O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a proposta que amplia o alcance do auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do novo coronavírus (PL 873/20). A deputada federal Margarete Coelho (PP-PI) apresentou uma emenda modificativa ao projeto para incluir os profissionais da beleza e empreendedores individuais no rol de profissionais que podem receber o benefício.

“Sabemos que esse momento de recessão proporcionado pela pandemia é ainda mais duro para quem trabalha dependendo do lucro diário para o sustento. Nossa emenda, que foi acatada pelo relator na última sessão da Câmara, garantiu que profissionais como cabeleireiros, depiladores, manicures, pedicures, maquiadores, esteticistas, além de trabalhadores que atuam com vendas diretas de produtos de beleza possam receber o auxílio”, informou a deputada.

A parlamentar piauiense destacou que este é um dos setores que mais crescem no país e em reunião realizada ontem (20), por videoconferência com representantes do Sindicato dos profissionais da Beleza no Piauí (Sindibeleza Piauí), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE – PI), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC – PI) e os deputados federais Soraya Santos e Ricardo Izar, que também assinaram a emenda, foram discutidas soluções para os problemas que envolvem a pandemia e esse segmento.

“Apresentamos o cenário que a crise desenha para o setor, as soluções que a Frente Parlamentar da Beleza tem proposto e também ouvimos as dificuldades de quem trabalha no segmento para buscarmos soluções” completou.

A presidente do Sindibeleza Piauí, Adriana Lobão, destacou que a reunião foi muito proveitosa e que a categoria se sente “honrada pelo apoio nesse momento difícil”.