CVM – Nota Institucional – Uso indevido de nomes relacionados à CVM pela Binary Bit

20 de agosto de 2019

Empresa está envolvida em possível esquema de fraude (pirâmide)

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alerta o público em geral para o fato de que a Binary Bit (https://www.binarybit.co/  link para site externo) está utilizando indevidamente os nomes da Autarquia e do seu Superintendente Geral, Alexandre Pinheiro dos Santos, com a finalidade de transmitir aparência de credibilidade para possível esquema de fraude, na modalidade de pirâmide.

Em https://youtu.be/QcIBr_BX1cg (link para site externo) e https://www.youtube.com/watch?v=VI5DuS8-huE (link para site externo) são encontrados vídeos com referências indevidas à CVM e ao seu Superintendente Geral, inclusive com a falsa informação de que este estaria presente, representando a Autarquia, em evento em Salvador/BA, cujos detalhes são apresentados em https://www.binarybit.site/convencao/ (link para site externo). O segundo vídeo acima diz respeito a um evento ocorrido em 2012 e está sendo utilizado indevidamente com legenda falsa alusiva à Binary Bit e ao referido evento em Salvador.

A CVM informa ainda que, entre outras providências, já comunicou indícios de crime de ação penal pública, envolvendo possível fraude financeira na modalidade de pirâmide, na atuação da Binary Bit ao Ministério Público do Estado de São Paulo (Processo CVM nº 19957.005764/2019-39) e, em razão dos fatos específicos envolvendo o uso indevido do seu nome e do nome do seu Superintendente Geral, informou o Departamento de Polícia Federal, com o qual a Autarquia inclusive mantém um acordo de cooperação.

Atenção!

Caso receba proposta de investimento por parte da empresa acima referida ou de qualquer representante ou preposto seu, entre em contato com a CVM pelo Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), preferencialmente fornecendo detalhes do contato e a identificação das pessoas envolvidas.

Fonte: Comissão de Valores Mobiliários (CVM)