Na pandemia de Covid-19 , 71% das famílias que moram em brasileiras estão sobrevivendo com menos da metade de sua renda original. A informação é de uma pesquisa do Data Favela, em parceria com o Instituto Locomotiva e com a Central Única das Favelas.

“Ficou muito claro que a realidade de fome das favelas atingiu níveis alarmantes, chegando ao pior nível da pandemia até agora”, diz Renato Meirelles, fundador do Data Favela, à CNN.

O estudo também revelou que quase 70% dos moradores de favelas tiveram falta de dinheiro para comprar comida em 2020. Por isso, 90% das pessoas receberam algum tipo de doação no período, sobretudo de alimentos.

Sem as doações, 80% das famílias afirmam que não teriam tido condições de pagar contas básicas, comprar produtos de higiene ou se alimentar durante a pandemia de Covid-19 . Quase todos os moradores de favelas não têm dinheiro guardado, e 76% pediram o auxílio emergencial . Atualmente, 16 milhões de pessoas vivem em favelas no Brasil.

Fonte: iG Economia