Início/Adicionar código antes da tag </head>. relacionamento

As relações de consumo em xeque

Entenda como a tecnologia tem aproximado cada vez mais empresas dos clientes

Com acesso a informações em múltiplos canais de comunicação, os consumidores passaram a desempenhar um papel de protagonista nas relações de consumo. Por isso, acompanhar as mudanças de comportamento e identificar as reais necessidades dos clientes tornou-se um desafio ainda maior para os profissionais que atuam com vendas.

Diante da multiplicidade de canais e da mudança da percepção de valor do cliente, em que aprimoram-se as relações de custos e benefícios, a consistência e a qualidade do relacionamento entre empresas, revendedores e consumidores finais tendem a ser cada vez mais intensas e determinantes nos resultados.

A experiência, baseada nos sentidos e nas informações, passa a ser um diferencial em todos os campos das relações de consumo. Nesse cenário, ser flexível e estar próximo aos clientes é fundamental para o sucesso dos negócios. Para isso, é preciso atuar em todos os canais, principalmente nas redes sociais.

Para explorar os potenciais das redes sociais, no entanto, não basta estar presente em diversos canais e divulgar as novidades, é preciso monitoramento e estratégias especiais. Por meio de ferramentas especializadas é possível identificar interesses, acompanhar as principais tendências do mercado e garantir o sucesso nas vendas.

Fonte: DCI

2019-12-20T14:53:36-03:00abril 27th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Quatro dicas valiosas para ter sucesso nas vendas

Entenda como fidelizar e atrair clientes por meio da aproximação e do relacionamento

O processo de fidelização de clientes exige muito mais do que bons preços, empatia e boas condições de venda, ao contrário, envolve a conquista de confiança, esforço e investimento em relacionamento.

Utilizado como uma ferramenta que facilita a relação entre vendedor e consumidores, o follow-up é um contato feito para identificar necessidades e opiniões após uma venda. Da mesma forma, também é essencial para que o vendedor possa entender os motivos de uma recusa e para divulgar novidades e ações promocionais.

A atividade é simples, mas merece uma atenção especial para que cumpra com seu objetivo principal e impulsione as vendas. Confira as dicas:

Tenha sensibilidade
É fundamental haver um motivo para a ligação, caso contrário, o cliente pode se incomodar com o “assédio do vendedor”, ou seja, é preciso um contexto que justifique o contato.

Se o follow-up for realizado com o objetivo de acompanhar um cliente pós-venda para verificar sua satisfação, por exemplo, dê um prazo de dois a três dias, assim, você permite que ele teste o produto e formule uma opinião a respeito do produto adquirido. Caso contrário, se o objetivo é acompanhar uma recusa, o contato deve ser feito periodicamente.

Entenda o momento do seu cliente

Quando o vendedor tem em mente onde seus clientes se encontram dentro do fluxograma de vendas (se são consumidores em potencial, pessoas com conhecimento e familiaridade com os serviços oferecidos ou clientes fiéis), ele pode direcionar a abordagem do follow-up com objetivos e metas distintos. É importante que o contato seja realizado para acompanhar o progresso e identificar as necessidades do cliente.

Saiba o que falar e quando falar

É importante definir previamente um planejamento para a realização de follow-up. Assim, é possível elaborar um “script” para auxiliar o contato e estabelecer objetivos e público-alvo das ligações.

Ofereça novidades

Entre em contato com clientes que tenham mostrado interesse e, acima de tudo, com aqueles que apresentaram algum tido de resistência ou recusa pelos seus produtos ou serviços. Para isso, é fundamental apresentar os seus serviços, passar informações importantes sobre os seus produtos e oferecer novidades, como possíveis descontos e promoções.

Fonte: ProspectaInc

2019-12-20T12:21:57-03:00novembro 9th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , , |

Amway fala sobre relacionamento com revendedores

Diretora de recursos humanos conta detalhes sobre gestão de pessoas

 

A Amway é atualmente a maior empresa de vendas diretas de acordo com o Relatório Global de Vendas Diretas, publicado pela World Federation of Direct Selling Associations  neste ano. A diretora de recursos humanos da Amway, Kelly Savage falou em entrevista para a Direct Selling News, sobre algumas experiências que a ajudaram a entender melhor a dinâmica da gestão de uma equipe de revendedores. Confira alguns dos principais trechos:

 

A nossa concorrência não está necessariamente vindo de dentro de venda direta.

 

Kelly estava falando sobre o processo de retenção de talentos. Trabalhar com uma boa equipe, que entende o cenário do mercado pode ajudar a ter mais chances de sucesso, já que a concorrência para quem trabalha com venda direta nem sempre são produtos que competem nessa categoria. Ela fala sobre sua primeira entrevista com o presidente da Amway, lembrando que “imediatamente eu o abracei e entendi que naquele momento teria um público cativo de empresários para trabalhar. Quão poderosa seria essa equipe?”

 

Assumindo que um novo revendedor aceitou a oportunidade de trabalhar com você, como fazer para que ele tenha a visão da sua empresa?

 

Na Amway, os novos revendedores são incentivados a não ceder a pressão e apenas ouvir. “Ficamos com eles em campo o mais rapidamente possível para que eles possam começar a entender o negócio”, diz Savage. A diretora explica que a expressão “as pessoas não deixam as empresas e sim os gestores” faz todo o sentido para eles e esse pensamento incentiva a contratação de uma liderança forte, que envolve e guia a equipe de revendedores para fazer com que os recém-chegados sintam-se confortáveis e os veteranos continuem engajados.

 


 

Independentemente de onde você encontrar o seu próximo líder, ele provavelmente foi um revendedor antes. Os vendedores diretos que vão liderar esta indústria para o futuro são aqueles que nunca param de atrair, desenvolver e nutrir sua própria equipe. Isso não só faz sentido na venda direta, como em qualquer negócio.

 

Para ler a entrevista completa, clique aqui (texto publicado originalmente em inglês).

2019-12-20T15:12:02-03:00agosto 21st, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Você está compartilhando seus objetivos de vendas diretas com sua equipe?

Demonstre apoio e compartilhe seus planos ao mesmo tempo

 

Você também se pergunta como manter toda a sua equipe atualizada sobre as conquistas e metas para o mês ou para o ano? A consultora Julie Anne Jones publicou recentemente em seu blog uma dúvida recebida na sua Fanpage de uma consultora pedindo orientações de como transmitir resultados positivos sem parecer estar “gabando-se” das conquistas. Julie respondeu:

 

Para atualizar e motivar sua equipe, informe-os sobre quais são os objetivos coletivos e não apenas quais foram as realizações do último período.

 

 

Em outras palavras, em vez de dizer a sua equipe sobre quanto dinheiro você está fazendo, compartilhe um objetivo ainda não alcançado no qual você esteja trabalhando: “Meu objetivo é vender pelo menos 8 kits até o final da próxima semana. Eu já consegui vender 6, então estou trabalhando em mais 2.”

 

As perguntas que devem ser feitas são:

  • qual o seu objetivo total?
  • onde você está agora?
  • o que você precisa fazer para alcançar o seu objetivo?

 

Dessa forma, você estará compartilhando não só seus objetivos, como o seu próprio esforço e apoio. É uma forma de aproximar sua equipe, mostrando que você também tem suas próprias metas e trabalha para alcançá-las – seu time se identificará com muito mais facilidade. Um líder de vendas diretas que compartilha uma direção e uma visão com sua equipe, estimula o trabalho de todos.

 

Para construir um relacionamento positivo, ofereça algum tipo de incentivo para que todos compartilhem seus objetivos e ofereçam apoio uns aos outros. Uma forma de manter todos conectados é criar um grupo privado no Facebook ou no WhatsApp, por exemplo. E não se esqueça: seu time tem as pessoas que melhor podem falar como você pode demostrar mais apoio e suporte!

2019-12-20T15:12:03-03:00agosto 17th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |
Ir ao Topo