Início/Adicionar código antes da tag </head>. conhecimento

Negócios, conhecimento e muito networking: o 2º Congresso Nacional de Vendas Diretas vem aí!

Está chegando a hora. O 2º Congresso Nacional de Vendas Diretas acontece no próximo dia 7 de maio, no Villa Blue Tree, em São Paulo e a expectativa é reunir mais de 500 executivos e tomadores de decisão do setor vindos de todo o Brasil e do exterior.

Pela primeira vez, o evento contará com a presença de palestrantes internacionais. O co-presidente e Chief Health and Nutrition Officer Herbalife Nutrition, John Agwunobi, falará sobre uma gestão de sucesso nas vendas diretas. A Herbalife teve resultados surpreendentes em 2018 e John vai falar sobre os passos da companhia, terceira maior empresa do mundo em vendas diretas, para atingir esse sucesso.

Juan Franco, vice-presidente de vendas da América do Sul da Royal Prestige, Miguel Beas, presidente América Latina da Jeunesse e Luiz Piccoli, da Cless, se unirão a Ivon Neves, presidente da Omnilife Brasil para debater sobre inspiração, motivação e comunicação para a força de vendas.

Estratégias de líderes

Moderado pela presidente executiva da ABEVD, Adriana Colloca, o painel com executivos de empresas de vendas diretas é um dos mais aguardados da programação.

Alvaro Polanco, presidente da Mary Kay Brasil, Erasmo Toledo, vice-presidente de venda direta da Natura e José Vicente Marino, presidente da Avon, se reúnem para falar sobre os principais desafios, perspectivas e tendências para o negócio.

Tributação em pauta

Além deste esperado encontro, outro tema sempre relevante para nosso setor são os desafios tributários. Para enfrentar esse tema contaremos com Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal e mentor da proposta de reforma tributária apresentada pelo deputado Baleia Rossi e que contempla a unificação de tributos federais, estaduais e municipais: o IBS (Imposto sobre Operações com Bens e Serviços). Contribuindo para o debate, confirmou presença Hélcio Honda, diretor jurídico da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). Tudo intermediado pelo diretor jurídico e relações governamentais da Mary Kay Brasil, Eduardo Vilhena.

Empreendedorismo e tecnologia

Mais do que estratégias e tributos, ainda haverá espaço para uma conversa sobre empreendedorismo e como fomentá-lo no setor. O painel Momento Empreendedor reunirá lideranças femininas: Ana Fontes, presidente do Instituto Rede Mulher Empreendedora e Rossana Sadir, presidente da Amway no Brasil. O bate-papo será mediado por Ana Costa, vice-presidente jurídica da Avon América Latina do Sul e presidente do Conselho Diretor da ABEVD. Pesquisas e desafios para mostrar as oportunidades de empreendedorismo de nosso setor vão embasar esse debate.

Pautas em alta na atualidade, a tecnologia, a inovação e a indústria 4.0 serão temas do painel “Estratégias Digitais para a Venda Direta” que terá a participação de Jordan Rizetto, vice-presidente e diretor geral da Herbalife Nutrition Brasil e Malte Horeyseck, presidente da Jafra Brasil. Professor de inovação, Luis Guedes, ex-Google, trará seu olhar de fora do setor sobre o tema e ajudará a enriquecer a discussão.

Números e transformações

Dados e números globais do setor também estão na pauta do evento. A palestra com o diretor de governança corporativa da Natura, Moacir Salzstein, apresentará informações sobre o desempenho do país em relação ao restante do mundo. Dados passados mostram tendências. Como cada participante vai lidar com essas tendências?

Para finalizar, uma palestra ministrada pelo neurocientista Pedro Calabrez que vem emocionando plateias inteiras de executivos com seu carisma e suas ideias para viver nesse mundo em constante transformação. Além de ideias inspiradoras, esse tema vai oferecer ferramentas para lidar com as relações, clientes e mercados do amanhã.

“A programação do Congresso Nacional de Vendas Diretas foi idealizada para contemplar diversas áreas das empresas e oferecer conteúdo abrangente e relevante. Temos a certeza que o evento trará um impacto positivo para todos, na medida que favorece novas ideias e melhores formas de lidarmos com os desafios de todos os dias”, diz Adriana Colloca, presidente executiva da ABEVD.

Não fique de fora deste momento único para o setor de vendas diretas no Brasil. Oportunidade para encontrar lideranças, promover negócios e adquirir conhecimento, o 2º Congresso Nacional de Vendas Diretas está com inscrições abertas e muitas oportunidades para expor sua marca.

Para saber mais detalhes, acesse o site ou envie um e-mail para [email protected]

Fonte: ABEVD

Autoconfiança, conhecimento e bom relacionamento: três fatores-chave para o sucesso na venda direta

* Por Rodrigo Senday

Muito se fala no meio empresarial sobre a importância de se ter coragem, curiosidade, iniciativa para seguir uma carreira promissora. Na venda direta não é diferente e três fatores são fundamentais para o sucesso.

O primeiro é a autoconfiança. Acreditar em si e em projetos que convirjam com seus anseios profissionais auxilia, não só no aumento das vendas, como a alcançar metas definidas para o negócio e realizar sonhos da vida pessoal. Comprovamos em pesquisa realizada pela Tupperware, em parceria com a Universidade Georgetown (USA), que as vendedoras autônomas que se sentem confiantes vendem 22% a mais do que as outras e são 24% mais propícias a superar desafios encontrados no trabalho.

Como segundo ponto, enfatizo sempre que tanto os vendedores diretos que estão iniciando quanto os mais experientes, precisam estar motivados e em constante busca de novos conhecimentos e treinamentos, ainda mais que a venda direta não exige formação específica ou mesmo não necessita de grandes investimentos. Com isso, uma vez que esse profissional adquire novos aprendizados, ele ganha repertório, aperfeiçoamento de técnicas e, claro, aumenta seus ganhos mensais.

Líderes e mentores de excelência que te inspiram a atrair novas pessoas ao negócio e a reter equipe, motivando-os a chegarem onde quiserem é valiosíssimo neste processo. Na Tupperware, por exemplo, o apoio começa já no papel da Líder direta, passando pela Empresária e Distribuidora, que se empenham em levar informação, conhecimento e inspiração para os Consultores, movendo assim, toda a cadeia da empresa.

Para completar essa tríade, pontuo o relacionamento interpessoal como fator essencial para o crescimento das vendas. Redes de contatos sempre atualizadas facilitam negócios e quando ampliadas geram novas oportunidades. Por isso, o relacionamento é uma etapa fundamental para a geração de vendas. É preciso cultivar o vínculo e entender exatamente o que o outro precisa para manter a fidelidade do seu público.

É exatamente esse o propósito de negócio da Tupperware, que além de incentivos, promove o desenvolvimento profissional da equipe da Força de Vendas composta por pessoas que tendo ou não especialização para o mercado de trabalho, abraçam essa oportunidade, desenvolvem seu lado empreendedor e atingem o sucesso.

A venda direta, ao gerar uma aproximação entre os produtos e o consumidor, via Consultor, humaniza todo processo e garante vantagens como atendimento personalizado o que torna o sistema sempre atual, em crescimento e atrai novos interessados a empreender ano após ano.

* Rodrigo Senday é vice-presidente de vendas da Tupperware Brands Brasil

2019-12-20T14:37:16-03:00dezembro 17th, 2018|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |
Ir ao Topo