Oito segredos para o sucesso

Analista compartilha conhecimento para incentivar práticas de sucesso

Após anos de trabalho e entrevistas com executivos e empresários, o analista Richard Saint John reuniu, em curta apresentação para o TED, os ensinamentos sobre os segredos do sucesso.

Com o objetivo de compartilhar um conhecimento que pode ajudar outras pessoas a chegar ao sucesso, Saint John incentiva o desenvolvimento em todos os âmbitos. Confira:

1. Paixão – É preciso fazer as coisas com amor, não por dinheiro.

2. Trabalhe Duro – Empenhe-se para cumprir com seus objetivos.

3. Pratique – Para atingir a excelência, é preciso tempo e prática.

4. Tenha foco – Mantenha o foco e vá longe.

5. Esforce-se – Empenhe-se física e mentalmente. Não é fácil, mas necessário.

6. Sirva – Servir é um privilégio. É essencial proporcionar experiências que gerem valor para as pessoas.

7. Ideias – É preciso ideias para inovar, desenvolver negócios e crescer.

8. Persista – Você pode errar e passar por dificuldades, mas se persistir alcançará o sucesso.

Confira o vídeo na íntegra:

Cinco dicas de gestão do fundador da Ricardo Eletro

Para empresário, é preciso estudo, organização e empenho para montar um negócio de sucesso

Compreender o sistema gerencial, bem como proporcionar uma visão sistêmica da gestão, faz parte das premissas empresariais de gestão de um negócio. Ao avaliar o mercado brasileiro, percebe-se que não são poucos os exemplos de redes varejistas e de venda direta que se destacam pelo relacionamento com o cliente e, é claro, pelos resultados promissores.

Com sede de conhecimento e com planos e estratégias bem definidos, o empresário pode realizar o sonho de construir um império de eletrodomésticos, estabelecendo sua marca em um mercado em que grandes empresas já se destacavam. Para isso, ele seguiu alguns passos que podem ser aplicados aos processos de gestão de qualquer empresa.
Confira as cinco dicas do fundador do Ricardo Eletro para montar um negócio de sucesso:

1. Defina estratégias
Para que um negócio prospere, é preciso planejamento e definição de estratégias. Sem isso, é impossível definir processos e traçar objetivos.

Ricardo conta que, aos 18 anos, começou a realizar o sonho de vender eletrodomésticos. “Comprava liquidificador por R$ 49,90 e vendia a R$ 19,90. Ninguém conseguia vender por esse preço. Compensava o prejuízo com a venda de outros produtos, que saíam pelo dobro do valor que eu pagava por eles”, diz. Assim, ele ficou conhecido pelos preços baixos e passou a aumentar a oferta de eletrodomésticos e, aos poucos, construiu seu império.

2. Diferencie-se da concorrência
Algumas adequações são capazes de mudar todo o cenário de vendas. Mas, para alinhar as estratégias às exigências do setor, é preciso, primeiramente, estudar o público-alvo. Logo em seguida, a análise do potencial de mercado e a observação da concorrência tornam-se essenciais para o negócio.

É fundamental apresentar diferenciais e vantagens para o consumidor. Ricardo, no entanto, atenta para o fato de que o bom atendimento não pode ser tratado como um diferencial, mas ao contrário, “bom atendimento é obrigação”.

3. Informe-se
Frequentar eventos e feiras do setor, assim como, aproveitar toda oportunidade para tirar dúvidas com outros empresários da área é essencial para o desenvolvimento de uma empresa. Foi numa dessas conversas, por exemplo, que Ricardo recebeu a dica de montar um depósito único para as mercadorias e só distribuir o necessário para cada loja.

“Eu recebia caminhões de mercadoria em cada loja. Queria crescer, mas seria impossível administrar os recebimentos dessa forma. Depois do depósito, passei de 10 para 150 lojas. Foi uma dica que fez toda a diferença”, afirma o empresário.

4. Comunique-se com o consumidor
Ricardo ressalta a importância de investir na comunicação com os clientes. Sem ela, os planos e estratégias estabelecidos não se concretizam e o negócio não evolui. “Não adianta vender barato se as pessoas não sabem disso”, afirma o empresário que investe R$ 50 milhões por mês em publicidade.

5. Trabalhe duro
É fundamental conhecer e dominar todos os processos gerenciais da sua empresa, desde os postos mais simples de trabalho até os cargos de liderança. É preciso estar presente e envolvido para entender o seu modelo de negócio e para identificar oportunidades de atuação.

Para o empresário, que começou como vendedor e, hoje, delega funções para milhares de pessoas, é essencial que o empreendedor não descuide de nenhum detalhe de seu negócio. “As funções mudam com o tempo, mas o volume de trabalho não diminui”, diz.

Fonte: https://economia.uol.com.br/empreendedorismo/noticias/redacao/2015/08/06/orfao-de-pai-dono-da-ricardo-eletro-vendia-mexerica-aos-12-veja-5-dicas.htm

2019-12-20T15:01:09-03:00setembro 17th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Dicas para gerenciar uma equipe de revendedores a distância

Como alinhar informação e permear técnicas para garantir o sucesso

Uma das vantagens de trabalhar com vendas diretas, é a possibilidade de alcançar muito mais clientes através de uma equipe de revendedores bem distribuída. No entanto, para driblar alguns obstáculos que podem dificultar o negócio, a distância precisa ser bem administrada. Aqui, trouxemos 5 dicas para gerenciar a sua equipe com segurança e manter a vitalidade das suas revendas:

 

1-  Mantenha as linhas de comunicação abertas

Separe um tempo para ensinar sua equipe a solucionar problemas e encontrar as respostas que precisam nas situações mais comuns da rotina de vendas, além disso, use as redes sociais ou e-mail para ajudar em ocasiões pontuais. Determinadas regiões podem apresentar necessidades e desafios diferentes e é importante sua equipe se sentir confiante para administrar essas situações.

 


 

2 – Tenha certeza de que os novos membros estão preparados

Isso é importante para todos os novos membros, mas é indispensável para quem trabalhará longe. Antes de ir “a campo” (seja qual for a categoria de produtos que você trabalha), tenha certeza de que o novo membro da sua equipe está preparado para demonstrar os produtos oferecidos e esclarecer as possíveis dúvidas dos clientes. Isso é importante porque ele provavelmente não terá a oportunidade de acompanhar alguns dias da sua rotina ou mesmo, de outros membros mais antigos.

 


 

3 – Incentive a análise do comportamento dos clientes

O melhor jeito de buscar a aproximação com os clientes, é entendendo as suas expectativas e necessidades, para assim, oferecer os produtos mais adequados. Para isso, incentive sua equipe remota a identificar quais as principais características dos consumidores de suas próprias regiões, além de fornecer características gerais que você já conhece sobre seu público. (Leia também Entenda o comportamento dos consumidores”)

 


 

4 – Certifique-se de todos os recursos on-line foram bem explicados

Se a empresa com a qual você trabalha oferece recursos digitais como tutoriais, catálogos ou outros, através de sites ou redes sociais, isso será um importante aliado para esclarecer dúvidas e potencializar vendas. Para quem trabalha a distância, esses recursos podem ajudar a tirar dúvidas de uma forma rápida e funcional.

 


 

5 – Inclua membros da sua equipe a distância no seu sistema de reconhecimento

Em reuniões para discutir resultados e avaliar o desempenho do mês, inclua também as pessoas da sua equipe que não estão presentes. Os resultados podem ser compartilhados pela internet, através de aplicativos como Skype ou Hangouts (do Google). Se você manter uma boa relação com sua equipe desde o início e fazer com que eles saibam que o sucesso individual de cada um é importante para você, essa será uma ótima maneira de promover um crescimento saudável e expandir seu potencial de vendas.

2019-12-20T10:56:05-03:00julho 8th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

5 dicas do guru de gestão Tom Peters para sua empresa

“Pai da empresa moderna” dá valiosas dicas de gestão para executivos e empreendedores num evento em São Paulo

Em um evento realizado na cidade de São Paulo no último mês de abril, Tom Peters conversou com executivos e empreendedores das mais diversas áreas e dividiu valiosas dicas de gestão que podem ser utilizadas para a venda direta, tanto para empresas, quanto para revendedores.

Dentre as diversas dicas que indicavam os caminhos para se conseguir excelência em uma empresa, foram separadas aquelas de mais destaque e que mais se aplicam ao setor de venda direta:

 

  • Seja apaixonado pelo que faz

Divirta-se no trabalho. É lá que você passa a maior parte do tempo.

“Se você não está dando vidas melhores às pessoas, você não devia estar nos negócios. Ame o que você faz”

 

  • Funcionários satisfeitos fazem toda a diferença

Sua equipe precisa estar sempre contente, pois o cliente sentirá isso. “Seus consumidores nunca serão mais felizes do que seus empregados”, afirma Tom. O guro aposta em ter lucro colocando as pessoas na frente.

 

  • Investir em treinamento é essencial

Seus funcionários sabem absolutamente tudo sobre a empresa? Não? Por qual motivo? “Se você decide ser líder, você não é mais engenheiro ou médico, você passa a ser um desenvolvedor de pessoas”. Por isso, treinamento é sinônimo de investimento.

 

  • Aprenda com os erros

“Para ter sucesso, você tem que tentar muitas coisas. ‘Faça a coisa certa de primeira’ é a frase mais estúpida já dita”, afirma. Em muitas vezes, fracassar pode ser mais valioso do que o sucesso. Pessoas com ideias interessantes, que trabalham muito, mas por alguma razão não acertaram, devem ser aplaudidas. Mas lembre-se: aprenda com os erros.

 

  • Contrate com o coração

Procure pessoas que sejam apaixonadas como você. Opte pelas mais animadas, que transpiram disposição. Durante a entrevista, preste atenção se a pessoa usa mais vezes “eu” ou “nós”. “Toda decisão de parceira ou relacionamento é uma decisão estratégica sobre inovar ou não”, afirma.

2019-12-20T15:01:43-03:00maio 21st, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |
Ir ao Topo