Considerando os impactos e reflexos desencadeados pela pandemia nos negócios da venda direta e da obrigatoriedade do estudo de mercado para atualização das Portarias CAT nº 48 e 49 de 2017 em 2021, a ABEVD apresentou, no dia 9 de abril, pleito de prorrogação do ICMS/ST à Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo.

A Associação apresentou pedido de prorrogação por mais 24 meses e aguarda decisão do órgão.