Evento promovido pela ABEVD reúne maiores empresas do setor – como Natura, Avon, Herbalife, Jequiti, entre outras – nesta quarta-feira (02/12) em formato totalmente online

Representantes das maiores empresas do setor de Venda Direta do Brasil, como Amway, Natura, Avon, Herbalife e Jequiti, estarão reunidos nesta quarta-feira (02.12) para o Encontro On-line da Venda Direta, promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Durante o evento, que será realizado de forma totalmente online, executivos irão debater os aprendizados que 2020 trouxe para as empresas de Vendas Diretas, além das tendências e futuro do setor para 2021. Os debates terão mediação da jornalista Maria Cândida.

De acordo com a presidente executiva da ABEVD, Adriana Colloca, o encontro é a chance de os representantes do setor debaterem e compartilharem experiências adquiridas neste ano atípico e as inovações adotados pelo segmento.

“A intenção é termos um panorama do mercado, debatermos onde estamos e para onde vamos. O evento será interessante tanto para empreendedores, quanto para executivos saberem a perspectiva dos grandes players do segmento sobre o momento que vive o setor”, afirmou Colloca.

Com o tema central “Novo Normal e Antigo Anormal — O despertar de um profissional para uma nova conexão”, o Encontro Online da Venda Direta trará a palestra, inédita no Brasil, de Amanda Gore, palestrante motivacional e autora nas áreas de alegria, resiliência e liderança.

Vendas Diretas na Economia

As vendas diretas, anteriormente conhecidas como “venda porta-a-porta”, movimentaram R$ 45 bilhões em 2019, com cerca de 4 milhões de empreendedores independentes — profissionais que trabalham na revenda de produtos — distribuídos por todo o País, segundo dados da ABEVD. De acordo com o órgão internacional do setor, o World Federation Direct Selling Associations (WFSDA), o Brasil é atualmente o 6º maior mercado de vendas diretas do mundo.

ABEVD

A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1980, para promover e desenvolver as vendas diretas no Brasil, assim como representar e apoiar empresas que se utilizam desse canal de comercialização para distribuir seus produtos. O setor de vendas diretas no País envolve empreendedores independentes, que atuam como revendedores de produtos de saúde, beleza, utilidades domésticas, vestuário, alimentos, joalheria, entre muitos outros.