Início/Adicionar código antes da tag </head>. força de vendas

ABEVD no Seminário Viva Mary Kay 2019

Entre os dias 21 e 23 de janeiro, aconteceu no Expo São Paulo, o Seminário Viva Mary Kay 2019. Adriana Colloca e Natália Hirata, presidente executiva e gerente de novos negócios da ABEVD, compareceram ao evento dedicado à força de vendas.

Realizado em um espaço com mais de 45 mil m², o Seminário reuniu mais de 10 mil consultoras do Brasil inteiro. Na programação, palestras incentivadoras e encontros sobre temas importantes como vendas e atendimento ao cliente.

A presença das representantes da ABEVD no evento, reforça o trabalho desenvolvido pela associação de visitas a diversos encontros para entender as demandas das empresas e, assim, seguir fortalecendo o setor.

2019-12-20T14:35:09-03:00fevereiro 15th, 2019|Categories: ABEVD News|Tags: , , |

A confiança transforma

Quem já empreendeu ou leu sobre o assunto sabe que os critérios cruciais são investimento, capacitação, estudo de mercado e público. O que pouco se aborda, porém, são as habilidades comportamentais, os pré-requisitos para o início e a manutenção de um negócio de sucesso. A confiança é, sem dúvida, um deles.

Afinal, como dar o pontapé inicial para a construção do seu negócio sabendo que a nova opção de carreira pode falhar ou, ainda, dar muito certo e mudar sua vida por completo? A resposta é: acreditando nas suas habilidades e compreendendo que os erros são etapas naturais do processo.

Focada em comprovar essa tese, a conhecida marca americana Tupperware encomendou uma pesquisa exclusiva desenvolvida em parceria com a Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos. O resultado reafirmou a expectativa. Confiança impulsiona os negócios e pode, sim, ser cultivada.

No processo para chegar a essa resposta, mais de 4 mil pessoas da força de vendas autônoma da Tupperware foram ouvidas – nos Estados Unidos, na África do Sul e no Brasil. A maioria apontou que crer em si mesmo e saber que teria o apoio da organização caso cometesse erros levava a aumentos significativos de produtividade. Nas vendas líquidas, a escalada atingiu 22%, além de gerar maior identificação com a empresa.

Outro apontamento interessante é que, diferentemente do que se pensa, a confiança não é uma característica estática. Ela pode subir até 30% em funcionários inseridos em empresas com cultura de apoio e capacitação.

A pesquisa só reforçou algo em que eu e a corporação que lidero no país há uma década acreditamos: estimular o encorajamento e, consequentemente, a confiança é um fator motivador dos negócios. Em um ambiente mais propício à tentativa (e ao erro, claro), que incentiva as novas ideias, cresce o número de profissionais dispostos a arriscar e experimentar.

Deixando os dados de lado por um momento, proponho aqui uma reflexão. Você já parou para pensar sobre o poder provindo de uma rede de apoio? Quando recebemos suporte de outras pessoas, notamos que as aflições e os receios não são preocupações só nossas. Baixamos a guarda e nos sentimos amparados para encarar problemas, aceitar desafios, falhar e, claro, tentar de novo. Os elos são poderosos e nos fazem mais fortes, acredite!

As etapas no mundo dos negócios e, especialmente, no empreendedorismo não são fáceis. Não existe cenário seguro, mas essa trajetória deve ser encarada como um teste. Você terá, a cada dia, uma nova chance, a oportunidade de fazer dar certo. Se atua em grandes times, é imprescindível que se contagie com o clima e crie elos. Isso vale, inclusive, para a liderança. Para quem atua de forma autônoma em pequenos grupos, a dica é acreditar nas próprias habilidades interpessoais em todas as atividades, inclusive nas pequenas tarefas, como efetuar uma ligação de prospecção. Com o cultivo diário da confiança, você transforma a sua vida e a das pessoas à sua volta. O resultado virá com certeza.

*Artigo escrito por Paola Kiwi, presidente da Tupperware no Brasil.

Fonte: Tupperware

Tupperware mira no potencial do empreendedorismo brasileiro

A multinacional oferece incentivos exclusivos e possibilidade de lucro de até 100% para quem busca uma carreira independente e estabilidade financeira

Apontado como um dos países mais empreendedores do mundo, segundo pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor – GEM em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE (*), empresas de vendas diretas enxergam no Brasil uma oportunidade de proporcionar às pessoas uma forma atrativa para suprir os anseios de independência financeira e mudança de vida, uma vez que o cenário hoje é de 13,7 milhões de brasileiros sem emprego, segundo dados do IBGE.

A Tupperware Brands se destaca neste segmento por proporcionar programa de incentivos, suporte às consultoras e possibilidade de até 100% de lucratividade se comparado com as demais empresas do setor. Para a Vice-Presidente de Relacionamento, Angélica Kanashiro, as consultoras Tupperware e Nutrimetics – marca internacional de cosméticos da multinacional – enxergam esse trabalho como uma experiência e oportunidade única para obter qualidade de vida e flexibilidade de horários. Isso sem falar nos ganhos financeiros. “A nossa força de vendas ganha por produtividade. Há uma comissão fixa de 26,5% sobre o valor de cada produto vendido, porém ela pode chegar a 100% sobre o total da venda, devido aos incentivos semanais e conquistas de prêmios em produtos que são proporcionados semanalmente”, comenta a executiva.

Além disso, a companhia possibilita crescimento profissional na estrutura do negócio, um dos pontos mais almejados pelos jovens brasileiros, ainda segundo a pesquisa. “Hoje 60% da força de vendas da Tupperware é formada por millenius. As oportunidades dentro da companhia são inúmeras e a remuneração vem atrelada ao esforço de cada um. Um exemplo disso é que ao trazer mais consultoras é possível se tornar uma Líder e, com isso, ganhar um percentual sobre o seu grupo e vagas em viagens internacionais e nacionais. De acordo com o desempenho da Líder, é possível alcançar patamares mais altos, os de Empresária e de Distribuidora”, completa Angélica.

As Distribuições realizam diversos encontros ao longo do ano ao redor do Brasil para capacitar pessoas interessadas no trabalho. “A ideia é mostrar as muitas possibilidades que a Tupperware oferece para esta população ansiosa por oportunidades”, finaliza.

Além desses encontros, cursos gratuitos online e presenciais – focados em cada nível, são oferecidos à Força de Vendas. Para saber mais, basta entrar no site oficial da marca e procurar por “Encontro Tupperware”.

(*) Relatório Executivo 2017 em parceria com o GEM – Global Entrepreneurship Monitor sobre o aumento da proporção de jovens no grupo de Empreendedores Iniciais

Fonte: Tupperware

2019-12-20T15:07:30-03:00novembro 6th, 2018|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Treinamento da força de vendas do setor de vendas diretas

Por Eduardo Vilhena *

Em Junho de 2018, a Mary Kay completou 20 anos de presença no Brasil. Durante estas duas décadas muitas pessoas tornaram-se Consultoras de Beleza Independentes, fazendo parte da Força de Vendas Independente Mary Kay.

O treinamento da Força de Vendas Independente é um ponto primordial para o setor de Vendas Diretas. É crucial manter-se atento as oportunidades e principalmente as necessidades, a fim de garantir a melhor absorção possível do conteúdo para fortalecer as chances de aplicação prática. Vale lembrar que falamos de um universo de milhares e milhares de pessoas e quem não treina constantemente sua Força de Vendas Independente, abre caminho para ações indevidas, tais como: ofertas de oportunidade com promessas falsas ou de difícil alcance (de altos ganhos), abordagem indevida e/ou agressiva a membros de força de vendas independente de concorrentes, entre outros. Essas práticas citadas ferem os Códigos de Ética da ABEVD e colocam em risco todo o mercado de Vendas Diretas.

Para garantir que a Força de Vendas Independente tenha uma conduta adequada, a Mary Kay disponibiliza dois documentos: o “Seu Negócio Legal” que rege as diretrizes pelas quais devem conduzir seus negócios independentes e o “Guia de Uso das Redes Sociais” que traz a forma como podem ser usadas as mídias sociais para desenvolver seus Negócios Independentes.

O “Seu Negócio Legal” e o “Guia de Uso das Redes Sociais” são uma base sólida para direcionamento da conduta das Consultoras de Beleza Independentes da Mary Kay, incluindo tópicos importantes que refletem o código de ética da ABEVD, valendo ressaltar inclusive que este último foi atualizado recentemente.

Destaco os pontos mais importantes do “Seu Negócio Legal”:

Política de 100% de Satisfação – Caso, por qualquer motivo, um consumidor não esteja satisfeito com um produto, este poderá ser substituído sem custos ou o preço total de compra reembolsado, depois de sua devolução para a Consultora ou para a companhia (caso a Consultora não esteja mais ativa), mediante comprovante da compra;

Cobrança por sessões – Qualquer membro da Força de Vendas Independente nunca cobrará para oferecer Sessões de Beleza;

Mary Kay em estabelecimentos de varejo – É um ponto que gera muitas dúvidas, principalmente pelo movimento de multicanais que algumas empresas do setor estão adotando. Para ficar bem claro e objetivo, resumimos o conceito em uma frase de fácil assimilação para a Força de Vendas Independente: “A exibição ou a venda dos produtos da Mary Kay® em varejo ou estabelecimentos de qualquer tipo (incluindo sites de varejo e de leilão pela Internet) é proibida”.

Não poderia deixar de mencionar o incrível trabalho do time de Educação de Vendas da Mary Kay que oferece diversas orientações – remotas (pela web em vídeo) e também presenciais nas principais capitais – sobre temas presentes e complementares ao “Seu Negócio Legal” e ao “Guia de Uso das Redes Sociais”.

É por isso que o treinamento tem que ser amplo e constante, mostrando que a ética é a base e aqui na Mary Kay isso é um fato. Ainda que hoje entendamos que temos ótimos materiais, não nos acomodamos e estamos sempre desenvolvendo novos treinamentos e novas formas de apresenta-los à nossa Força de Vendas Independente.

* Eduardo Vilhena é Diretor Jurídico e de Relações Governamentais da Mary Kay do Brasil e membro da Diretoria da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD)

2019-12-20T14:38:49-03:00setembro 14th, 2018|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Sobre vendas: 5 características para um time de sucesso

Como reconhecer e desenvolver as principais competências de vendas com sua equipe

Quando o assunto é venda direta, o fator mais importante é aquele que caracteriza esse tipo de negócio: o contato pessoal. E é exatamente por causa desse contato tão próximo que é imprescindível ter uma equipe alinhada e preparada para expressar toda a credibilidade que seu negócio tem. Através de um estudo de comportamento publicado pela Revista Exame, trouxemos algumas das principais características que contemplam uma personalidade de sucesso.

1 – Ter instinto e autoconfiança é apontado como diferencial para fechar mais vendas. Para alcançar essa característica o primeiro passo é conhecer com profundidade o diferencial do negócio para saber exatamente aquilo que vai atingir o cliente.

2 – Bom-humor também não pode faltar. Quem é extrovertido consegue deixar as pessoas ao seu redor mais à vontade para conversar, e assim, conquistam mais abertura para argumentar. A dose certa de informalidade, nesse caso, pode ajudar a tratar o cliente de igual para igual.

3 – Hoje são poucos os que conseguem abrir a agenda e ver muitos espaços em branco. Já que o tempo é curto, agilidade é que os seus clientes vão esperar de você e sua equipe para tirar dúvidas e negociar.

4 – Todos querem encontrar uma forma de se destacar, e quem pensa dessa forma, está certo: se fazer marcante faz diferença tanto o momento, quanto para próximas oportunidades que surgirem. É o primeiro passo para construir uma boa rede de contatos.

5 – Vale a pena insistir? Com certeza. Receber um “não” pode ser a chance de pensar o que você pode melhorar na oferta do seu negócio, além de renovar suas estratégias de relacionamento. Afie os argumentos e pense numa nova forma de abordagem.

Experimente colocar essas dicas em prática no seu dia a dia e observe as mudanças na forma de se relacionar com seus clientes. Inspire-se e boas vendas!

2019-12-20T12:31:56-03:00maio 14th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |
Ir ao Topo