Associação de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) marcou presença no evento e endossa a iniciativa

 

Mais de 100 representantes de empresas se reuniram em São Paulo, no último dia 29 de agosto, para assinar a carta de formalização da Coalização Empresarial pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas, elaborada pela Avon e Instituto Avon. Na prática, os representantes das companhias se comprometeram oficialmente a transformar a cultura do setor privado, em prol do respeito e da igualdade de gênero.

A iniciativa teve o apoio da plataforma dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs), da ONU Mulheres e Pacto Global, visando o cumprimento da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, principalmente o objetivo 5, que diz respeito à igualdade de gênero e empoderamento das mulheres.

Para Adriana Colloca, presidente executiva da ABEVD, esse é um passo muito importante que está sendo dado pelas empresas. “Temos que reafirmar o nosso compromisso com o fim da violência e das desigualdades, a fim de contribuir para uma sociedade mais justa”, afirma.

De acordo com o documento assinado pelos CEOs, é compromisso dessas entidades garantirem um ambiente de trabalho seguro para as mulheres, por meio da mudança da cultura organizacional das companhias e enfrentamento ao assédio sexual, sofrido por 42% das profissionais brasileiras, de acordo com dados do Datafolha.

O combate à violência doméstica contra funcionárias também é um dos pilares de ação: os participantes da Coalizão devem oferecer suporte às vítimas, de modo que elas se sintam confortáveis e seguras para pedir ajuda. A empresa, dessa forma, se torna uma ponte entre a vítima e a justiça.

Como fundadores, a Avon e o Instituto Avon tornaram-se signatários das WEPs e assumiram a responsabilidade de elaborar um plano de ação, a fim de manter o engajamento dos líderes em torno do assunto. Para isso, a mantenedora deve promover palestras e oficinas de conscientização, entre outras iniciativas.

Segundo a Carta de Declaração de apoio assinado pelos CEOs, “o tratamento igual de mulheres e homens não é apenas a coisa certa a fazer – é também bom para o negócio. A plena participação das mulheres em nossa empresa e na comunidade é saudável para a organização hoje e no futuro. Um amplo conceito de sustentabilidade e responsabilidade corporativa que inclua o empoderamento das mulheres como um objetivo-chave beneficiará todos nós”.

 A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas – ABEVD apoia integralmente a iniciativa promovida pela Avon, e acredita que o futuro está na igualdade. Por isso, a entidade participa regularmente de palestras em órgãos que reúnem mulheres que querem ser empreendedoras, como a ONG Nova Mulher e Rede Mulher Empreendedora.

Fonte: Assessoria de Imprensa