Roberta Antoniazzi, gerente da nova associada 2W Energia, falou com exclusividade para a ABEVD

Com mais de 1600 empreendedores independentes em território nacional, a 2W Energia é a maior empresa de geração e comercialização de energia 100% sustentável do Brasil e, também, nova associada da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), sendo a primeira do ramo de energia a associar-se.

A ABEVD conversou com sobre perspectivas pós pandemia e Venda Direta com a gerente Nacional Varejo da 2W Energia, Roberta Antoniazzi, é bacharel em turismo com experiência internacional em Vendas Incoming e em telecomunicações, passando pelas maiores empresas de telefonias do país.

Leia a entrevista na íntegra:

ABEVD – Como surgiu a ideia da 2W Energia ingressar na Venda Direta?

Roberta Antoniazzi – Começamos em 2021 com uma rede de 100 parceiros. Com a estruturação da equipe comercial e expansão de resultados, encerramos o ano com mais de 1000 consultores de energia. Este rápido crescimento nos fez pensar em um modelo comercial mais aderente para uma melhor gestão, proximidade e acompanhamento desta rede e foi assim que tomamos a decisão de atuar no modelo de venda direta.

ABEVD – Qual a importância para 2W Energia de estar associado a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD)?

Roberta Antoniazzi – Ser associado da ABEVD traz para nossa rede de parceiros e clientes a segurança de que atuamos de maneira responsável, seguindo as orientações e regras estabelecidas para este modelo de negócios. Além disso, a associação contribui para o nosso aprendizado contínuo e melhoria do negócio com conteúdo relevantes, encontros, eventos e com a própria divulgação das boas práticas em todos os modelos de VD.

ABEVD – O que mais te atrai no mercado de Venda Direta?

Roberta Antoniazzi – O mercado de venda direta é muito atrativo para criação de uma rede que tenha possibilidade de expansão rápida. Além disso, a venda direta possibilita a entrada de pessoas com perfil empreendedor, que muitas vezes não são do setor, a terem um novo aprendizado com flexibilidade e oportunidade de renda extra.

ABEVD – Qual seu conselho para as pessoas que estão pensando em ingressar no segmento de Venda Direta como empreendedor independente?

Roberta Antoniazzi – Tenha metas e objetivos claros, mapeie o seu mercado de atuação e levante seu network para contribuir com a sua prospecção. Defina horários de trabalho conforme sua disponibilidade e tenha disciplina para executar seu plano.

Além disso, capacite-se – em qualquer área que for atuar é importante o empenho e o aprendizado constante.

ABEVD – Qual a importância dos empreendedores independentes (revendedores) para a 2W Energia?

Roberta Antoniazzi – Hoje, o canal 2WeVC é responsável pelo maior volume de vendas do Varejo e está em constante crescimento. Nosso objetivo é chegar em todos os principais potenciais clientes do Brasil de forma rápida e com qualidade.

ABEVD – O que a 2W Energia faz para educar e capacitar seus empreendedores?

Roberta Antoniazzi – Temos um programa de capacitação inicial de 3 dias sendo os dois primeiros online, que pode ser feito no dia e horário de preferência do consultor e o terceiro dia também online mas ao vivo para que ele possa com a ajuda do nosso mentor tirar todas as dúvidas.

Nossos treinamentos são bastante completos, capacitamos os consultores (que podem ou não vir do setor de energia) em todos os principais assuntos para que estejam aptos a atuar na função como Mercado e Oportunidade, Produtos comercializados, Sistemas Operacionais e até no Processo profissional de vendas consultivas.

Além do inicial, temos ainda 8 Sessões semanais de coaching em vendas de energia para dar todo suporte no início da atuação e posteriormente o time de campo em cada região para acompanhamento.

ABEVD – A venda direta digital foi essencial na pandemia?

Roberta Antoniazzi – Acredito que ela propiciou a descoberta de novas formas de atuação e atendimento de necessidades que antes eram impensadas. Na 2W, temos muitos conteúdos digitais que foram produzidos para suportar o aprendizado dos consultores mas que também levam informação e esclarecimento para nossos clientes

ABEVD – Como a pandemia alterou sua forma de trabalho e da empresa?

Roberta Antoniazzi – A pandemia fez com que as visitas anteriormente presenciais a clientes fossem feitas virtualmente e foi um grande desafio para o nosso perfil de clientes. Entretanto, gerou muito aprendizados e nos abriu possibilidades de testar e conhecer novas formas de atuar.

ABEVD – Como vê o desempenho da 2W Energia durante o período da
pandemia e quais os planos para o período pós-pandemia?

Roberta Antoniazzi – Para nós, o período de pandemia foi de crescimento e conseguimos atingir a marca de 1000 consultores de energia. Agora, com o retorno gradativo da atuação presencial pretendemos fechar esse ano com pelo menos 2100 consultores atuando diretamente.

ABEVD – Acredita que o pós-pandemia será benéfico para a 2W Energia e a Venda Direta em geral?

Roberta Antoniazzi – Sem dúvida, a venda presencial, a visita, o olho no olho com o cliente ainda se mostram a forma mais eficaz de apresentar todas as nossas possibilidades dentro do ecossistema de soluções energéticas que possuímos.

ABEVD – Quais foram os principais desafios da sua carreira?

Roberta Antoniazzi – Acredito que foram as mudanças de mercado de atuação. Iniciei minha carreira em Turismo, mudei completamente para Telecomunicações e agora atuo no Setor Elétrico. As mudanças exigem capacitação, resiliência e objetivos claros a serem atingidos. Quanto mais experiência profissional você carrega na mudança, maior a exigência que você realize, entenda a fundo e atue de forma rápida no novo mercado. No meu caso, como gosto de desafios, é sempre muito gratificante aprender coisas novas.

ABEVD – Qual a principal contribuição você pretende deixar ao sair do cargo que se encontra hoje na 2W Energia?

Roberta Antoniazzi – Eu pretendo ter contribuído para a mudança da relação da sociedade com a energia, fazendo com que cada vez mais pessoas saibam que podem optar por uma energia limpa, e com isso fazer a diferença para um mundo melhor e também optar por reduzir custos no seu negócio, contribuindo para uma sociedade com mais oportunidade para todos.

ABEVD – Você acredita que adicionar a venda direta nos canais de vendas é um caminho para as empresas se manterem no mercado?

Roberta Antoniazzi – Sim, o cliente tem a opção de escolha qual jornada irá lhe atender melhor, e a venda direta propicia que as empresas utilizem canais diferentes oferecendo atendimento personalizado.

ABEVD – Nos momentos livres, o que gosta de fazer?

Roberta Antoniazzi – Minha prioridade e preferência são estar com meu marido e minhas filhas nos meus momentos livres então tentamos atender as necessidades de todos para estarmos sempre juntos, o que nem sempre é tarefa fácil!

Em geral, gostamos muito de cavalos e vamos com frequência ao jockey club em SP, adoramos passeios gastronômicos e sempre que conseguimos um tempinho maior viajamos para conhecer novos lugares e culturas, o que acreditamos que contribui para o desenvolvimento das meninas e para nossa convivência.