Empresa prevê expansão no país enquanto avalia encerrar operações em regiões pouco rentáveis

A Natura&Co sinalizou nesta sexta-feira (12) que planeja inaugurar suas duas primeiras lojas da marca Aesop na China no quarto trimestre deste ano, enquanto avalia encerrar operações em alguns países menos rentáveis.

“Devemos abrir duas lojas em Xangai no quarto trimestre”, disse Guilherme Castellan, diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, em teleconferência com analistas sobre os resultados do segundo trimestre, acrescentando que uma expansão na China deve acontecer em 2023.

Ao mesmo tempo, o executivo admitiu que a empresa avalia encerrar operações em regiões onde tem rentabilidade menor, à medida que a Natura&Co busca recuperar margens de lucro num “cenário ainda desafiador”. Castellan, no entanto, não detalhou quais são esses locais.

O executivo reafirmou foco da companhia na geração de caixa nos próximos trimestres, processo que deve ser beneficiado em parte por redução de custos com a operação na América Latina, após uma reestruturação recente.

A fabricante de cosméticos divulgou na noite de quinta-feira que teve prejuízo líquido de R$ 766,7 milhões de abril a junho, pressionado por um cenário macroeconômico desafiador e maiores despesas financeiras. Analistas consultados pela Refinitiv esperavam prejuízo de R$ 216,6 milhões.