil”.

Como não existe começar tarde para quem deseja atuar no mercado de vendas diretas, os sócios almejam ainda mais sucesso: “Basta ter uma mente aberta para aprender e evoluir. Houve necessidade de repensar sobre paradigmas incutidos pelo sistema tradicional de ensino, mas a adaptação veio logo”, garante Huber.

2019-12-20T14:52:39-03:00outubro 28th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , |

Venda de cosméticos pela internet para homens aumenta

Público masculino adere cada vez mais às compras online de produtos de beleza

Foi-se o tempo onde apenas as mulheres se preocupavam com o visual. Cada vez mais os homens também percebem a importância de manter a beleza do rosto e do corpo traz inúmeros benefícios. Sendo assim, não é surpresa que a venda de produtos desse segmento para o público masculino pela internet esteja crescendo cada vez mais, assim como as vendas diretas de empresas do setor.

Em pesquisa feita pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), 43% dos homens entrevistados confirmaram se considerar vaidosos. Mais do que isso: 61,9% dos homens enxergam o cuidado com a beleza como uma necessidade. Porém, eles não estão sozinhos. 74% dos entrevistados também garantiram gastar mais pela internet quando acompanhados por uma mulher.

Isso explica porque hoje o Brasil já é o 2º maior consumidor do mundo, ficando apenas atrás dos Estados Unidos. Mesmo com um cenário econômico desfavorável, o país teve crescimento de 16% nos últimos cinco anos com relação ao consumo masculino. Com isso, o número de lojas virtuais voltadas para esse segmento também aumentou, sendo que que 70% desse público participam ativamente das compras pela internet, de acordo com a mesma pesquisa.

2019-12-20T14:52:40-03:00outubro 20th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Natura é certificada como Empresa B

Empresa é considerada uma das melhores do mundo para o meio ambiente

Não é de hoje que a Natura se preocupa em realizar medidas que valorizem a sustentabilidade das ações da companhia. Essa prática acaba de ser reconhecida, pela segunda vez, na lista global Empresas B. A relação é feita pela B Lab, uma organização independente e sem fins lucrativos. As companhias presentes na lista formam uma rede global que associa crescimento econômico ao desenvolvimento socioambiental.

A Natura, gigante da venda direta no Brasil, foi a primeira empresa de capital aberto do mundo a receber o selo. Para figurar na lista de Melhores para o Meio Ambiente, é realizada uma análise do desempenho ambiental das empresas em suas instalações, materiais, emissões e no uso de recursos e energia. Também foram computados os modais de transporte e distribuição utilizados e o impacto ambiental de suas cadeias de fornecimento, entre outros.

Além disso, a Natura foi a primeira empresa da América Latina a contabilizar o impacto de seus negócios no meio ambiente e na sociedade. A empresa adotou a metodologia conhecida como Ganhos e Perdas Ambientais, ou EP&L, na sigla em inglês. O resultado desse estudo confirmou o impacto positivo das ações adotadas pela companhia, que inclui o programa de redução e compensação das emissões de gases de efeito estufa e o uso de ativos da biodiversidade amazônica em seus produtos.

2019-12-20T14:52:41-03:00outubro 18th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

Utilize as redes sociais a seu favor

Confira 5 dicas para incrementar seus contatos e obter retorno

Hoje é praticamente impossível ficar longe das mídias sociais, seja Facebook, Twitter ou mesmo o Instagram. Porém, além de ser uma forma divertida de manter contato com amigos e postar fotos bacanas, as redes sociais também podem ser uma excelente maneira de aumentar seus contatos de trabalho e garantir mais vendas.
Porém, isso depende da forma que você age e de como as pessoas lhe veem. Para garantir que tudo saia da melhor forma possível, separamos cinco dicas para você potencializar o uso das redes sociais a seu favor.

Explore o potencial das redes
Muita gente apenas posta fotos e espera as curtidas. O ideal é que você curta postagens de outras pessoas, comente, compartilhe, seja ativo. Porém, precisa tomar cuidado para não se expor em demasia. Assuntos delicados pedem o dobro de cuidado.

Saiba se apresentar
Escolha com cuidado a foto certa e o material que deseja postar. Muitos terão um primeiro contato com você e seu trabalho por meio da sua última postagem e pode ser que essa seja a imagem que ficará gravada. Esteja atento.

Seja constante
De nada adianta fazer 10 postagens em um dia e sumir durante os cinco dias seguintes. Esteja sempre presente e tenha paciência para construir uma base sólida de contatos, converse sempre com outras pessoas, compartilhe postagens.

Tenha zelo
Vai postar alguma foto ou imagem? Tome cuidado para que ela esteja com um mínimo de qualidade. Pode até editar, passar um filtro e deixa-la com um ar mais profissional, contanto, claro, que isso não altere o conteúdo. Mentir não vale, ok?

Rede social é pra ser sociável
Não quer conversar? Melhor nem entrar na rede. É preciso manter a cordialidade sempre, responder a todos, mesmo as dúvidas mais insignificantes. Dessa forma, sempre passará a melhor impressão aos outros. Evite responder ou seguir apenas aqueles que possam parecer mais interessantes em um primeiro momento. O ideal é dar a mesma atenção a todos.

Fora do escritório: aumente sua produtividade em casa

Confira 8 dicas para ter mais organização no home office

Ter a liberdade de fazer os próprios horários é um dos inúmeros benefícios de trabalhar por conta própria. Seja pela flexibilidade para resolver as demandas do dia a dia ou pela facilidade do home office em deixar tudo à mão, muitos se beneficiam das vantagens em atuar dentro da própria casa. Porém, é preciso atentar a alguns aspectos para não transformar as benesses em problema.

Sendo assim, separamos oito dicas para quem atua em home office aumentar ainda mais sua produtividade e manter a organização sem se perder, mantendo, assim, a felicidade de trabalhar por conta própria. Confira:

Mantenha um cronograma
Não é porque você pode escolher qualquer uma das 24 horas do dia para trabalhar que irá ignorar o óbvio: a maioria atua em horário comercial. Por isso, ainda que em alguns momentos seja possível ou necessário trabalhar a noite ou aos fins de semana, procure alinhar sua agenda com a de seus clientes. Estar disponível é imprescindível para o sucesso.

Tenha um espaço exclusivo para trabalhar
Escolha um ambiente confortável e tranquilo para realizar suas demandas. É importante que esse espaço seja somente para trabalhar e, dessa forma, possua todos os equipamentos e ferramentas que você necessite. Utilizar todos os cantos da casa facilita a desorganização.

Adote o calendário
Uma das formas de manter a organização atuando em home office é marcar as datas importantes em um calendário. Tenha sempre anotado as reuniões, as entregas e os recebimentos, entre outros, de forma que possa consultar de maneira fácil e rápida.

Comunique-se com os outros
Trabalhar em casa pode ser solitário, por isso mantenha contato com outras pessoas, mesmo pela internet. Criar oportunidades de contato com pessoas fora de casa também é importante. Principalmente para quem atua com vendas diretas, você deve evitar se isolar para manter os clientes e contatos sempre próximos.

Faça por último o que mais gosta
Não importa o quanto nos identificamos com nosso trabalho, sempre haverá as tarefas que gostamos mais e outras menos. Por isso, faça as que mais tem afinidade no meio ou final da tarde. Assim, terá ânimo suficiente para realizar todas as demandas da mesma maneira.

Faça intervalos
Ao ter o escritório dentro de casa, você está sempre disponível. Sendo assim, é muito fácil trabalhar sem parar, já que sempre haverá coisas a fazer. Evite ao máximo realizar longas jornadas sem nenhum intervalo. Descanse o máximo possível para estar sempre disposto.

Alimente-se bem
“Parar para almoçar? Não precisa, como um lanche só e está bom”. Errado! É preciso ter sempre comidas saudáveis ao alcance. Almoce normalmente, espere fazer a digestão e mantenha os melhores hábitos. É fácil também passar o dia petiscando. Quando for fazer pequenos lanches, procure atentar se eles também são saudáveis.

Limite sua procrastinação
Ser o próprio chefe também possui algumas desvantagens. Uma delas é poder fazer o que quiser. Ficar toda hora acessando redes sociais ou passeando pela internet pode atrapalhar sua produtividade. Estabeleça limites e se policie para cumpri-los. Só dessa forma você conseguirá manter intacta a programação que estabeleceu.

2019-12-20T14:53:31-03:00outubro 11th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |
Ir ao Topo