Fábio Freitas, da empresa de inbound marketing Bornlogic, e Rubens Sant’anna, professor especialista em Trade Markeking, listam cinco estratégias para turbinar as vendas nas redes sociais

O Brasil é o terceiro país que mais passa tempo nas redes sociais no mundo. De todo o tempo online, mais de dois terços são usados nessas plataformas. Fora isso, os brasileiros também estão entre o público que mais compra pela internet. No país, 43% dos consumidores utilizam mídias sociais para fazer compras, enquanto a média mundial é de 30%. Porém, mais do que canais de atração, as redes sociais melhoram a retenção e a fidelização de clientes.

Só que em meio a tanto conteúdo circulando nas redes, com os empreendedores à mercê dos algoritmos e muitos deles sem verba para investir em anúncios, como se destacar? Segundo Fábio Freitas, head de Indústria da Bornlogic, empresa de inbound marketing, o segredo é investir na criação de um relacionamento entre marca e consumidor.

“Atualmente não somos apenas consumidores, atuamos como influenciadores e podemos acrescentar valor e propósito às estratégias de uma marca”, diz. O especialista salienta que isso é ainda mais importante do que utilizar a última ferramenta da moda.

“Embora existam diversas ferramentas digitais que nasceram com o intuito de melhorar os relacionamentos com a marca, muitas dessas alternativas, se não usadas de forma correta, podem causar mais danos que benefícios”, completa.

Pensando nisso, Freitas e Rubens Sant’anna, professor especialista em Trade Market, compartilharam quais quatro pontos fundamentais para vender pelas redes sociais.

  1. Aposte no calor humano

Pessoas gostam de comprar de pessoas, o contato pessoal pode fazer total diferença na comunicação, já que, com atendimento personalizado, há menos chances de o cliente deixar os produtos no carrinho e nunca finalizar a compra. A personalização se transforma no grande diferencial.

  1. Acredite na criatividade

As pessoas estão se conectando cada vez mais ao lado autêntico dos criadores de conteúdo. Além de o empreendedor/vendedor provocar uma identificação imediata com seu público, por falar a mesma linguagem e viver a mesma realidade, ninguém entende mais do produto do que ele. Assim, ele saberá a forma mais criativa de vender as melhores características do seu produto ou serviço. Vídeos funcionam bem nesse aspecto, porque permitem explorar a criatividade e chamam mais a atenção.

  1. Fale a linguagem de sua região

Campanhas massivas podem funcionar, mas o cliente será muito mais impactado pela marca que fala a mesma linguagem. Anúncios geolocalizados ajudam nessa busca, porque permitem um contato mais próximo. Fale “macaxeira” com quem fala macaxeira, e “mandioca” com quem fala mandioca, e sua mensagem chegará de forma muito mais clara.

  1. Não tenha medo de fazer diferente

Arrisque e com o tempo, é possível entender o que melhor funciona para seu público, e definir estratégias mais ambiciosas de alcance e retorno. O importante é oferecer esse contexto e a proximidade com o consumidor. Naturalmente, as vendas começam a aumentar.