Lições de Mark Zuckerberg para inspirar você

Conheça alguns conselhos do criador do Facebook para empreendedores

 

Quem é que não conhece a história de empreendedorismo do criador do Facebook? Para inspirar você, trouxemos as reflexões sobre características fundamentais de quem busca o sucesso, escritas pelo idealizador e dono de uma das mais valiosas empresas do mundo. Confira:

  • Propósito

 

Zuckerberg tinha como sonho conectar as pessoas através da tecnologia. Como resultado desse sonho ele criou a maior rede social que conhecemos hoje. Foi a união de uma paixão, a resistência diante de muitas dificuldades e um pouco de criatividade para superar obstáculos. Para um resultado de sucesso, é preciso acreditar de verdade no seu trabalho e se empenhar para conseguir sempre o melhor.

  • Valores e ações

 

Você sabia que Zuckerberg nunca chegou a se formar? Isso mesmo! Apesar de ter estudado na universidade de Harvard, ele não conquistou o diploma. Isso não significa que seus anos de estudo não valeram a pena, mas indica que, são os valores e as ações de uma pessoa que constroem um grande profissional. As habilidades e técnicas podem ser adquiridas, mas o interesse em aprender, não.

  • Ousadia

 

Ficar frustado com um plano que não deu certo é completamente normal. Essa é uma situação que acontece com pessoas que têm uma característica em comum: a ousadia. O medo de errar não deve existir para impedir que você crie novos projetos, pelo contrário, ele vai te fazer buscar por possíveis falhas e já pensar em meios de evitá-las. Ou seja, você tem a chance de aprimorar suas ideias.

  • Visão de alcance

 

Não há problema nenhum em começar o seu negócio dentro da sua própria família, com amigos ou em qualquer outra rede de contatos com pessoas próximas. Mas pense grande! Quando Zuckerberg criou o Facebook, inicialmente era apenas para os estudantes de Harvard, e hoje, nós conhecemos a proporção que esse empreendimento tomou.

 

Gostou dessas lições?

Leia também 7 dicas para um pensamento empresarial de sucesso

2019-12-20T12:23:55-03:00agosto 17th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Empreendedoras falam sobre lições de negócios para as mulheres

Recomendações para entrar no mercado de vendas diretas com firmeza e sucesso

 

“Mais da metade das empresas que serão criadas até 2018, será por iniciativas femininas.” Quem divulgou essa notícia, foi a Forbes: uma das mais populares e respeitadas revistas de negócios e economia. Com essa perspectiva sobre a abertura (ou “conquista”) do mercado de trabalho, não é de surpreender que a cada ano mais mulheres tomem iniciativa para começar o próprio negócio, trabalhando com autonomia e personalidade, como no caso das vendas diretas. Trouxemos alguns conselhos de mulheres que aceitaram o desafio, e hoje são empreendedoras de sucesso. Confira:

 

Não tenha medo de uma grande falha

Sara Blakely, fundadora da SPANX.

Sara acredita que o fracasso é resultado de um esforço insuficiente. Pode parecer duro, mas é uma lição para ajudar a olhar para as novas oportunidades e forçar a saída da “zona de conforto”. Não importa se as tentativas falharem algumas vezes: esteja aberto para aprender com cada erro.

 

Bloqueie a negatividade

Tory Burch, CEO e fundadora da marca de estilo de vida Tory Burch

Pensamentos como a impossibilidade de se tornar um empreendedor ou o medo de outras pessoas não gostarem da sua ideia, são exemplos de fatores que podem te impedir de chegar ao seu objetivo. Para Tory, o mesmo vale em relação às pessoas que exercem um efeito negativo. Esteja rodeado de pessoas que ajudarão você a crescer, e depois, colha os frutos disso.

 

A sua história é sua maior força de vendas

Jessica Alba, CEO da The Honest Company

O empreendimento da Jessica começou quando ela notou a dificuldade em encontrar produtos saudáveis para seu bebê. Ela acredita que é possível transformar as próprias experiências em vantagens para entender os desejos e necessidades dos seus clientes. Assim como você, os seus clientes podem passar por situações que você já sabe como resolver, ou como melhorar. Use isso a seu favor.

 

Seja engajado e mantenha-se informado

Diane von Furstenberg, fundadora da DVF

Conecte-se com sua comunidade! Pode ser a região em que você está inserido ou um grupo de pessoas com interesses em comum. Para Diane, uma coisa é se tornar bem-sucedido, e outra, ainda mais importante, é permanecer bem-sucedido. O importante, é estar próximo o suficiente para entender quais são as necessidades e expectativas dessas comunidades, e assim, se preparar para oferecer soluções através do seu negócio.

Ir ao Topo