Em 2021, todas as categorias de produtos da Quem Disse, Berenice? entraram na venda direta e, desde então, o modelo tem alavancado os resultados da marca conquistando o posto de segundo maior canal de comercialização de seu portfólio, atrás apenas das lojas físicas. Por meio do catálogo multimarcas Eu Amo Make, os revendedores do Grupo Boticário oferecem as categorias de QDB de forma otimizada para os consumidores, fortalecendo o empreendedorismo feminino e movimentando negócios locais.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Venda Direta (ABEVD), o Brasil ocupa a 7ª posição mundial em venda direta, com faturamento de mais de U$7 bilhões. Os revendedores do Grupo constituem parte substancial de um ecossistema de vendas que fortalece não apenas mulheres em busca de renda extra, mas também considera a base de lojistas franqueados como importante ponto focal de distribuição e coordenação omnichannel.

“De forma geral, as mulheres são as mais acometidas pela dupla jornada e, muitas vezes, enfrentam o sustento de suas casas de forma solo. Por isso, possibilitar essa oportunidade de trabalho, com suporte e orientação de um dos maiores grupos de beleza do país nos gera o sentimento de missão cumprida com a comunidade e de gratidão à nossa rede, ainda mais quando o esforço e comprometimento de 1 milhão de pessoas reflete em resultados tão bons como os que temos conquistado atualmente para o negócio”, afirma Bruna Nunes, Gerente de Comunicação Venda Direta do Grupo Boticário.

Quem Disse, Berenice? impulsiona vendas por meio da digitalização das revendedoras

Além disso, com a automatização das operações de venda e novos canais digitais na venda direta, as atividades das revendedoras têm se aproximado cada vez mais de um modelo empreendedor que estimula desenvolvimento não apenas em vendas, mas também em competências de diversificação de portfólio, novos clientes, relacionamento e criatividade, além de visão empreendedora. O catálogo Eu Amo Make tem sua versão digital e está disponível nos canais da Quem Disse, Berenice? para uso individualizado. Os pedidos podem ser administrados com o auxílio do recurso Minha Loja Virtual, assim cada uma escolhe o formato de venda que melhor se adapta às necessidades da base de consumidores e tempo disponível.

Ainda há o Espaço do Revendedor, para que os revendedores possam experimentar os produtos e escolherem quais terão a pronta entrega de todo o portfólio, suprindo as necessidades dos clientes em velocidade competitiva à do e-commerce, com a expertise e personalização que o formato de atendimento proporciona.

Motivos que levam o fluxo de consumidores até a venda direta

A venda direta é caracterizada pela profundidade dos relacionamentos desenvolvidos entre revendedor e rede de consumidores, que pode ser uma visita em domicílio ou uma conversa via redes sociais, por exemplo. Esse laço se estreitou ainda mais durante a pandemia, quando a busca pela segurança nas relações se fortaleceu, permitindo que esse formato de venda se consolidasse como uma opção de canal intermediário entre o e-commerce e a ida às lojas presenciais, que se encontravam fechadas.

Nesse cenário, Quem Disse, Berenice? introduziu todo o seu portfólio nos catálogos e passou a contar com um time de cerca de 1 milhão de pessoas para difundir seu alcance em todo o país.

Além da construção de relações entre revendedora e consumidora, a venda direta possibilita a praticidade de adquirir um produto sem o custo adicional de frete, um atendimento personalizado que considera gostos pessoais e a vivência da consumidora como experimentadora e expert do portfólio.

Fonte: Mirian Gasparin.