Início/Adicionar código antes da tag </head>. Cajamar

Natura aposta em painéis inovadores de energia solar em área de 2 mil m2

Tecnologia será instalada na sede da Natura, em Cajamar (SP) e prevê redução de 5 toneladas de CO² emitidos por mês

A Natura irá instalar em sua sede, em Cajamar (SP), 2 mil m² de painéis de Filmes Fotovoltaicos Orgânicos (OPV), terceira geração de células solares capazes de transformar a luz do sol em energia elétrica. A tecnologia foi desenvolvida pela Sunew, líder mundial na produção de OPV, e a instalação será no Núcleo de Aprendizado Natura (NAN), referência de arquitetura industrial sustentável. A instalação dos painéis será concluída ainda no primeiro semestre de 2019.

Quando comparado a outras tecnologias de geração solar, como as que utilizam placas de silício, o OPV é uma alternativa de energia mais eficiente em relação ao impacto ambiental. Com a instalação, a Natura deixará de emitir 5 toneladas de dióxido de carbono por mês. Isso equivale à emissão produzida pelo consumo de 1.930 litros de gasolina no mesmo período. Além disso, os filmes são feitos de material orgânico não tóxico, com impressão similar à indústria têxtil, e requerem menos energia para serem produzidos. Os filmes têm aplicação mais simples e versátil, por serem mais leves e flexíveis, o que facilita a adaptação às mais diversas superfícies.

Simulação aproximada do projeto em 3D/divulgação Sunew

Nesse projeto, a Natura busca aliar a tecnologia solar mais limpa do mundo com design, inovação e o máximo de sustentabilidade possível. “A Natura é uma empresa carbono neutro desde 2007, com esforços intensos para minimizar sua pegada de carbono em todas as etapas de produção e para compensar suas emissões de CO2. Ao longo de nossa história, a Natura consolidou a convicção de que precisamos fazer bem mais do que apenas reduzir ou neutralizar nosso impacto”, comenta Josie Peressinoto Romero, vice-presidente de Operações e Logística da Natura. “A utilização dos painéis de OPV são mais um passo nessa direção, ao avançar na busca de soluções mais eficientes e criativas que conciliam os investimentos em inovação de produtos, infraestrutura e desenvolvimento de tecnologia com as nossas metas de sustentabilidade”, afirma a executiva.

A Sunew será a responsável por projetar, fabricar e instalar o produto no prédio. “Temos acelerado com instalações comerciais, confirmando nossa visão de transformar o segmento com soluções energéticas cada vez mais integradas em nossas vidas, nossas cidades e nossas edificações. Ter a Natura como cliente nos faz muito feliz, sobretudo pelo o que a empresa representa em termos de responsabilidade social, inovação e preocupação com o meio ambiente”, avalia Tiago Alves, CEO da Sunew. A empresa firmou, ainda, um compromisso com a Fundação SOS Mata Atlântica, que prevê o plantio de uma árvore a cada metro quadrado de OPV produzido. Ao final do projeto, serão plantadas 2.020 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica.

Fonte: Natura

2019-12-20T15:05:32-03:00fevereiro 19th, 2019|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Natura passa a oferecer berçário também para filhos de pais colaboradores

Decisão de ampliar o uso do espaço dentro da empresa, já utilizado por colaboradoras que são mães, reforça a importância da paternidade ativa

Com o objetivo de incentivar o fortalecimento do vínculo entre pais e filhos, a Natura ampliará o atendimento do berçário em seus escritórios aos colaboradores que são pais, a partir de fevereiro de 2019. A iniciativa reforça a importância da paternidade ativa e da equidade de gênero, temas ligados à política de diversidade e inclusão da empresa.

A chamada nova masculinidade vem ampliando o papel do homem na sociedade e na dinâmica familiar. A partir do avanço nas discussões e ações relativas à equidade de gênero, o homem passou a ser mais presente e corresponsável pela criação dos filhos. A Natura, por sua vez, reforça esse debate com ativações por meio das marcas Natura Homem e Papai e Bebê.

Recentemente, a empresa iniciou a instalação de trocadores nos banheiros masculinos em restaurantes de algumas cidades por todo o Brasil. Além disso, desde junho de 2016, a empresa oferece licença-paternidade remunerada de até 40 dias, que pode ser estendida para 70, caso o colaborador decida emendar com as férias. A iniciativa vale também para casais do mesmo sexo e em casos de adoção.

“Acreditamos na importância da paternidade ativa, não só como forma de atingir a equidade de gênero, mas principalmente pela criação de um vínculo mais forte entre pais e filhos – fundamental para uma relação afetuosa e melhor desenvolvimento da criança”, explica Marcos Milazzo, diretor de Reconhecimento e Recompensa da Natura.

A estrutura atual do berçário dentro da Natura existe há 18 anos, em Cajamar, a fim de fortalecer o vínculo da mãe com o filho ao possibilitar o contato da colaboradora com a criança durante o período de trabalho. O mesmo serviço foi disponibilizado no CDSP – Centro de Distribuição São Paulo em 2013, e há pouco mais de um ano também atende aos filhos de colaboradores do Nasp, sede administrativa inaugurada no mesmo espaço. Cada unidade tem equipe e estrutura capazes de atender a 110 crianças com idade a partir de quatro meses até três anos.

Fonte: Natura

2019-12-20T15:06:14-03:00dezembro 11th, 2018|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |
Ir ao Topo