Empresária da venda direta é inspiração para muitos empreendedores

Jan de Oliveira tem aproximadamente 3 mil pessoas que a seguem e transformam suas vidas com as dicas que a empresária dá

Nascida no interior do estado de Goiás, ao chegar a São Paulo, Jan de Oliveira tinha apenas 15 folhas de papel e um projeto de se tornar uma empresária de sucesso. Depois de um mês na capital paulista, nada do que tinha sonhado e planejado havia acontecido. Ela estava disposta a voltar para Goiás quando recebeu um telefone de uma empresa cliente querendo adquirir seus produtos. “Não pensei duas vezes! Fui até o guichê e vendi a minha passagem de volta”, relembra Jan. Ao chegar ao cliente, conseguiu fazer uma venda razoável e se fixou na capital. “Foi difícil, era vender ou vender, não tinha meio termo eu já estava completamente desfavorecida de valores. Relato esse momento como a venda da minha vida”, conta.

Em 2012, Jan já tinha se estabelecido em São Paulo quando resolveu não mais importar perfumaria e cosméticos, e decidiu que iria fabricar a sua própria linha no segmento e que teria como foco a venda direta. Com apenas três pessoas, Jan começou seu negócio em 2013. Ela realizava apresentações de negócios todos os dias para as pessoas conhecerem a empresa, adquirir os produtos – kit de revendedor – e formar a rede de negócios. “Hoje, a sala antiga de 10 m² abriu precisou ser ampliada e passou para 500 m² e mais dezenas de funcionários diretos e indiretos”, conta Jan.

Poucos meses após iniciar na venda direta, a empresária enfrentou o primeiro obstáculo. “Começou a surgir a onda das pirâmides financeiras, que vendiam a ideia de que a pessoa, para ser bem-sucedida, não precisava vender nada. Bastava aplicar uma quantia e deixar o dinheiro trabalhar para ele”, explica Jan. Para tentar impedir que as dificuldades fossem maiores que as possivelmente suportadas, os sócios mudaram não só o plano de negócio por três vezes, como o estilo de formação de equipe.

Logo no início de 2014, Jan começou a ministrar treinamento de liderança e formação de equipe para os distribuidores cadastrados em sua empresa, e, em pouco tempo, milhares de pessoas se inspiraram em sua história de vida e profissional, e mudaram radicalmente a forma de fazerem negócios. “A visão da nossa empresa é oferecer qualidade de vida e transformação às pessoas. Se você quer ter pessoas qualificadas, treine-as”, ressalta.

Com cinco anos de existência, a Luxor Perfumes & Cosméticos tem ganhado destaque mercado de venda direta, ao investir em formação de pessoas e premiação por resultados. “Nosso negócio tem desde pessoas desempregadas, funcionários públicos, pessoas com necessidades especiais, aposentados, a médicos e dentistas”, conta Jan.

Além de atuar na venda direta, a Luxor ampliou a sua linha e seus negócios e detêm as marcas licenciadas de Anitta, Deborah Secco, Claudia Raia. Esses produtos licenciados fazem parte de outro nicho de mercado – varejo – e para isso, a empresa investiu em mais 138 representantes nacionais, conquistando espaço em todo o território nacional. “A missão da Luxor não é apenas fabricar produtos com altíssima qualidade, mas sim transformar a vida das pessoas com uma oportunidade de negócio”, revela Jan.

A empresa é uma das associadas da ABEVD.

2019-12-20T12:36:47-03:00janeiro 16th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |
Ir ao Topo