Por que o Código de Ética da ABEVD é importante?

4 de março de 2020

Associação adota normas rígidas para que empresas e empreendedores independentes tenham uma relação de segurança e respeito; entidade está em campanha contra pirâmides financeiras

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas – ABEVD é a entidade responsável por promover e desenvolver o mercado de vendas diretas no País, faz parte da World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA), organização que congrega as associações internacionais de vendas diretas existentes no mundo, e possui um Código de Ética próprio, ao qual todas as empresas associadas devem obedecer.

O Código de Ética da ABEVD estabelece condutas para proteger o empreendedor e promover a concorrência legal entre as companhias. Algumas das normas que devem ser seguidas pelas empresas e empreendedores são:

  • Não recrutar pessoas de maneira ilegal ou enganosa
  • Os ganhos do empreendedor independente devem vir da venda de produtos, não do mero recrutamento de terceiros
  • Os dados referentes ao valor dos ganhos e volume de vendas não devem ser distorcidos
  • A empresa não deve incentivar o empreendedor a comprar uma quantidade excessiva de produtos
  • Os empreendedores independentes e empresas devem assumir uma postura ética, isto é, não difamar companhias e produtos concorrentes

A Associação possui o papel educador de orientar as companhias associadas para o cumprimento das normas, assim como ser um canal de denúncias de irregularidades na conduta das empresas e força de vendas. Lembrando que, todas as empresas associadas à ABEVD passam por uma análise rígida dos seus planos de negócios. (leia o Código de Ética na íntegra aqui).

Vendas Diretas no Combate às Pirâmides

Atualmente, várias pessoas estão sendo vítimas de pirâmides financeiras, ou seja, falsas empresas que prometem lucro rápido, em um curto espaço de tempo, remunerando os membros por meio do recrutamento ou utilizando produtos de fachada – conduta contrária ao Código de Ética da ABEVD. Por isso, a Associação iniciou a campanha “Vendas Diretas no Combate às Pirâmides”, para alertar potenciais empreendedores sobre os perigos desses esquemas fraudulentos e propagar boas práticas para o setor.

A Campanha foi iniciada em janeiro e terá a duração de 4 meses, com materiais publicados toda quarta-feira. Acompanhe essa ação e fique bem informado!

Fonte: Assessoria ABEVD