Início/2017

ABEVD anuncia nova executiva para a diretoria

Rossana Sadir chega com a visão estratégica de anos de vivência no mercado para conduzir e traçar novos planos para a Associação

171208_blog

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas nomeou – durante Assembleia Geral Extraordinária, ocorrida no último dia 30 de novembro, Rossana Sadir para o cargo de Segunda Vice-Presidente do Conselho Diretor da entidade.

Com mais de 13 anos de atuação no mercado, Rossana atuou como executiva de duas gigantes do setor de vendas diretas mundiais – Avon e Amway (ambas associadas à ABEVD) – para a América Latina. Ela, que recentemente assumiu também como Diretora Geral para a Amway do Brasil, terá como atribuição na Associação a gestão da entidade e condução das iniciativas estabelecidas em seu planejamento estratégico.

2019-12-20T14:51:44-03:00dezembro 8th, 2017|Categories: ABEVD News|

O futuro é nosso: Veja o que aconteceu no 15º Congresso Mundial da WFDSA

Em encontro realizado em Paris, executivos discutiram a importância do setor para a economia mundial e as perspectivas para o futuro

Entre os dias 1 a 3 de outubro, aconteceu em Paris o 15º Congresso Mundial da WFDSA – World Federation of Direct Selling Associations, que teve como tema “Own the Future” – O futuro é nosso, em tradução livre, em Paris.
Um programa de prestígio e a participação de palestrantes internacionais de alto nível permitiram que o evento atingisse seus objetivos principais: fortalecer o orgulho de pertencer às vendas diretas e de desempenhar um papel importante nas economias globais.

22228182_1444563072278826_1157432843610816639_n

Segundo a WFDSA, a venda direta é um canal de distribuição crescente e em constante mudança, atende as altas expectativas dos consumidores, fornecendo produtos e serviços de qualidade e consultoria personalizada fora de um estabelecimento comercial. Esta forma de marketing é o terceiro canal de distribuição ao lado das vendas em lojas e vendas à distância.

Com números surpreendentes, em 2016, as vendas diretas totalizaram 183 bilhões de dólares de negócios no mundo, com mais de 107 milhões de pessoas envolvidas.

O 15º Congresso Mundial teve como foco as oportunidades e desafios à frente da venda direta para os próximos anos e permitiu que os participantes trocassem opiniões e melhores práticas sobre como novas tecnologias, novos modelos de negócios e novas habilidades gerenciais afetarão as empresas do setor.

22195607_1444563002278833_5458540114382131818_n
Dentro da programação do evento, foi realizada a eleição e posse do novo Chairman da WFDSA – Sr. Magnus Brännström (CEO da empresa Oriflame), que assume a posição deixada por Doug Devos – CEO da empresa Amway.

22228097_1444563075612159_890008960729590265_n
O mandato de Magnus terá duração até o ano de 2020 e as diretrizes que nortearão sua gestão nos próximos 3 anos são:

  • Fortalecer o orgulho de pertencer às vendas diretas: O setor nunca esteve tão moderno como agora. As empresas estão investindo em alta tecnologia e modernização, além de estarem inovando com o uso das redes sociais como ferramenta a favor do setor – encurtando distâncias e treinando suas equipes;
  • Economia compartilhada: Paradigmas de massa serão trocados, tais como modo e estilo de vida, trabalho, bancarização e modo de consumir. O setor está se preparando para a economia compartilhada.

O futuro da venda direta é muito brilhante e otimista! Para 2018, a WFDSA focará em:

  • Fortalecer a imagem da Venda Direta no mundo;
  • Promover a ética junto as empresas filiadas das Associações do mundo inteiro incluindo distribuidores e consumidores;
  • Melhorar processos e estruturas da WFDSA e das Associações;
  • Fortalecer a integração e o alinhamento das empresas de Vendas Diretas;
  • Comunicar de maneira simples, transparente e moderna;
  • Reforçar a ética.

A presidente executiva, Valéria Rossi, a diretora executiva, Roberta Kuruzu, e a diretora de assuntos institucionais, Adriana Angelozzi, representaram a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas durante o Congresso Mundial.

22221989_1444563502278783_8005523519446353632_n
Com isso, reforçaram a importância da filiação às associações nacionais como a ABEVD e a WFDSA, uma vez que traz credibilidade, branding, apoio institucional para um ambiente empresarial mais sólido, além de uma voz neutra e unificada do setor. E, não menos importante, oferece uma rede de alto nível para compartilhamento de conhecimento.

2019-12-20T14:51:12-03:00outubro 30th, 2017|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Vendas Diretas movimentam R$ 20,9 bilhões no 1º semestre de 2017

Setor mantém-se como meio importante para geração ou complementação de renda, respondendo por 40% do orçamento de famílias nos quatro cantos do Brasil.

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) fez o levantamento sobre a performance do setor durante o primeiro semestre de 2017. De acordo com a entidade, o segmento movimentou R$ 20,9 bilhões no período, volume de negócios 2,73% menor que o registrado nos primeiros seis meses de 2016, quando foram registrados R$ 21,5 bilhões.

Segundo a associação, o número de revendedores também teve uma leve retração, quando comparados os semestres: totalizavam 4,27 milhões e, agora 4,19 milhões, um recuo de 1,8%.

Ainda que o cenário macroeconômico do Brasil tenha se mantido instável, devido ao ambiente de recessão, com queda em diversos índices no período, como produção industrial (-5,9% segundo a Confederação Nacional da Indústria, CNI) e atividade comercial (-1,5%, segundo a Serasa Experian), além do aumento do desemprego (taxa de 13% em junho, segundo o IBGE), o setor de Vendas Diretas continua tendo relevância e importância para a economia brasileira, já que seu volume de negócios corresponde a cerca de 8% do PIB da indústria da transformação.

A diretora presidente da ABEVD, Ana Beatriz Macedo da Costa, conta que, apesar de o setor de Vendas Diretas ter sentido o efeito da economia no 1º semestre de 2017, o Dia das Mães – que é a segunda principal data do comércio tradicional – teve importante papel na performance do segmento no período. “A data impulsionou os negócios não só no mês de maio, mas também em abril de 2017”, revela. Ela lembra que o setor contribui para geração ou complementação de renda de muitos brasileiros: “As Vendas Diretas são um canal importante para a manutenção da saúde financeira de muitas famílias Brasil afora, pois contribuem em 40% no orçamento familiar”.

Valeria Rossi, presidente executiva da ABEVD, complementa: “As empresas associadas à ABEVD têm reiterado o compromisso de oferecer condições para que os revendedores se desenvolvam na atividade, seja com treinamentos sobre os produtos, seja com cursos para gerir os seus negócios, o que só reforça o caráter empreendedor deles. Num cenário de recessão, iniciativas assim contribuem significativamente e ainda mais para o profissionalismo da atividade, o que, em última instância, é também um serviço de cunho social”.

2019-12-20T11:03:00-03:00setembro 25th, 2017|Categories: ABEVD News|Tags: , , , |

Crescimento em novos segmentos na venda direta

Dados da ABEVD mostram que existem outros segmentos, como o de vestuário e acessórios, que têm conquistado cada vez mais representatividade no setor

Somente no 1º semestre de 2017 o setor de vendas diretas movimentou R$ 20,9 bilhões em todo o país. A representatividade e os bons resultados do modelo de negócio têm chamado a atenção de empresas de segmentos não tradicionais neste sistema.

Dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) mostram que, embora a categoria de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal ainda lidere em termos de volume de negócios (ele representa 40,4% do mercado), existem outros segmentos que têm conquistado cada vez mais representatividade como: vestuário (11,8%), acessórios (10,3%), alimentos (6,6%), cuidados da casa (6,1%), utilidades domésticas (4,6%), livros, brinquedos, CD, DVD, software, games (4,1%), telefonia, internet, TV por assinatura (3,3%), serviços de reforma da casa (3,3%), produtos financeiros (2,7%), vinhos, comida congelada (2,3%) e outros (4,4%).

A presidente executiva da ABEVD, Valéria Rossi, acredita que esta é uma tendência que deve fortalecer o mercado. “Empresas de diversas categorias têm expandido a forma de atuação, aderindo ao conceito de multicanalidade, cuja proposta é oferecer diversos canais de venda ao cliente, como e-commerce, varejo e a venda direta que, entre os canais, é o que mais fideliza marcas e cria relacionamento com o consumidor final”, afirma.

2019-12-20T11:04:16-03:00setembro 19th, 2017|Categories: ABEVD News|Tags: , , , |

Fique por dentro do 15º Congresso Mundial da WFDSA

Encontro discutirá os desafios e as oportunidades das vendas diretas para os próximos anos e viabilizará a troca de informações entre os participantes.

O XV WFDSA World Congress, um dos principais eventos da Federação Mundial das Associações de Vendas Diretas (WFDSA – World Federation of Direct Selling Associations), acontecerá em 1, 2 e 3 de outubro de 2017, em Paris. Neste ano, serão discutidos os desafios e as oportunidades do mercado de vendas diretas até o ano de 2025.

Além disso, o congresso contará com representantes de associações de vendas diretas, executivos de empresas associadas, membros do governo, acadêmicos e imprensa de todo o mundo.

O principal objetivo do encontro é proporcionar aos participantes uma experiência de compartilhamento de visões e experiências sobre as melhores práticas nas vendas diretas. Ressaltar a importância de agregar novas tecnologias aos processos tradicionais também estará em pauta no evento, que se propõe a desenvolver as habilidades de gestão e impactar positivamente os negócios do setor.

2019-12-20T11:03:38-03:00setembro 10th, 2017|Categories: ABEVD News|Tags: , , , |

Marketing de Rede: conheça melhor essa forma de empreender

O Marketing de Rede, ou Multinível, é um modelo de negócio dentro da venda direta. Os brasileiros já estão aderindo a ele, mas, antes de empreender, é preciso informação para evitar fraudes e esquemas de pirâmides.

Para falar sobre o assunto, Roberta Kuruzu, Diretora Executiva da ABEVD, esteve no Canal Futura, no Rio de Janeiro, para participar de um programa especial sobre “Oportunidades nas vendas diretas no modelo marketing multinível”. Confira, abaixo, no programa na íntegra:

No encontro, a executiva teve a oportunidade de prestar esclarecimentos e informações sobre empreendedorismo e de apresentar as importantes diferenças entre os crimes piramidais. Também participaram do programa Lillyana Santoro, profissional do Marketing de Rede – que compartilhou suas experiências no mercado e aprendizados da profissão e o professor da FCV EBAPE, Alexandre Faria, que contribuiu para os esclarecimentos sobre o modelo de negócio.

2019-12-20T11:03:51-03:00agosto 25th, 2017|Categories: ABEVD News|Tags: , , , |

Dica de leitura: 161 Dicas de Sucesso no Marketing Multinível

Especialista dá dicas valiosas para quem deseja empreender no setor

No livro 161 Dicas de Sucesso no Marketing Multinível, o autor Edmundo Roveri, especialista em vendas diretas, com ênfase em marketing multinível, dá dicas valiosas para todos aqueles que desejam empreender no setor, ampliar a sua atuação como revendedor e ter sucesso nas vendas.

livro

Roveri enumera diversos temas que envolvem as Vendas Diretas no decorrer da obra e compartilha com os leitores cinco segredos sobre o setor. São eles:

  1. Não venda qualquer coisa: Acredite no produto com que você trabalha. Não venda algo que não vai auxiliar as pessoas a satisfazer suas necessidades. Ao acreditar no produto que oferece, você fortalecerá o seu sistema de crenças e evitará que sua mente o boicote;
  2. Faça um estoque de pessoas: Um negócio sem estoque e sem produtos para vender não tem como seguir em frente. Nas vendas diretas, o seu estoque principal deve ser de contatos de pessoas. Amplie permanentemente a sua lista de convidados;
  3. Seja persistente: Teimosa é a pessoa que tem um objetivo e insiste em alcançá-lo de uma forma específica e não muda o jeito de fazer as coisas. O persistente tem seu objetivo e adapta a estratégia e as ações até realizá-lo;
  4. Ensine a pescar, mas não pesque pelos outros: No início, dê as coordenadas e esteja junto para fazer a lista de convidados e os primeiros contatos, sempre ensinando como fazer para ter êxito nesse negócio. Ensine o seu patrocinado a encontrar as respostas sem depender de você;
  5. Comunique-se com eficiência: Seja criativo e ativo na comunicação. Envie e-mails, cartas, newsletters, crie eventos, promova jantares e reuniões, etc. Tudo o que você fizer para manter as pessoas ligadas ajudará com o crescimento dos negócios e os relacionamentos.
2019-12-20T14:51:12-03:00agosto 14th, 2017|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , |

Venda direta de produtos de beleza é mais forte no Brasil

Trabalho feito por revendedores representa 26% do total de vendas e tem ajudado o setor a se reinventar em momentos de crise

Pesquisas do BCG e do Euromonitor mostram que 26% das vendas do setor de beleza são feitas por revendedores diretos no Brasil. A modalidade é duas vezes mais representativa que em países como China e Estados Unidos, onde o varejo virtual tem um peso maior. Esses dados apontam a força do setor e justificam a mudança de postura das grandes empresas brasileiras do setor de beleza.

cosmeticos

Para driblar o aumento da concorrência, diminuir os impactos da crise econômica do país e atender às necessidades do consumidor, as gigantes do mercado de beleza têm investido intensamente nos últimos anos na diversificação de seus canais de vendas.

A multicanalidade, segundo os especialistas, é uma tendência natural em momentos em que o mercado está mais concorrido e o consumidor exige a presença das marcas em canais diversos para suprir as suas necessidades.

Exemplo disso, a Contém 1g recentemente adotou a venda direta multinível como forma de acelerar o crescimento e contornar a crise causada pela retração das vendas e pela diminuição no número de investimentos no formato de franquias. “O momento pedia outro canal de venda, no sentido de agregar faturamento, e até para ajudar a ultrapassar o momento de recessão no varejo”, afirmou a gerente de expansão da rede, Joelma Francisco da Silva, em entrevista ao Jornal do Commércio de Manaus.

Hoje, a empresa, que iniciou operações no modelo de venda direta no segundo semestre de 2016, já conta com mais de 12 mil revendedores e o canal já representa cerca de 50% do faturamento total da Contém 1g. Com bons resultados no setor, a empresa espera chegar, até o final deste ano, aos 100 mil revendedores diretos e fortalecer ainda mais a sua marca no mercado de beleza brasileiro.

Fonte: Folha de S.Paulo e Jornal do Commércio de Manaus

2019-12-20T14:51:13-03:00agosto 3rd, 2017|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

ABEVD anuncia nova presidente executiva

Com o objetivo de alavancar atividades e fomentar o mercado de vendas diretas no país, Associação nomeou Valéria Rossi para o cargo

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas tem novo membro em seu corpo diretivo. Valéria Rossi assumiu o cargo de Presidente Executiva da ABEVD, no dia 27 de julho.

portal

Com foco na implementação do plano executivo da Associação, que inclui impulsionar a sua imagem no mercado e promover a capacitação da força de vendas, com foco no relacionamento e empreendedorismo, a nova executiva chega para contribuir ainda mais na geração de valor para suas associadas.

Valéria Rossi tem experiência de mais 20 anos no mercado de vendas diretas, com forte atuação nas áreas de Marketing, Vendas, Gestão e Planejamento Estratégico de renomadas empresas como Avon e Jafra. Durante sua trajetória, a executiva foi responsável pelo relançamento da empresa Jafra no Brasil e participou de um projeto especial voltado para empreendedores e profissionais de beleza para a Avon. Também atuou junto a empresas do varejo nacional e internacional, tais como Ikesaki Cosméticos e Puigi Fragrance Barcelona.

2019-12-20T11:04:28-03:00julho 31st, 2017|Categories: ABEVD News|

Empresa de marketing multinível alcança 1,5 milhão de consultores

Fundada em 2007, a marca UP! Essência é a primeira empresa de Marketing Multinível do Brasil a conquistar uma década de existência. O conceito do nome surgiu a partir de uma ideia de seus fundadores, que decidiram explorar a expressão “dar um up”, que simboliza melhoria, crescimento, evolução.

O modelo de negócios foi escolhido com base nos produtos que a marca possui e o mercado em que eles atuam. As linhas são de perfumaria, cuidados com a pele, suplementos alimentares e nutracêuticos, cuidados com os cabelos, higiene bucal, entre outras.

O objetivo da marca é de promover capacitação, crescimento e evolução pessoal no plano de carreira, que é um dos diferenciais da rede, contando com o método de bonificações que vão de carros à cruzeiros.

Com o conceito do Marketing Multinível, aplicado na realidade do Brasil, a empresa exporta seus produtos também para Peru e Colômbia e possui mais de 1,7 milhão de consultores cadastrados nos três países. Por meio de vendas de cosméticos de grande qualidade, fácil aceitação e alta rotatividade, a UP! oferece às pessoas uma renda extra, qualidade de vida e segurança financeira.

Para fortalecer e manter o crescimento da rede, a UP! Essência também conta com a Universidade UP!, um ambiente online de educação corporativa oferecido para os consultores, que integra cursos rápidos, treinamentos modulares e troca de experiências por meio de um portal, sem deixar de lado a interação e a integração humana.

2019-12-20T12:41:30-03:00julho 27th, 2017|Categories: ABEVD Clipping|
Ir ao Topo