Vendas diretas: setor mostra força em Congresso em São Paulo

A 2ª edição do Congresso Nacional de Vendas Diretas, realizada no último dia 7 de maio, foi um verdadeiro sucesso. Mais de 400 pessoas se reuniram no Villa Blue Tree, em São Paulo, para debater tendências, conhecer experiências e adquirir conhecimentos sobre este fascinante setor.

Convidada para proferir a palavra da autoridade, a deputada federal Soraya Santos (PR-RJ), 1ª secretária da Câmara dos Deputados e ex-líder da bancada feminina, ressaltou a força empreendedora do setor e falou sobre como mulheres inspiradoras encontram nas vendas diretas a autoestima necessária para enfrentar as dificuldades do dia a dia. Segundo a deputada, as vendas diretas podem ser uma excelente ferramenta para ajudar o Brasil a encarar a crise econômica.

Palestrante internacional – Pela primeira vez, a ABEVD trouxe um palestrante internacional para os eventos do nosso setor. Direto dos EUA, o co-presidente e Chief Health and Nutrition Officer da Herbalife Nutrition, John Agwunobi, impactou o público com sua palestra “Reflexão de uma gestão de Sucesso nas Vendas Diretas”.

O executivo apresentou os números que fazem da Herbalife Nutrition a marca número 1 no mundo em shakes substitutos de refeição e proteína e a 3ª maior empresa de venda direta no mundo. Com vendas líquidas de US$ 4,9 bilhões em 2018, explicou durante sua palestra o sucesso do negócio que tem como drive o foco em incentivar o estilo de vida saudável e ativo e proporcionar uma experiência positiva para seus consumidores e consultores independentes.

Durante sua fala, Agwunobi explicou a estratégia de segmentação que a empresa está lançando no Brasil e das mudanças estruturais na dinâmica do negócio. Nessa segmentação, eles fazem uma distinção entre os cadastrados que tem o perfil de clientes e consultores independentes.

“Na Herbalife Nutrition, temos muitas pessoas que se cadastram como consultores, mas, na verdade, são clientes fidelizados que querem adquirir produtos com desconto. A estratégia de segmentação vai além da forma de cadastro e está proporcionando uma experiência e dinâmica distintas para ambos os públicos com comunicações de marca personalizadas e customizadas”, afirma. No mundo, a empresa está presente em 94 países e o Brasil será o terceiro a implementar a segmentação.

De acordo com o executivo, as perspectivas são muito positivas. Na segmentação, a relação dos consultores e clientes será preservada, mesmo que o cliente possa comprar os produtos diretamente da empresa. “Temos mais de 4,4 milhões de consultores independentes no mundo e eles são o nosso diferencial. Eles seguirão acompanhando e motivando os clientes a adotarem um estilo de vida mais saudável e ativo e dando suporte para que façam boas escolhas nutricionais ao oferecerem produtos de nutrição e suplementação de qualidade”, completa.

Ao citar o mercado nacional, Agwunobi comentou que o “Brasil é a joia da coroa” da Herbalife Nutrition e que a empresa “tem muito orgulho de atender a população brasileira”. Em relação ao portfólio, o executivo apresentou diversos produtos de nutrição inovadores que a empresa tem no mundo e ainda reforçou que a estratégia é aumentar cada vez mais o valor agregado para os consumidores. Seja oferecendo sabores customizados para cada país que está presente, dando também maior praticidade no consumo e preparo e, para atrair novos consumidores, estão ampliando momentos de consumo, com lançamentos em novas categorias e com foco também em nutrição esportiva.

Para finalizar, Agwunobi citou que a empresa tem normas e padrões de conduta ética mais rígidos do que os códigos de ética das associações de vendas diretas no mundo. Para exemplificar, listou diversas práticas e indicadores que demonstram o porquê da empresa estar presente há 39 anos no mundo e ser líder em diversas categorias de produtos que disponibiliza no mercado.

Fonte: ABEVD