Apesar do cenário de incertezas, crescimento do setor estimula a participação de novos profissionais

De acordo com o levantamento realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), foram contabilizados R$ 41,3 bilhões em volume de negócios em 2015. Mesmo diante de um cenário econômico adverso, o setor de vendas diretas registrou um aumento de 3,6% no número de revendedores, fechando o último ano com aproximadamente 4,6 milhões de profissionais autônomos atuantes.

Diante desse cenário, confira algumas dicas para quem deseja atuar com vendas diretas:

1. Vá além das vendas
Não restrinja as suas atividades apenas à venda. Informe-se sobre a marca e a mercadoria oferecida ao público. Procure entender como os seus serviços podem suprir com as necessidades dos clientes.

2. Aproxime-se da sua clientela
Invista tempo no relacionamento com o cliente. É fundamental manter-se próximo e presente para garantir a fidelização do consumidor. Mantenha o público informado sobre promoções e novidades por meio de contato semanal por e-mail, redes sociais ou newsletters.

3. Use as redes sociais
Explore os potenciais das redes sociais para vendas e para aproximar-se de seus clientes, agregando valor aos seus serviços. Publique tanto informações sobre as marcas que você representa, quanto depoimentos e opiniões dos consumidores.

4. Tenha foco
Suprir as necessidades dos clientes deve ser o foco de todo vendedor direto.

5. Atendimento personalizado
No início, é importante investir na criação de uma vasta carteira de clientes. Com o passar do tempo, você passará a identificar o perfil de seus clientes fiéis, assim como suas necessidades, e poderá planejar ações estratégicas, personalizadas e diferenciais.

6. Faça pequenos eventos
Faça eventos pequenos e direcionados a um público específico. Assim, você evita a dispersão dos convidados e pode dedicar sua atenção às necessidades de cada participante.

7. Invista no seu conhecimento
Aprimore as suas atividades com cursos de capacitação. Se você trabalha com produtos de beleza e cosméticos, por exemplo, invista em cursos de maquiagem e cuidados com a pele.

8. Seja uma inspiração
Cuide da sua imagem e apresente-se, também, como uma consumidora dos produtos que você vende. Assim, você conseguirá convencer seus clientes mais facilmente.

Fonte: Saber para crescer