Empatia pode ser uma fonte de crescimento para os negócios

Entenda a importância de assegurar uma boa relação com o cliente para impulsionar os resultados

Estudos da Universidade da Filadélfia apontam que o crescimento de um negócio está diretamente relacionado às relações entre as marcas e os consumidores. Fator determinante, a empatia pode se tornar uma fonte de conhecimento e compreensão sobre o público-alvo, assim, o empreendedor pode oferecer produtos e serviços que atendam às necessidades de seus clientes.

Além de proporcionar experiências de excelência no ato da compra, a empatia também influencia o índice de vendas adicionais conquistadas pelos vendedores. Estes são dados de uma pesquisa realizada em 69 países, pela companhia sueca Better Business World Wide, em parceria com a brasileira Shopper Experience, que revela, ainda, que o Brasil está em penúltimo lugar num ranking que mede a quantidade de atendimentos iniciados com um sorriso.

Para reverter esse cenário, é importante que os vendedores estejam atentos às atividades diárias e promovam, constantemente, exercícios para avaliar o atendimento ao cliente, assim como pesquisas que medem os reflexos nos resultados do negócio.

“Tudo começa pela empatia. Saia da sua posição e coloque-se no lugar de outra pessoa”, afirma o sociólogo Sam Richards, em sua apresentação no TEDxPSU. Para o especialista, o processo de pensamento facilita a compreensão da realidade e, aplicada às práticas de vendas, facilitam as relações entre vendedores e clientes.

Clique aqui e assista à palestra de Richards na íntegra.

Fonte: Exame e Endeavor

2019-12-20T12:22:10-03:00outubro 30th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Dica de leitura – Vendedor samurai e os 8 passos de ouro em vendas

No dia do livro, aproveite os ensinamentos de Felipe Costa para aprimorar as técnicas de venda

Inspirado nos segredos e na cultura milenar oriental, o livro “Vendedor samurai e os 8 passos de ouro em vendas” apresenta os princípios e os valores desses lutadores aplicados à vida e à rotina de um profissional de vendas.

Em oito passos simples e práticos, o autor Felipe Costa explica que as vendas representam um processo natural, comprovando que todos somos vendedores em algum momento da vida. Dessa forma, a obra busca aprimoramento constante de técnicas e é voltada para jovens, que estão no início da vida profissional, e para vendedores experientes que estão à procura de informações para não caírem na armadilha do comodismo.

Conhece a obra? Conte-nos sua opinião.

Fonte: Livraria Cultura

2019-12-20T12:22:21-03:00outubro 29th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , , , |

Oito mudanças de hábitos que não custam nada

Confira como algumas atitudes podem ser determinantes para o sucesso

Está enganado quem pensa que para ter sucesso é preciso investir, unicamente, em cursos preparatórios e especializações. Em tempos de crise, a adoção de alguns hábitos pode auxiliar os vendedores a aprimorarem suas atividades diárias de maneira prática, simples e gratuita.

Veja como adotar algumas atitudes pode promover o desenvolvimento de um vendedor de sucesso:

1. Medite
Preocupar-se com o corpo é fundamental para ter uma vida saudável, mas só isso não basta, também é importante cuidar da mente. Por meio de técnicas de relaxamento e de exercícios, é possível desenvolver técnicas de concentração e memória, determinantes para o desenvolvimento das atividades diárias de seu negócio.

2. Acorde cedo
Inicie suas atividades logo cedo e organize os afazeres do dia. Assim, é possível melhorar a produtividade, administrar o seu tempo e equilibrar a relação entre os compromissos profissionais e pessoais.

3. Faça contatos
As pessoas de sucesso reconhecem a importância de contar com uma rede de relacionamento. Por meio dela é possível estabelecer conexões de qualidade, que podem revelar oportunidades de crescimento que podem ser aproveitadas no futuro. Participe de palestras, congressos, cursos. Troque informações e compartilhe experiência.

4. Mantenha-se ocupado
É preciso empenho e dedicação para chegar ao sucesso. Transforme os momentos de ócio em oportunidades para se atualizar, otimizar processos e buscar alternativas que impulsionem o seu negócio.

5. Identifique o momento de dizer “não”
Ao listar prioridades e definir um planejamento, evite tudo aquilo que possa atrapalhar a produtividade do seu negócio. Perceba que ao dizer “não” para as coisas que podem desviar o foco do que é realmente importante, você estará mais concentrado para realizar suas vendas de forma objetiva e assertiva.

6. Faça listas de afazeres
Determine prioridades diariamente, assim fica mais fácil identificar quais são as tarefas mais urgentes. Assim, é possível otimizar os processos porque os afazeres estão organizados por ordem de importância.

7. Defina metas e visualize-as
É preciso ter em mente quais são os objetivos do seu negócio, onde você pretende chegar e qual o público que deseja conquistar. Dessa forma fica mais fácil definir metas de atuação e garantir os resultados.

8. Administre o seu dinheiro
Para garantir os resultados do seu empreendimento, é necessário gerir as suas finanças com cuidado e destreza. É preciso investir o dinheiro com sabedoria, procurando, sempre, novas oportunidades e reservando fundos para casos de emergência.

Fonte: Entrepreneur

2019-12-20T15:00:33-03:00outubro 26th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Dica de leitura: Vendas em tempos de crise

Saiba o que é preciso para garantir resultados quando ninguém está comprando

Para mostrar que é possível seguir os princípios das vendas em períodos de instabilidade econômica e, ainda assim, garantir o sucesso de um negócio, o livro “Vendas em tempos de crise” apresenta estratégias para que os vendedores continuem a prosperar no mercado.

Para o autor Tom Hopkins, especialista em vendas de renome mundial, a única maneira de lidar com momentos de adversidade é enfrentando-os. É necessário reverter a dinâmica dos tempos de crise e enxergar novas oportunidades, só assim é possível voltar a crescer.

Fonte: Livraria Cultura

2019-12-20T15:00:34-03:00outubro 22nd, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Mercado de vendas diretas cresce em todo o mundo

Estudos apontam mudança de comportamento e crescimento do setor em tempos de crise

Em tempos de crise, pesquisas revelam que o setor de vendas diretas se destaca e cresce em todo o mundo. De acordo com o Relatório Global de Vendas Diretas, da Direct Selling News (DSN) e da World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA), foi registrado o crescimento de 6,4% no último ano, resultado que comprova a adesão dos profissionais a essa alternativa de trabalho.

Nesse cenário, o Brasil se destaca como o 5º no ranking mundial por receita, com 7% de participação no mercado. O número de profissionais também aumentou no último ano no mundo, com 100 milhões de pessoas trabalhando com vendas diretas. Da mesma forma, o Reino Unido registrou números nunca vistos na economia britânica, com 400.000 vendedores, mais do que qualquer outro tipo de trabalho no país.

A mudança de comportamento e o crescimento refletem a força das vendas diretas. Para especialistas o resultado não surpreende, mas estimula o crescimento do setor, uma vez que a maioria dos entrevistados declararam que gostariam de ter o seu próprio negócio ou ter horários de trabalho mais flexíveis.

Com uma lógica completamente dinâmica, a venda direta permite que os vendedores determinem sua rotina de trabalho, de acordo com seu próprio estilo de vida. Assim, qualquer pessoa pode começar seu próprio negócio, vendendo produtos diretamente para seus amigos e contatos mais próximos.

O Relatório Global de Vendas Diretas divulgou, ainda, uma lista com as 100 maiores empresas de venda direta do mundo, sendo que entre as 10 maiores, cinco são associadas à ABEVD. Clique aqui  e conheça nossas filiadas.

Fonte: Family Friendly Working
Fonte: Direct Selling News 

2019-12-20T15:00:35-03:00setembro 30th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , , , , |

Dica de Leitura: A arte da estratégia

Obra apresenta estratégias consagrados que podem ser aplicados a qualquer orarte-201x300ganização

Com o objetivo de facilitar os processos gerenciais, o livro “A Arte da Estratégia” apresenta regras e modelos consagrados de estratégia de gestão, com conteúdo que traz exemplos práticos para aplicação em qualquer organização.

Para o autor Carlos Júlio, é possível planejar, executar e ter sucesso com fórmulas simples e aplicáveis. Assim, a publicação, que faz parte da Série Pique Profissional, deixa claro que é melhor ter uma estratégia simplificada do que meramente não parar para pensar nos objetivos do negócio e em seus planos para o futuro.

Fonte: https://www.carlosjulio.com.br/livros/a-arte-da-estrategia-2/

2019-12-20T15:00:35-03:00setembro 29th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Desenvolva o seu poder pessoal

Entenda como o desenvolvimento pessoal pode influenciar a qualidade dos resultados das vendas

Em um setor em que as relações são a base dos negócios, é importante valorizar o capital humano, bem como identificar e desenvolver talentos. A obtenção de resultados nas vendas diretas está ligada aos estímulos, empenho e envolvimento dos revendedores com a marca. Por isso, o desenvolvimento da melhor versão de cada integrante da equipe é fundamental para o sucesso da empresa.

Ao contrário do que muitos imaginam, investir em venda direta não significa enriquecimento rápido, pelo contrário, é preciso estudo, investimento, monitoramento de ações e, principalmente, tempo, para que o negócio passe a ser mais lucrativo, financeiramente e pessoalmente.

Nesse contexto, o desenvolvimento pessoal significa constante aprendizado, compartilhamento de princípios e descobertas. Assim, é possível observar mudanças diárias, fruto dos desafios e das decisões tomadas durante a trajetória da empresa, a partir da análise e identificação de oportunidades.

Muitas vezes deixado de lado na execução de atividades diárias, o desenvolvimento pessoal propicia essa troca de experiências entre as forças internas de uma organização, capitalizando-as em direção a um objetivo maior, tendo em vista o cumprimento de metas e objetivos. No mercado de venda direta, o seu sucesso é derivado do trabalho conjunto das pessoas, em que todos se ajudam para alcançar um potencial.

Comprovando isso, nas últimas décadas, as empresas de vendas diretas mais bem-sucedidas do mercado mundial têm provado que incluir uma fonte de desenvolvimento pessoal com a educação contínua, formação profissional, apoio e motivação tornam os representantes mais independentes, não só no âmbito profissional, mas também em suas vidas pessoais.

2019-12-20T15:00:38-03:00setembro 23rd, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , |

Novo recorde em Vendas Diretas

Resultados de 2014 mostram que o mercado de Vendas Diretas conseguiu alcançar um novo recorde em número de revendedores

 

Em 2013, a quantidade de revendedores diretos já somava 99,7 milhões de pessoas. Em 2014, esse segmento mostrou mais uma vez o seu potencial de seu crescimento: com base nos números divulgados em Junho pela World Federation of Direct Selling Associations, estima-se que aproximadamente 100 milhões de pessoas atuam nesse mercado,  um aumento de 3,4% em relação ao percentual anterior.

 

A abertura para o aprendizado de novas habilidades é uma das características desse mercado, assim como o estímulo ao networking e o aumento da auto-estima, de acordo com a matéria publicada no blog da WFDSA. Outra característica apontada, foi a possibilidade de se envolver em iniciativas de responsabilidade social através do vínculo com as empresas de venda direta.

 

Outro ponto mencionado pela WFDSA, é a diversidade de perfil desses profissionais: muitos são empreendedores, como gerentes de pequenas empresas independentes que constroem os seus próprios negócios e também part-times, que são pessoas que trabalham com vendas diretas para a obtenção de renda extra, numa rotina de trabalho parcial. Existem ainda os clientes,  que se interessaram pelo negócio, e se tornaram revendedores a partir daí.

 

O percentual de vendas também apresentou um resultado positivo, com crescimento de 6,4%, o equivalente a um valor total de US$182,8 bilhões de dólares em 2014. Os 5 primeiros países apontados nesse ranking, compõem juntos cerca de 60% do total geral do mercado de vendas diretas – os Estados Unidos ainda lidera o mercado e representa 19% de participação, de acordo com o ranking do Relatório Global de Vendas Diretas (para ver o mais detalhes desse relatório, clique aqui).

2019-12-20T10:55:39-03:00julho 9th, 2015|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |
Ir ao Topo