Fashion Network – Mahogany entra no segmento da perfumaria de luxo

A marca brasileira de cosméticos Mahogany está expandindo o seu portfólio com o lançamento da linha Experience, uma coleção composta por seis perfumes de luxo “pensados com o intuito de serem colecionáveis e que contam com fragrâncias que vão desde as mais amadeiradas à sensuais, delicadas ou florais”, segundo a marca.

São três fragrâncias femininas e três masculinas que combinam ingredientes únicos e sofisticados com aromas surpreendentes e intensos, como Bourbon e Fava Tonka, Folhas de Figo e Violeta, Íris e Flor de Laranjeira, Pera e Gerânio, Pimenta Rosa e Cedro e Verbena e Bergamota. ”As criações são marcadas pela criatividade e ousadia. Por conta da sua variedade, transitam muito bem entre gêneros e preferências e, com certeza, impressionarão os mais diferentes públicos”, afirma Brian Drummond, gerente de marketing da Mahogany, que explica que os lançamentos chegam para marcar uma nova fase da marca. “Já ofertamos em nosso catálogo mais de 50 fragrâncias, além de uma gama de produtos para as mais variadas necessidades, incluindo linha capilar e de dermocosméticos. Agora entramos para um novo segmento, visando nos posicionar e consolidar, cada vez mais, no nicho de perfumaria de alto padrão”.

Os perfumes da linha Experience já estão disponíveis em todas as lojas físicas da marca, através de consultores de venda direta e também do e-commerce da Mahogany. Fundada em 1991, a Mahogany vende seus produtos através de uma rede de mais de 200 lojas, próprias e franqueadas no Brasil, uma loja em Santiago (Chile), sua loja virtual, bem como de seus consultores de venda direta.

2021-08-31T16:16:20-03:00julho 28th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Notícias do Setor|

Dourados News – Mahogany tem linhas de perfume especiais para o Dia dos Pais e ainda garante brinde

O presente do paizão está garantido na Mahogany, que tem linhas de perfumes especiais masculinas, além de kits promocionais. Além de acertar na escolha do presente da data que se aproxima, quem compra uma fragrância, ganha 1 sabonete multifuncional For Men. Essa sensacional promoção é válida enquanto durar o estoque!

Seja qual for o estilo do seu pai, você acerta no presente na Mahogany. Para pais ousados, arrojados intensos e dinâmicos, o África, com tons amadeirados, será inesquecível.

O Next é ideal para os pais conectados, modernos, tecnológicos e inovadores. Ainda existem opções variadas como o Mohawk para homens de bom gosto, no estilo clássico e envolvente, o Tabak, que expressa valores tradicionais de forma requintada, o For Men, que possui energia e refrescância, em tom amadeirado aromático, o Aventure, voltado para uma sensação mais refrescante e o Hard, que tem como marca o homem contemporâneo e possui uma atmosfera provocante, entre outros.

O presente “Papai Bussines” é um kit maravilhoso que possui perfume, sabonete líquido e after shave (pós-barba). A linha conta ainda com body spray e desodorante roll-on que complementam a linha. O presente “Pai Moderno” é um kit que conta com perfume, hidratante e body spray e busca representar o homem estiloso, cheio de personalidade, com uma fragrância amadeirada e fórmula leve. Outro destaque é a rápida absorção do hidratante, perfeita para a pele masculina.

A Mahogany tem ainda linhas de perfume para mulheres, hidratantes, itens para cuidado pessoal (corpo e banho) linhas de produtos para o cabelo e para casa, para ambiente e cozinha.

2021-08-31T16:17:01-03:00julho 28th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Notícias do Setor|

O Fuxico – Carla Diaz empresta beleza para novo perfume da Jequiti

Carla Diaz foi escolhida para a representação do novo perfume da Jequiti, Deluxe. O produto tem como tema mulheres fortes, que são notadas por onde passam, que não abrem mão da sua liberdade e celebram a vida com glamour. A campanha começou com uma troca de comentários pelas redes sociais, entre a marca e a atriz, que causou suspense e expectativa entre os fãs e consultores da marca.

Como continuação da campanha de lançamento, Carla irá protagonizar uma live no Instagram da Jequiti, para falar com mais detalhes sobre o perfume e da parceria com a marca. A ação acontece no próximo domingo, 1º de agosto, às 20h.

2021-08-31T16:17:51-03:00julho 28th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Notícias do Setor|

Agência Brasil – Inflação da construção civil cai para 1,24% em julho

O Índice Nacional de Custo da Construção-M (INCC-M), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve inflação de 1,24% em julho deste ano, percentual inferior ao apurado no mês anterior (2,30%).

Com o resultado, o índice acumula  10,75% no ano e 17,35% em 12 meses. De junho para julho, houve quedas nas taxas de inflação dos materiais, serviços e mão de obra.

Os materiais e equipamentos passaram de 1,75% para 1,52%. Os serviços recuaram de 1,19% para 0,65% Já o índice da mão de obra passou de 2,98% em junho para 1,12% em julho.

2021-08-31T16:31:01-03:00julho 27th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Economia|

Agência Brasil – FMI melhora previsão de crescimento do Brasil, para 5,3% em 2021

O Fundo Monetário Internacional (FMI) melhorou a perspectiva de crescimento do Brasil neste ano, citando a melhora nos termos das trocas comerciais do país, mas ao mesmo tempo reduziu a alta estimada para 2022. O relatório Perspectiva Econômica Global do FMI, divulgado nesta terça-feira (27), mostrou que o fundo estima um crescimento do Produto Interno Bruto brasileiro de 5,3% em 2021, 1,6 ponto percentual a mais do que era previsto em abril. Entretanto, para 2022 a projeção de crescimento foi reduzida em 0,7 ponto, para 1,9%.

A melhora do cenário do país para este ano ajudou a elevar a perspectiva de crescimento econômico da América Latina e Caribe para 5,8% em 2021, 1,2 ponto a mais do que em abril. A previsão para a região no ano que vem, por sua vez, melhorou em apenas 0,1 ponto, e ficou em 3,2%. “A melhora da projeção para a América Latina e Caribe resulta principalmente de revisões para cima no Brasil e México, refletindo resultados melhores do que o esperado no primeiro trimestre”, disse o FMI no relatório.

Além disso, o Fundo citou repercussões positivas para o México da melhora do cenário para os Estados Unidos e termos comerciais em alta expressiva no Brasil, que tem sido favorecido pela alta dos preços das commodities. Já a perspectiva para o grupo de Mercados Emergentes e em Desenvolvimento, do qual o Brasil faz parte, passou para 6,3% em 2021 e 5,2% em 2022, ante 6,7% e 5,%, respectivamente, previsto em abril.

A projeção do FMI para a expansão do PIB brasileiro este ano ficou em linha com a do Ministério da Economia feita em meados deste mês. Mas para 2022 a expectativa do ministério é melhor, para 2,51%. Já a estimativa de crescimento do PIB na pesquisa Focus realizada semanalmente pelo Banco Central junto a uma centena de analistas de mercado está em 5,29% para 2021 e 2,1% para 2022. O FMI chamou a atenção para a possibilidade de piora da pandemia e de condições financeiras externas mais apertadas, o que seria um revés grave para a recuperação dos mercados emergentes e em desenvolvimento, levando o crescimento global para abaixo do cenário básico previsto no relatório.

O relatório destacou ainda a inflação elevada esperada para esse grupo de países, relacionada em parte à alta de preços dos alimentos. “A comunicação clara de bancos centrais sobre o cenário para a política monetária será importante para moldar as expectativas de inflação e proteger contra aperto prematuro das condições financeiras”, disse o FMI. “Existe, entretanto, o risco de que as pressões transitórias possam se tornar mais persistentes e que os bancos centrais possam precisar adotar ações preventivas”, completou.

2021-08-31T16:31:57-03:00julho 27th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Economia|

Agência Brasil – Ipea: exportações do agronegócio sobem 20,9% no 1º semestre

A alta no preço das commodities (bens primários com cotação internacional) fez as exportações do agronegócio aumentar 20,9% no primeiro semestre de 2021 em relação ao ano passado, divulgou hoje (23) o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em valores, as vendas subiram de US$ 50,9 bilhões para US$ 61,5 bilhões.

O principal destaque foi a soja, cujo valor exportado aumentou 25,3% nos seis primeiros meses do ano. O crescimento foi motivado pelo preço, que aumentou 27%. O volume exportado caiu 2,2% de janeiro a junho. Outro produto que impulsionou as exportações do agronegócio foi a carne (bovina, suína e de frango). O valor exportado aumentou 25,3% no primeiro semestre, com a quantidade subindo 17,3%.

Com 39% do valor exportado, a China continua o principal destino das vendas do agronegócio brasileiro. Em seguida, vêm União Europeia (14,5%) e Estados Unidos (6,4%). Em relação ao primeiro semestre de 2020, os três mercados aumentaram as compras do agronegócio, com alta de 20,1% para a China, 16,5% para a União Europeia e 30,2% para os Estados Unidos.

Segundo o Ipea, a alta do preço das commodities agrícolas observada desde o segundo semestre do ano passado aumentou a atratividade para os exportadores. No entanto, os preços internacionais ainda estão abaixo das máximas históricas registradas no início da década de 2010. De acordo com o órgão, o crescimento da demanda da China representa um dos principais fatores para a alta recente do preço das commodities. Apesar das compras pelo país asiático, os estoques domésticos de soja e de milho estão em queda.

No caso da soja, nem a produção, nem os estoques internos atendem à demanda dos consumidores chineses. A alta dos preços internacionais tem pressionado a inflação dos alimentos em todo o planeta. No Brasil, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) alcançou 0,72% em julho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador está no maior nível para o mês desde 2004. Os preços do grupo alimentação e bebidas subiram 0,49%.

2021-08-31T16:32:47-03:00julho 26th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Economia|

Agência Brasil – Exportações brasileiras de rochas ornamentais sobem 44% no 1º semestre

As exportações brasileiras de rochas ornamentais registraram, no primeiro semestre de 2021, um faturamento de US$572 milhões. Trata-se de um aumento de 43,83% na comparação com os primeiros seis meses do ano passado, quando os negócios foram impactados pela pandemia de covid-19. É também o melhor desempenho dos últimos cinco anos, superando o faturamento de US$ 566 milhões entre janeiro e junho de 2017.

Os dados foram divulgados pelo Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (Centrorochas), entidadade que reúne 101 empresas do setor. O Brasil é atualmente o quinto maior exportador mundial de rochas ornamentais. A região Sudeste responde por 93% dos negócios do país. Espírito Santo (82%) e Minas Gerais (11%) se destacam como os maiores estados exportadores, seguidos pelo Ceará (2%) e Bahia (1%). No recorte por tipo de produto, o maior crescimento no faturamento foi observado entre os blocos de mármore e similares, que chegou a 70,63%.

As variações também são influenciadas pela alta de preços no mercado internaional já que, em volume exportado, o crescimento foi de 20,42%: saiu de 928,4 mil toneladas no primeiro semestre de 2020 para 1,12 milhão de toneladas entre janeiro e junho desse ano.

Mercado internacional

De acordo com o relatório do Centrorochas, os três maiores consumidores das rochas brasileiras nos primeiros seis meses de 2021 foram Estados Unidos, China e Itália. O mercado americano demanda prioritariamente rochas manufaturas. Já o mercado chinês e italiano têm tido preferência por rochas brutas.

Para promover os produtos brasileiros no mercado internacional, o Centrorochas assinou em maio um convênio setorial com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), vinculado ao Ministério das Relações Exteriores. O crescimento do setor para este ano na comparação com 2020 foi estimado em 4,2%. O faturamento com as exportações fechou em U$S 987 milhões no ano passado. A expectativa, conforme as projeções, é encerrar 2021 com um montante de US$ 1,029 bilhão.

2021-08-31T16:33:38-03:00julho 26th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Economia|

Agência Brasil – Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 6,56%

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – a inflação oficial do país) deste ano subiu de 6,31% para 6,56%. A estimativa está no Boletim Focus de hoje (26), pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos. Para 2022, a estimativa de inflação é de 3,8%. Para 2023 e 2024 as previsões são de 3,25% e 3%, respectivamente. O cálculo para 2021 está acima da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 3,75% para este ano, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é de 2,25% e o superior de 5,25%. No mês passado, a inflação desacelerou para 0,53%, depois de chegar a 0,83% em maio. Ainda assim, com o resultado, o IPCA acumula alta de 3,77% no ano e 8,35% nos últimos 12 meses.

Taxa de juros

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, estabelecida atualmente em 4,25% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom). Para o mercado financeiro, a expectativa é de que a Selic encerre 2021 em 7% ao ano. Na semana passada, essa previsão era de 6,75%. Para o fim de 2022, a estimativa é de que a taxa básica mantenha esse mesmo patamar. E tanto para 2023 como para 2024, a previsão é 6,5% ao ano. Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, a finalidade é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Desse modo, taxas mais altas podem dificultar a recuperação da economia. Além disso, os bancos consideram outros fatores na hora de definir os juros cobrados dos consumidores, como risco de inadimplência, lucro e despesas administrativas. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é de que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

PIB e câmbio

As instituições financeiras consultadas pelo BC aumentaram a projeção para o crescimento da economia brasileira este ano de 5,27% para 5,29%. Para 2022, a expectativa para Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – é de crescimento de 2,1%. Em 2023 e 2024, o mercado financeiro projeta expansão do PIB em 2,5%. A expectativa para a cotação do dólar subiu de R$ 5,05 para R$ 5,09 ao final deste ano. Para o fim de 2022, a previsão é que a moeda americana fique em R$ 5,20.

2021-08-31T16:34:16-03:00julho 26th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Economia|

LeiaJá – Instituto Êxito faz parceria para capacitar empreendedoras

O Instituto Êxito de Empreendedorismo e o Grupo Mulheres do Brasil (GMB) firmaram convênio para promover a capacitação de empreendedoras brasileiras. O convênio irá promover parcerias e ações e fornecer as 92 mil mulheres que fazem parte do Grupo os mais de 600 conteúdos gratuitos da plataforma digital do Instituto, entre cursos, palestras, vídeos inspiracionais e mentorias.

As inscritas nos núcleos que estão no Brasil e no exterior terão ainda uma trilha de aprendizado exclusiva, construída como um roteiro de cursos destinado às participantes. “Essa parceria é uma grande e ótima oportunidade de propagar a educação empreendedora entre as mulheres, junto com o Grupo Mulheres do Brasil. Estimular o protagonismo feminino, disponibilizar cursos e fazer ações capacitadoras são ações essenciais para o crescimento do empreendedorismo como um todo e, por consequência, para o desenvolvimento do país”, afirma o presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo, Janguiê Diniz. “O convênio acontece em um momento muito importante, em que vamos auxiliar na transformação de mais de 92 mil vidas”, completa.

De acordo com a empresária e presidente do Grupo Mulheres do Brasil, Luiza Helena Trajano, a parceria impactará diretamente a vida e o futuro das participantes da organização. “A nossa parceria é muito relevante, porque irá desenvolver, organizar e articular ações de capacitação para todas as nossas mulheres, propagando conhecimento e modalidades de capacitação. Dessa forma, todas terão novas oportunidades no mercado de trabalho”, pontua. “Ao desenvolver a educação empreendedora na vida dessas mulheres, estamos também causando transformação social, o que acaba por impactar todo o entorno delas”, finaliza.

Os mais de 600 conteúdos gratuitos na plataforma virtual do Instituto Êxito de Empreendedorismo estão disponíveis no site da Instituição (exito.app.toolzz.com.br/mulheresdobrasil). As usuárias também terão acesso às mentorias online, realizadas pelo aplicativo Toolzz Mentor, por grandes nomes do empreendedorismo e sócios do Instituto, como: José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC); Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional; Guilherme Benchimol, fundador da XP Inc.; Antônio Carbonari Netto, fundador do grupo Anhanguera Educacional; Carol Paiffer, presidente da Atom;  João Appolinário, fundador e CEO da Polishop; Ricardo Bellino, empreendedor serial; Geraldo Rufino, presidente da JR Diesel; Millena Machado, jornalista e apresentadora da RedeTV! News; Gustavo Caetano, CEO da Sambatech; João Kepler, fundador e presidente da Bossanova Investimentos; Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, entre outros.

Sobre o Instituto

Êxito O Instituto Êxito de Empreendedorismo é o resultado de um sonho que envolve empreendedores visionários dos mais variados segmentos do Brasil. Hoje, já conta mais com mais de 600 sócios que compactuam de um mesmo propósito: fazer do empreendedorismo a turbina para impulsionar vidas e histórias. O Êxito tem a filosofia de que, independentemente da classe social e econômica, qualquer pessoa pode transformar suas ideias em ações que mudem e melhorem a realidade e a comunidade na qual vive. Por isso, nasceu com o objetivo de estimular o dom empreendedor dos jovens, especialmente os de escolas públicas, onde há muitos talentos escondidos e boas ideias a serem impulsionadas. Nomeado como uma instituição sem fins lucrativos, seu principal plano de ação está em oferecer uma plataforma de cursos online e gratuitos, além de realizar diversas ações voltadas para o fomento ao empreendedorismo.

2021-08-31T16:35:29-03:00julho 26th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Notícias do Setor|

Defesa – Secretaria da Mulher realiza evento em alusão ao Dia da Mulher Negra

Na última sexta-feira (23/07), a Secretaria da Mulher de Paulista promoveu um evento em homenagem ao Dia Nacional de Tereza de Benguela e ao Dia da Mulher Negra, ambos comemorados na data de hoje (25/07).

Na Loja Fêmea, no Paulista North Way Shopping, foram oferecidos diversos serviços: maquiagem para pele negra pela Embelleze; design de sobrancelhas e oficinas de tratamento e penteado afro pelo Senac Paulista; oficinas de postura e passarela com Margareth Marinho e Sandra Carvalho; momento de beleza com as consultoras da Mary Kay, Tarscila Vilarim e Letícia Santos. No final do dia, modelos vestidas pela YA! Moda Afro e maquiadas pelas Consultoras da Mary Kay fizeram uma ação educativa de enfrentamento à violência e combate ao racismo na Praça de Alimentação do shopping.

Fonte: Prefeitura Municipal de Paulista.

2021-08-31T16:36:16-03:00julho 26th, 2021|Categories: ABEVD Clipping, Notícias do Setor|
Ir ao Topo