(RTTNews) – A Natura &Co., empresa de São Paulo, listada na B3, começou a ter seus Recibos Depositários Americanos (ADRs) negociados na Bolsa de Nova York na segunda-feira, 6 de janeiro.

As estimativas de sinergias anuais dos negócios combinados com a Avon, antes calculadas entre US $ 150 milhões e US $ 250 milhões, foram elevadas para US$ 200 milhões a US$ 300 milhões.

A Avon, empresa de venda direta de produtos de beleza, joias, acessórios e roupas, foi adquirida pelo grupo brasileiro de cosméticos Natura & Co. Nos termos do acordo, fechado em 3 de janeiro deste ano, a Natura deterá 76% dos negócios combinados com receita anual superior a US $ 10 bilhões.

Com a fusão, as ações da Avon Products, Inc. (AVP), que atingiram a cotação máxima de 52 semanas em US $ 5,92, na sexta-feira, pararam de ser negociadas na NYSE, seguida pela fusão da empresa com a Natura & Co.

Os acionistas da Avon terão, então, a opção de receber ADRs negociados na NYSE ou ações listadas na B3.