Varejista planeja expandir e faturar cerca de R$ 500 milhões com a venda direta até 2017

Em dezembro de 2012, a varejista de moda Marisa, implementou a venda direta em seu modelo de negócio. Hoje, a marca alcançou o número de mais de 60 mil consultoras de moda e estilo, distribuídas em 19 estados do Brasil e com uma meta de atingir todos os estados do país até o fim de 2015.
Inspirada nas grandes empresas de cosméticos, a experiência da rede com a venda direta iniciou com 700 consultoras treinadas e a empresa fornece mensalmente um encontro de capacitação em vendas a fim de que todas estejam aptas a representarem a marca. As consultoras de moda e estilo da empresa são pessoas físicas e podem revender qualquer outra marca ou atuar por todo território nacional. A consultoria também permite a possibilidade de ganhos ilimitados, em um trabalho com horários flexíveis.
A rede, que começou em 1948 na capital paulista e hoje tem 413 lojas, vê nessa estratégia uma forma de chegar aos consumidores em cidades onde não existe a loja física. Agora, uma das próximas metas a serem alcançadas é atingir até o fim de 2017 o faturamento de R$ 500 milhões com a venda direta.