ABEVD publica comunicado oficial sobre transação de criptomoedas pelo sistema de marketing multinível

POSICIONAMENTO ABEVD

Em relação às empresas que transacionam criptomoedas pelo sistema de marketing multinível, que vem sendo divulgadas pela imprensa nos últimos dias, a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) esclarece que:

Tais empresas vêm se intitulando como parte do mercado de vendas diretas e marketing multinível, no entanto, é importante enfatizar que a ABEVD, entidade que oficialmente representa o setor, não as reconhece como parte do mercado de vendas diretas.

A Associação adota rigorosos critérios éticos para que a atividade de vendas diretas se auto regulamente e mantenha o mais alto nível de conduta para garantir as relações entre empresas, empreendedores diretos e consumidores. Faz parte de nosso Código de Ética e boas práticas do setor não oferecer oportunidades de ganhos rápidos e irreais que iludam a força de vendas. Assim como outras atividades, os ganhos são proporcionais à dedicação, trabalho e tempo dedicado à atividade.

O canal da venda direta corresponde a quase 4% do varejo, gera 4 milhões de oportunidades de trabalho formal, independência, mais renda e autoestima para toda a população. É esse o modelo que apoiamos, e continuaremos a incentivar por meio das empresas que compõem nosso quadro de associadas.

Recomendamos atenção aos riscos que cada modelo de negócios pode trazer às pessoas e sua segurança financeira, e ficamos à disposição para esclarecer eventuais dúvidas.

A entidade fica à disposição para esclarecer eventuais dúvidas.

Se quiser saber mais sobre a ABEVD e o mercado de vendas diretas, entre em nosso site e nos acompanhe nas mídias sociais.

Fonte: ABEVD

2019-12-20T14:47:34-03:00julho 25th, 2019|Categories: Notícias|

Natura Lumina, nova linha de tratamento para cabelo da Natura, questiona padrões em campanha de lançamento

Criada pela DPZ&T, campanha inclui ação com influenciadoras com objetivo de desconstruir a ideia de perfeição passada pelas propagandas tradicionais da categoria


São Paulo, 24 de julho de 2019 –
Natura Lumina, a mais nova linha de tratamentos para cabelos da Natura, chega ao mercado questionando os padrões e promessas inatingíveis. Com a exclusiva e inovadora Biotecnologia Pró-teia, inspirada na inteligência da natureza e na beleza da ciência, Natura Lumina usou a biomimética para desenvolver um tratamento capilar de precisão, com produtos que preenchem os fios de dentro para fora, na exata medida de cada dano – nem mais, nem menos. Com sistemas de tratamento específicos para os diversos tipos e necessidades de cabelos, a marca reconhece em toda mulher e em cada cabelo a potência de uma beleza única e real.

Partindo da verdade como tema central, a campanha desenvolvida pela agência DPZ&T busca desconstruir o ideal de perfeição e as excessivas promessas tão presentes nas propagandas da categoria, comunicando os benefícios que os produtos têm na prática. Com a hashtag #TragoVerdades, Natura Lumina chama atenção para os truques das propagandas de cabelos e mostra, com transparência, aquilo que faz e aquilo que não faz, sem gerar expectativas irreais.

“Natura Lumina é uma inovação tecnológica e um jeito original de conversar com o público nesse mercado. Queremos mostrar na prática que é possível sim ter um cabelo saudável, bonito, sem truques, sem promessas e padrões inalcançáveis e com verdade, mostrando a potência da beleza em toda mulher e em cada cabelo. Estamos comunicando exatamente o que nossos produtos cumprem, a verdade em cosmética capilar. Não existe milagre na vida nem mesmo para os cabelos. É alta performance em sistema de tratamento, com tecnologia avançada e resultados comprovados”, afirma Fernanda Rol, diretora da unidade de cosmética da Natura.

Para promover o portfólio de Natura Lumina, a campanha teve início com uma ação com as influenciadoras Monica Benini, Tata Estaniecki, Mandy Candy, Dandara Mariana, Maju Silva, Ana Clara e Juliana Alves. No início da semana, elas apareceram em seus perfis do Instagram com “cabelos perfeitos”. Sem comentar nada, elas produziram normalmente seus conteúdos e despertaram a curiosidade nos seguidores.

A verdade foi revelada somente no fim do dia. Em tempo para a estreia de um filme de 30″ nos canais oficiais da Natura, que brinca com os padrões estabelecidos de beleza e as promessas de como conseguir um cabelo mil vezes mais brilhante que, na verdade, não passam de blábláblá. Com produção da Paranoid e direção de Paulo Vainer, o filme estará na TV em agosto. Assista aqui.

Além disso, a campanha segue com essa conversa nas redes sociais e no site da Natura, com informações, curiosidades e dicas sobre tratamento e o conceito da marca. O plano segue com novas ações com influenciadoras usando a hashtag #TragoVerdades e um quadro chamado “É Verdade, Eu Estava Lá”, no Superbonita, da GNT. Com apresentação da atriz Camila Pitanga, mulheres reais contam suas histórias em diferentes episódios e o programa ajuda cada uma delas a resolverem questões pontuais em seus rituais de cuidados diários com seus cabelos.

A agência DPZ&T foi uma das parceiras da Natura no processo de desenvolvimento da nova marca, que contou também com a Inobi, que contribuiu para cocriar o posicionamento, conceito e linguagem de Lumina. O design das embalagens foi feito pela Questtonó e Inobi.

“Durante o processo de criação de Lumina, buscamos fazer a conexão de natureza, tecnologia, verdade e beleza, atributos essenciais da marca que têm profunda coerência com a Natura. Poucas empresas têm coragem para questionar os padrões estéticos por vezes ilusórios estabelecidos pelo mercado, além de expertise para oferecer soluções de tratamento de cabelos
com resultados reais”, afirma Filomena Padron, diretora criativa da Inobi.

“É uma marca corajosa que pedia uma linguagem direta e sincera, que rompesse com o blábláblá da categoria. Acho muito bem-vinda uma marca que fale e mostre a verdade, num mundo que começa a ficar exausto de tanta pose. Nenhuma vida é tão perfeita como aparece no Instagram, nenhum cabelo é tão perfeito como vemos nas propagandas clássicas de shampoos. Nesse contexto, a verdade é um alívio”, comenta Denise Gallo, diretora de criação da DPZ&T.

Sobre Natura Lumina

Natura Lumina é a nova marca de tratamento para cabelos da Natura. 100% vegana, com opção de refil e embalagens de plástico verde, totalmente recicláveis, a marca conta, até agora, com linhas para Cabelos Secos, Cabelos Quimicamente Danificas, Cabelos Cacheados, Cabelos Crespos e Lisos Naturais, totalizando 28 produtos entre shampoos, condicionadores, máscaras e tratamentos finalizadores. Com a exclusiva Biotecnologia Pró-teia, que mimetiza a proteína encontrada na teia, os produtos da linha atuam em nível profundo, preenchendo o fio de cabelo de forma inteligente de dentro para fora, reparando cada dano do fio na medida exata. O resultado são cabelos regenerados e saudáveis desde a primeira aplicação.

FICHA TÉCNICA

Data de produção: julho e agosto/2019

Cliente: Natura Cosméticos S.A.

Produto: Lumina

Título: Blá blá blá

Agência: DPZ&T

Direção Geral de Criação: Rafael Urenha

Direção de Criação Executiva: Rafael Ziggy

Direção de Criação: Denise Gallo, Daniel Motta

Criação: Denise Gallo, Daniel Motta, Alexandre Moura, Giovana Madalosso e Rebeca Avila
Atendimento: Fernanda Recupero, Karen Bartels, Jaqueline Ramalho e Guilherme Lopes
Aprovação Cliente: João Paulo Ferreira, Andrea Alvares, Fernanda Rol, Gabriela Delia, Julia Ceschin, Nathalia Salgado, Bruna Coletti, Lívia Mouco, Ana Carolina Soutello, Renato Winnig, Leonardo Vendrame, Leticia Carvalho e Karina Guimarães
Projetos: Marcos Yamamura, Patricia Sanches e Juliana Ambold
Planejamento: Fernando Diniz, Carina Migliacio, Marilia Duran, Renata Nappi, Krizia Gatica e Mansur Atique
Mídia: Paulo Ilha, Sofia Raucci, Felipe Lopes, Mariana Marizze, Gabriela Olsen, Caique Tossi, Anna Moreira e Julia Santana
BI: Marcelo Azevedo, Maria Troiano
RTVC: Ducha Lopes, Pity Lieutaud, Sthefany Nascimento, Ana Ananias
Produtora de áudio: LOUD
Produtor musical: Equipe LOUD
Criação Musical: Equipe LOUD
Produção Executiva: Maia Feres
Atendimento: Karina Amabile
Coordenação: Equipe LOUD
Produtora de Imagem: Paranoid Brasil
Produção Executiva: Gabi Hahn
Atendimento Produtora: Karina Vallesi
Fotografia Filme: Paulo Veiner
Montador: Marcelo Fubah
Finalização: André Carvalho e Marília Ramos.
Pós-Produção: Clan FVX
Figurinista: Katia Gimenez
Direção de Cena: Paulo Vainer


Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, com faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2018. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, pelo Rede Natura, por meio do app, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”. Para mais informações, visite www.natura.com.br ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Natura

2019-12-20T12:12:19-03:00julho 24th, 2019|Categories: ABEVD Clipping|

Tupperware Brands abre inscrições de mentoria de negócios

Fundado pela Tupperware Brands, em parceria com Rollins College e com o apoio do Escritório de Assuntos Globais da Mulher, da Secretaria de Estados dos EUA, o Programa Global Links (programa de treinamento focado em mulheres empreendedoras) entra em sua segunda fase com a seleção de 30 microempresárias sediadas na cidade de São Paulo para receberem mentoria em gestão de negócios. Os encontros serão realizados entre setembro de 2019 e março de 2020, sob a coordenação da Dra. Denise Delboni, primeira professora da América Latina a ser selecionada para o programa, em 2018.

Nesta fase do programa, estudantes de graduação em Administração de Empresas de diversas faculdades que se inscreverem serão preparados para atuarem como mentores voluntários para essas 30 pequenas empreendedoras, ajudando-as a gerenciar melhor suas empresas. Os acadêmicos irão observar e mapear os principais desafios das respectivas empresárias e propor soluções para o controle de qualidade, cadeia de suprimentos, finanças, suporte de TI, Marketing, entre outros. Pretende-se, ainda, que as empreendedoras sejam beneficiadas, a partir do trabalho em conjunto com os estudantes, pelo aprendizado de questões voltadas à conscientização social e ambiental, passando a atuar com maior autoconfiança e envolvimento com a comunidade local.

Para cada empreendedora selecionada será atribuído um estudante, escolhido pela professora Delboni, a partir de critérios como: afinidade com o tipo de negócio, proximidade da sede da empresa, histórico e interesse daqueles que atuarão como mentores voluntários.

O PAPEL DAS EMPREENDEDORAS SELECIONADAS

Espera-se que as 30 microempreendedoras selecionadas para o Programa cooperem com os estudantes, fornecendo informações sobre seus negócios, garantindo que a experiência e os resultados possam ser os melhores possíveis para ambos os lados. Para isso, tanto os estudantes quanto assistentes do programa deverão ter acesso às empresas durante as visitas de campo. Essas visitas vão acontecer quinzenalmente, com no mínimo 10 encontros presenciais, sempre com datas previamente agendadas.

REQUISITOS PARA A ESCOLHA DAS EMPREENDEDORAS

Para ser uma das 30 selecionadas para a segunda fase do Programa, a microempresária deve:

– Ter sua empresa formalmente registrada (no caso de sociedade, as cotas pertencentes à mulher devem ser maiores);

– Ter interesse e disponibilidade para ser orientada por um estudante entre setembro de 2019 e março de 2020;

– Permitir visitas à empresa (o local tem que oferecer condições de segurança para o estudante nas visitas a serem realizadas);

– Estar disponível para participar de eventuais sessões de treinamento e apresentações no período indicado;

– Empregar, no máximo, 6 funcionários e estar localizada no raio de até 20km do centro de São Paulo;

– Ter pouca ou nenhuma educação em negócios (preferencialmente);

– Ter rendimentos mensais inferiores a 5 salários mínimos e com a empresa em seus primeiros anos de funcionamento.

COMO SE INSCREVER

Para participar da seleção, basta inscrever-se até 26 de julho por meio do link: http://globallinksus.com/entrepreneur-application/.

A DRA. DENISE DELBONI

Professora de Direito do Trabalho, Compliance e Relações do Trabalho e Emprego da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Dra. Delboni coordenou o programa 10.000 Mulheres, em parceria com a Fundação Goldman Sachs, para qualificar mulheres empreendedoras no Brasil.

Em 2018, Dra. Delboni foi a primeira brasileira selecionada para participar do Programa, embarcando para os Estados Unidos para estudar Empreendedorismo Social no Rollins College, em Orlando, por seis meses.

Global Links promove intercâmbio de 1 ano para que professoras universitárias apoiem e auxiliem na capacitação do empreendedorismo feminino em seus países de origem. Em 2018, o projeto foi lançado no Brasil, com o intuito de promover o empreendedorismo social e lideranças locais. O programa de 2019 sucede três edições de sucesso com participantes do Iraque e da Índia, abordando barreiras sociais e educacionais para a entrada no mercado de trabalho e empoderamento econômico.

Sobre a Tupperware®

Presente há 43 anos no Brasil, a Tupperware Brands, líder global em produtos inovadores, atua na venda direta em 86 países, e conta com cerca de 3,2 milhões de consultores no mundo. O sucesso da marca Tupperware® está ligado ao design e à altíssima qualidade do seu extenso portfólio de produtos, além de às demonstrações presenciais, por meio de consultoras engajadas e muito orgulhosas de representar a marca e seus produtos, e à excelente oportunidade de ganhos e crescimento profissional.

Todos os produtos estão disponíveis em https://www.tupperware.com.br/catalogo/vitrine-tupperware). Para encontrar um consultor próximo, conhecer e adquirir os produtos da Tupperware Brands, basta acessar a plataforma Connect por meio do link https://www.tupperware.com.br/connect e digitar o seu CEP. A ferramenta disponibiliza um mapa com a localização de todos os consultores próximos ao CEP informado. Além disso, disponibiliza contatos dos consultores – WhatsApp, Instagram, Facebook, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Tupperware

2019-12-20T14:47:19-03:00julho 24th, 2019|Categories: Notícias|

Natura Lumina, nova linha de tratamento para cabelo da Natura, questiona padrões em campanha de lançamento

Criada pela DPZ&T, campanha inclui ação com influenciadoras com objetivo de desconstruir a ideia de perfeição passada pelas propagandas tradicionais da categoria


São Paulo, 24 de julho de 2019 –
Natura Lumina, a mais nova linha de tratamentos para cabelos da Natura, chega ao mercado questionando os padrões e promessas inatingíveis. Com a exclusiva e inovadora Biotecnologia Pró-teia, inspirada na inteligência da natureza e na beleza da ciência, Natura Lumina usou a biomimética para desenvolver um tratamento capilar de precisão, com produtos que preenchem os fios de dentro para fora, na exata medida de cada dano – nem mais, nem menos. Com sistemas de tratamento específicos para os diversos tipos e necessidades de cabelos, a marca reconhece em toda mulher e em cada cabelo a potência de uma beleza única e real.

Partindo da verdade como tema central, a campanha desenvolvida pela agência DPZ&T busca desconstruir o ideal de perfeição e as excessivas promessas tão presentes nas propagandas da categoria, comunicando os benefícios que os produtos têm na prática. Com a hashtag #TragoVerdades, Natura Lumina chama atenção para os truques das propagandas de cabelos e mostra, com transparência, aquilo que faz e aquilo que não faz, sem gerar expectativas irreais.

“Natura Lumina é uma inovação tecnológica e um jeito original de conversar com o público nesse mercado. Queremos mostrar na prática que é possível sim ter um cabelo saudável, bonito, sem truques, sem promessas e padrões inalcançáveis e com verdade, mostrando a potência da beleza em toda mulher e em cada cabelo. Estamos comunicando exatamente o que nossos produtos cumprem, a verdade em cosmética capilar. Não existe milagre na vida nem mesmo para os cabelos. É alta performance em sistema de tratamento, com tecnologia avançada e resultados comprovados”, afirma Fernanda Rol, diretora da unidade de cosmética da Natura.

Para promover o portfólio de Natura Lumina, a campanha teve início com uma ação com as influenciadoras Monica Benini, Tata Estaniecki, Mandy Candy, Dandara Mariana, Maju Silva, Ana Clara e Juliana Alves. No início da semana, elas apareceram em seus perfis do Instagram com “cabelos perfeitos”. Sem comentar nada, elas produziram normalmente seus conteúdos e despertaram a curiosidade nos seguidores.

A verdade foi revelada somente no fim do dia. Em tempo para a estreia de um filme de 30″ nos canais oficiais da Natura, que brinca com os padrões estabelecidos de beleza e as promessas de como conseguir um cabelo mil vezes mais brilhante que, na verdade, não passam de blábláblá. Com produção da Paranoid e direção de Paulo Vainer, o filme estará na TV em agosto. Assista aqui.

Além disso, a campanha segue com essa conversa nas redes sociais e no site da Natura, com informações, curiosidades e dicas sobre tratamento e o conceito da marca. O plano segue com novas ações com influenciadoras usando a hashtag #TragoVerdades e um quadro chamado “É Verdade, Eu Estava Lá”, no Superbonita, da GNT. Com apresentação da atriz Camila Pitanga, mulheres reais contam suas histórias em diferentes episódios e o programa ajuda cada uma delas a resolverem questões pontuais em seus rituais de cuidados diários com seus cabelos.

A agência DPZ&T foi uma das parceiras da Natura no processo de desenvolvimento da nova marca, que contou também com a Inobi, que contribuiu para cocriar o posicionamento, conceito e linguagem de Lumina. O design das embalagens foi feito pela Questtonó e Inobi.

“Durante o processo de criação de Lumina, buscamos fazer a conexão de natureza, tecnologia, verdade e beleza, atributos essenciais da marca que têm profunda coerência com a Natura. Poucas empresas têm coragem para questionar os padrões estéticos por vezes ilusórios estabelecidos pelo mercado, além de expertise para oferecer soluções de tratamento de cabelos
com resultados reais”, afirma Filomena Padron, diretora criativa da Inobi.

“É uma marca corajosa que pedia uma linguagem direta e sincera, que rompesse com o blábláblá da categoria. Acho muito bem-vinda uma marca que fale e mostre a verdade, num mundo que começa a ficar exausto de tanta pose. Nenhuma vida é tão perfeita como aparece no Instagram, nenhum cabelo é tão perfeito como vemos nas propagandas clássicas de shampoos. Nesse contexto, a verdade é um alívio”, comenta Denise Gallo, diretora de criação da DPZ&T.

Sobre Natura Lumina

Natura Lumina é a nova marca de tratamento para cabelos da Natura. 100% vegana, com opção de refil e embalagens de plástico verde, totalmente recicláveis, a marca conta, até agora, com linhas para Cabelos Secos, Cabelos Quimicamente Danificas, Cabelos Cacheados, Cabelos Crespos e Lisos Naturais, totalizando 28 produtos entre shampoos, condicionadores, máscaras e tratamentos finalizadores. Com a exclusiva Biotecnologia Pró-teia, que mimetiza a proteína encontrada na teia, os produtos da linha atuam em nível profundo, preenchendo o fio de cabelo de forma inteligente de dentro para fora, reparando cada dano do fio na medida exata. O resultado são cabelos regenerados e saudáveis desde a primeira aplicação.

FICHA TÉCNICA

Data de produção: julho e agosto/2019

Cliente: Natura Cosméticos S.A.

Produto: Lumina

Título: Blá blá blá

Agência: DPZ&T

Direção Geral de Criação: Rafael Urenha

Direção de Criação Executiva: Rafael Ziggy

Direção de Criação: Denise Gallo, Daniel Motta

Criação: Denise Gallo, Daniel Motta, Alexandre Moura, Giovana Madalosso e Rebeca Avila
Atendimento: Fernanda Recupero, Karen Bartels, Jaqueline Ramalho e Guilherme Lopes
Aprovação Cliente: João Paulo Ferreira, Andrea Alvares, Fernanda Rol, Gabriela Delia, Julia Ceschin, Nathalia Salgado, Bruna Coletti, Lívia Mouco, Ana Carolina Soutello, Renato Winnig, Leonardo Vendrame, Leticia Carvalho e Karina Guimarães
Projetos: Marcos Yamamura, Patricia Sanches e Juliana Ambold
Planejamento: Fernando Diniz, Carina Migliacio, Marilia Duran, Renata Nappi, Krizia Gatica e Mansur Atique
Mídia: Paulo Ilha, Sofia Raucci, Felipe Lopes, Mariana Marizze, Gabriela Olsen, Caique Tossi, Anna Moreira e Julia Santana
BI: Marcelo Azevedo, Maria Troiano
RTVC: Ducha Lopes, Pity Lieutaud, Sthefany Nascimento, Ana Ananias
Produtora de áudio: LOUD
Produtor musical: Equipe LOUD
Criação Musical: Equipe LOUD
Produção Executiva: Maia Feres
Atendimento: Karina Amabile
Coordenação: Equipe LOUD
Produtora de Imagem: Paranoid Brasil
Produção Executiva: Gabi Hahn
Atendimento Produtora: Karina Vallesi
Fotografia Filme: Paulo Veiner
Montador: Marcelo Fubah
Finalização: André Carvalho e Marília Ramos.
Pós-Produção: Clan FVX
Figurinista: Katia Gimenez
Direção de Cena: Paulo Vainer


Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, com faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2018. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, pelo Rede Natura, por meio do app, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”. Para mais informações, visite www.natura.com.br ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Natura

2019-07-24T13:48:13-03:00julho 24th, 2019|Categories: Newsletter|

Natura completa duas décadas de relação com a sociobiodiversidade amazônica

No Dia de Proteção às Florestas, empresa relembra iniciativas ao longo de 20 anos de atuação na região

A Natura foi pioneira na indústria cosmética a investir no desenvolvimento que valoriza a biodiversidade nacional e a sustentabilidade das comunidades da Amazônia. Em 1999, um ano antes de lançar a linha Natura Ekos, a empresa passou a adquirir ingredientes de comunidades, sobretudo na região amazônica, e estabeleceu os primeiros vínculos por meio de oportunidades de negócios socialmente justos, ambientalmente corretos e economicamente viáveis. Foram os primeiros passos para estruturar um modelo sustentável que fomenta uma economia baseada na floresta em pé.

Vinte anos depois, já são mais de 4,6 mil famílias beneficiadas de 31 comunidades, das quais são adquiridas 17 matérias-primas (como óleo de castanha e polpa de açaí) e 60 ingredientes com origem sustentável, como murumuru, andiroba e ucuuba. Neste ano, um novo levantamento apurou que esse modelo de negócio contribui para a conservação de 1,8 milhão de hectares na Amazônia, área equivalente a 12 vezes o tamanho da cidade de São Paulo.

Para coordenar a atuação na região, o Programa Natura Amazônia foi estruturado em 2011, a partir de três pilares: ciência, tecnologia e inovação, cadeias produtivas da sociobiodiversidade e valorização do conhecimento tradicional e cultural. O volume de negócios movimentado na região ultrapassa R$ 1,5 bilhão – acima da meta estabelecida para 2020, um valor acumulado de R$ 1 bilhão.

Confira algumas iniciativas que mostram o que uma marca de beleza pode fazer pela Amazônia:

Repartição de benefícios

A geração local de renda incentiva as populações a manterem seus modos de vida tradicionais e reconhecerem que a floresta tem mais valor em pé do que derrubada. Em 2018, foram pagos mais de R$ 18 milhões às comunidades fornecedoras – um aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior. Do total repassado, o valor mais significativo foi destinado à estruturação do Fundo de Desenvolvimento Sustentável, junto à Cooperativa Mista dos Produtores e Extrativistas do Rio Iratapuru, a Comaru, com atuação na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Iratapuru, no Amapá.

Casas Familiares Rurais

Há mais de cinco anos a Natura apoia as Casas Familiares Rurais da Amazônia, que funcionam como núcleos educacionais com modelo de ensino focado nos conhecimentos dos agroextrativistas. A mais recente, situada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Uacari, no município de Carauari (AM), foi inaugurada em março deste ano e oferece os cursos de ensino médio e de educação profissional — técnico em agroecologia e desenvolvimento sustentável — para jovens e adultos, visando a melhoria na qualidade de vida dos ribeirinhos ao incentivar a permanência dos alunos na comunidade.

Insumos da região pan-amazônica

A meta estabelecida pela empresa prevê que 30% dos insumos utilizados sejam provenientes da região pan-amazônica. Em 2018, houve um aumento de 14% da compra de insumos da região, ampliando o impacto positivo gerado nas comunidades.

Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, com faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2018. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, pelo Rede Natura, por meio do app, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”. Para mais informações, visite www.natura.com.br ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Natura

2019-12-20T12:12:38-03:00julho 22nd, 2019|Categories: ABEVD Clipping|

Natura completa duas décadas de relação com a sociobiodiversidade amazônica

No Dia de Proteção às Florestas, empresa relembra iniciativas ao longo de 20 anos de atuação na região

A Natura foi pioneira na indústria cosmética a investir no desenvolvimento que valoriza a biodiversidade nacional e a sustentabilidade das comunidades da Amazônia. Em 1999, um ano antes de lançar a linha Natura Ekos, a empresa passou a adquirir ingredientes de comunidades, sobretudo na região amazônica, e estabeleceu os primeiros vínculos por meio de oportunidades de negócios socialmente justos, ambientalmente corretos e economicamente viáveis. Foram os primeiros passos para estruturar um modelo sustentável que fomenta uma economia baseada na floresta em pé.

Vinte anos depois, já são mais de 4,6 mil famílias beneficiadas de 31 comunidades, das quais são adquiridas 17 matérias-primas (como óleo de castanha e polpa de açaí) e 60 ingredientes com origem sustentável, como murumuru, andiroba e ucuuba. Neste ano, um novo levantamento apurou que esse modelo de negócio contribui para a conservação de 1,8 milhão de hectares na Amazônia, área equivalente a 12 vezes o tamanho da cidade de São Paulo.

Para coordenar a atuação na região, o Programa Natura Amazônia foi estruturado em 2011, a partir de três pilares: ciência, tecnologia e inovação, cadeias produtivas da sociobiodiversidade e valorização do conhecimento tradicional e cultural. O volume de negócios movimentado na região ultrapassa R$ 1,5 bilhão – acima da meta estabelecida para 2020, um valor acumulado de R$ 1 bilhão.

Confira algumas iniciativas que mostram o que uma marca de beleza pode fazer pela Amazônia:

Repartição de benefícios

A geração local de renda incentiva as populações a manterem seus modos de vida tradicionais e reconhecerem que a floresta tem mais valor em pé do que derrubada. Em 2018, foram pagos mais de R$ 18 milhões às comunidades fornecedoras – um aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior. Do total repassado, o valor mais significativo foi destinado à estruturação do Fundo de Desenvolvimento Sustentável, junto à Cooperativa Mista dos Produtores e Extrativistas do Rio Iratapuru, a Comaru, com atuação na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Iratapuru, no Amapá.

Casas Familiares Rurais

Há mais de cinco anos a Natura apoia as Casas Familiares Rurais da Amazônia, que funcionam como núcleos educacionais com modelo de ensino focado nos conhecimentos dos agroextrativistas. A mais recente, situada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Uacari, no município de Carauari (AM), foi inaugurada em março deste ano e oferece os cursos de ensino médio e de educação profissional — técnico em agroecologia e desenvolvimento sustentável — para jovens e adultos, visando a melhoria na qualidade de vida dos ribeirinhos ao incentivar a permanência dos alunos na comunidade.

Insumos da região pan-amazônica

A meta estabelecida pela empresa prevê que 30% dos insumos utilizados sejam provenientes da região pan-amazônica. Em 2018, houve um aumento de 14% da compra de insumos da região, ampliando o impacto positivo gerado nas comunidades.

Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, com faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2018. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, pelo Rede Natura, por meio do app, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”. Para mais informações, visite www.natura.com.br ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Natura

2019-12-20T12:13:07-03:00julho 22nd, 2019|Categories: ABEVD Clipping|

Dia dos Pais: Natura faz ação em jogos de futebol e cria campanha

Em uma ação inédita, durante dois jogos de futebol do Campeonato Brasileiro deste ano, os jogadores entraram com a mão na boca e uma faixa que carregava a hashtag “#HOMEMPRADIZEREUTEAMO”

Dia dos Pais se aproxima e as campanhas publicitárias já começam a rolar por aí. A Natura foi a autora de uma campanha que já gera burburinho nas redes sociais e criou um impacto positivo. Com base na atual discussão sobre “masculinidade tóxica”, a marca resolveu levantar um estudo para entender como e se os homens expressam seus sentimentos de forma objetiva e sincera.

A pesquisa foi conduzida pelo site Papo de Homem e o Instituto PDH. Ao total foram ouvidos mais de 40 mil homens brasileiros. De acordo com o estudo, 60% afirmam não terem sido ensinados quando criança ou adolescente a expressar suas emoções. 50,9% possuem o pai como maior exemplo de masculinidade, porém, só um em cada dez dos entrevistados já conversou com ele sobre o que significa ser homem.

Em uma ação inédita, durante dois jogos de futebol do Campeonato Brasileiro deste ano, os jogadores entraram com a mão na boca e uma faixa que carregava a hashtag “#HOMEMPRADIZEREUTEAMO”. A campanha tem como mote criativo a dificuldade dos homens em expressar seus sentimentos e motivá-los a uma comunicação mais afetiva.

Os jogos em questão foram Corinthians e CSA, na Arena Corinthians, e Cruzeiro versus Botafogo, no Mineirão. A parceria com os clubes também foi para as redes sociais. Em sua conta do Twitter, o Corinthians fez uma publicação especial para endossar a campanha.

A ação transmídia da Natura foi “bola na rede” em alcance e mídia publicitária. A marca inseriu a entrada dos jogadores no programa Globo Esporte de São Paulo e do Rio de Janeiro; o apresentador Felipe Andreoli comentou a ação e explicou sua finalidade.

“Natura Homem quer contribuir para repensar o modo como definimos a masculinidade. Por isso, escolhemos o estádio de futebol como ponto de partida dessa conversa, um ambiente muitas vezes caracterizado por ser machista. Os homens precisam estar à vontade para declarar sentimentos e expor angústias e emoções”, declarou Denise Coutinho, diretora de Perfumaria da Natura ao Portal de Economia do Site Uol.

 

Natura e sua relação com o futebol no Dia dos Pais

A entrada da Natura no estádio não foi a primeira. Em uma “ação surpresa” para a campanha de 2015 do Dia dos Pais, a marca exibiu depoimentos reais de filhos de torcedores no telão do estádio, durante uma partida.

Fonte: Consumidor Moderno

2019-12-20T14:25:52-03:00julho 22nd, 2019|Categories: ABEVD Clipping|

Avon declara apoio aos Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU

O CEO da Avon , Jan Zijderveld, e os gerentes gerais da Avon em todo o mundo prometeram o apoio inabalável da empresa aos Princípios de Empoderamento das Mulheres da Organização das Nações Unidas (ONU)  .

Os líderes da Avon escreveram à ONU para declarar apoio aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs), que encoraja as organizações a tomarem medidas decisivas para a igualdade de gênero. Os WEPs listam as etapas que as organizações podem adotar para capacitar as mulheres e promover a igualdade de gênero no local de trabalho, no mercado e na comunidade e em todo o mundo, enfatizando a necessidade de ação corporativa.

A Avon tem defendido e apoiado mulheres por mais de 130 anos. No início deste ano, a Avon lançou  umplano mais robusto – que visa impactar positivamente a vida das mulheres em todo o mundo. É uma promessa para as mulheres que trabalham para a Avon, que trabalham com a Avon, que trabalham na cadeia de suprimentos da Avon e para os clientes, para criar um mundo melhor para as mulheres.

O negócio continua a conquistar mulheres em todo o mundo e este ano lançou a Avon Academy, um novo programa de treinamento sob demanda para representantes. Como um dos maiores programas de treinamento feminino do mundo, ele fornecerá mais de 500.000 Representantes por mês com aprendizado on-line e presencial, ajudando-os a ganhar mais. O investimento estimado da Avon neste programa para 2019 é de US $ 14 milhões.

Em novembro de 2018, a Avon anunciou seu apoio às Normas de Conduta Empresarial da ONU para combater a discriminação contra pessoas lésbicas, gays, bi, trans e intersex (LGBTI), como parte de seu compromisso com a diversidade e a inclusão. Em março deste ano, a Avon UK tornou-se a primeira marca de beleza a se inscrever para a caridade da Changing Faces, que promete apresentar pessoas com diferenças visíveis em mais campanhas. Estes são apenas alguns exemplos das muitas maneiras em que a Avon está defendendo as mulheres hoje.

“O tratamento igual de mulheres e homens não é apenas a coisa certa a fazer, também é bom para os negócios”, disse  Zijderveld . “A participação total das mulheres em nossos empreendimentos e na comunidade maior faz sentido nos negócios agora e no futuro. Um conceito amplo de sustentabilidade e responsabilidade corporativa que engloba o empoderamento das mulheres como um objetivo-chave beneficiará a todos nós. Encorajamos os líderes empresariais a se unirem a nós e usar os Princípios como orientação para ações que todos nós podemos realizar no local de trabalho, no mercado e na comunidade para capacitar as mulheres e beneficiar nossas empresas e sociedades. ”

Fonte: Direct Selling News

2019-12-20T14:25:53-03:00julho 22nd, 2019|Categories: ABEVD Clipping|

BMG e Natura são empresas que mais fecham contrato com startups

Ranking da Open Startups elenca 50 companhias que mais se relacionaram com setor

banco BMG foi a grande empresa brasileira que mais fechou contratos com startups no último ano, de acordo com ranking da Open Startups divulgado nesta quinta-feira (18).

Em segundo lugar está a Natura, seguida de Accenture, Isa Cteep e Braskem. A lista ainda inclui nomes como Nestlé, Andrade Gutierrez, Albert Einstein, Suzano, Boticário e Ultragaz.

O recorte faz parte de estudo realizado desde 2016 para eleger as startups que mais se destacaram no mercado corporativo. Neste ano, as líderes foram Allya, Fhinck, Oppinion Box (assim como em 2018), além de Guiando e Comprovei.

O ranking de grandes companhias leva em conta apenas empresas com mais de 100 funcionários ou faturamento superior a R$ 100 milhões no exercício de 2019.

Fonte: Folha de S. Paulo

2019-12-20T14:25:53-03:00julho 22nd, 2019|Categories: ABEVD Clipping|

Avon ganha eficiência logística com app de gestão de entregas e veículos

Monitorar e gerenciar toda frota, o índice de satisfação, e os problemas ligados ao processo de entrega de mais de 1.200 veículos e 100 mil pedidos por dia em todo o Brasil, era um desafio enfrentado pela AVON. Até que em 2016, a companhia adotou a solução MyTracking, da startup de otimização logística Point Sistemas com a qual conseguiram mais qualidade de gestão, enquanto o índice de satisfação com a entrega começou a mudar e apresentar cada vez mais melhoras significativas.

O software passou por configurações específicas para atender a operação da Avon e resultou no Tracking360, que faz o monitoramento e o rastreamento da frota e das cargas que saem do Centros de Distribuição (CD) até o recebimento pelo destinatário final. Integrado à Central de Monitoramento e Torre de Controle Logística da companhia, ele dá uma visualização em tempo real de toda a operação, como os status das entregas, ocorrências, rastreamento dos entregadores via Mobile, e a comunicação dos motoristas com a equipe interna, que é responsável por supervisionar todas os pedidos dos 55 transportadores secundários.

“Criamos uma torre de controle através do MyTracking, que nos dá uma visibilidade de toda operação e permite uma comunicação mais ágil com os nossos transportadores e clientes finais”, explica Alan Deus, Gerente Nacional de Distribuição e Transportes da AVON. Se o destinatário não está no local, por exemplo, o entregador comunica por meio do aplicativo instalado em seu celular e uma equipe entra em contato com a revendedora para localizá-la e conferir qual o melhor horário para retornar e finalizar essa entrega evitando assim aumento nos custos operacionais e proporcionando uma ótima experiência para a revendedora.

Além da melhora do índice de “sucesso da entrega”, o Tracking360 junto com a solução MyTracking é responsável pela roteirização dos pedidos do projeto LDC IN HOUSE da companhia, o que garante um processo rápido na separação e carregamento dos pedidos. “Buscamos entender o processo do cliente e propor soluções que tragam redução de custos e melhoria no processo com base nas nossas tecnologias”, explica José Moreira, sócio fundador da Point Sistemas.

Adicionalmente, a solução integra os aplicativos Facebook Messenger e o WhatsApp ao software fazendo com que as revendedoras possam acompanhar em tempo real onde está o seu pedido.

Modernidade na gestão de entregas

A solução MyTracking oferece um conjunto de funcionalidades para facilitar a rotina logística das empresas. Por meio do app mobile para smartphones e tablets Android, é possível acompanhar o status das entregas, os detalhes de cada veículo em tempo real e também permite a comunicação do cliente com antecedência sobre a chegada do seu pedido. É possível, adaptar e configurar a solução para atender necessidades específicas do cliente. “Para os que precisam de uma operação mais robusta, configuramos o sistema do zero”, diz Moreira.

Sobre a Point Sistemas

Fundada em 2013, com escritórios em SP e PE, a empresa oferece soluções que simplificam e melhoram a eficiência da rotina logística de entregas, coletas, cargas ou serviços dos embarcadores, transportadores e empresas em geral através de: gestão de entregas, otimização de rotas, roteirização, controle de ocorrências, rastreamento da frota, torre de controle, alertas, comunicação, checklists automatizados, indicadores e relatórios. Tudo em tempo real e de forma rápida e fácil. www.pointsistemas.com.br

Fonte: Exame

2019-12-20T14:25:53-03:00julho 22nd, 2019|Categories: ABEVD Clipping|
Ir ao Topo