Início/Adicionar código antes da tag </head>. sustentabilidade

Natura inaugura novo conceito de loja no Nordeste

Com projeto arquitetônico inspirado no modernismo, nova loja expressa convite à construção de um mundo mais bonito e traz tecnologia a serviço da experiência do consumidor
A Natura inaugura, nesta sexta-feira, um novo conceito de loja, que valoriza a experiência do consumidor e permite maior interação com os produtos e com a história da marca. O novo conceito de loja também é mais uma expressão do novo posicionamento da marca, “O Mundo É Mais Bonito Com Você.”
Desenvolvido em parceria com a Metro Arquitetos, o projeto trouxe como inspiração os elementos da arquitetura modernista brasileira, as curvas dos jardins de Burle Marx e materiais que ao mesmo tempo reforçam o compromisso da Natura com a sustentabilidade e a inspiração na própria natureza.
Situada no Shopping Barra, em Salvador, a nova loja também marca a chegada das lojas próprias da Natura ao Nordeste, mercado-chave para a expansão nacional da empresa.
A abertura na capital da Bahia faz parte do plano de expansão multicanal da Natura, com mais aberturas previstas para o segundo trimestre do ano em diferentes Estados. As lojas próprias da Natura têm papel complementar ao da venda direta, principal canal da empresa, e também proporcionam experiência cada vez mais integrada ao mundo digital.
“No ano em que completamos 50 anos de história, optamos por lançar um novo conceito de loja, com inovações importantes na comunicação, tornando mais claros os nossos compromissos e causas para o consumidor, que busca uma experiência de compra cada vez mais prazerosa e complementar aos demais canais de venda, como a Venda por Relações e o e-commerce”, afirma Paula Andrade, diretora de Varejo da Natura.
A valorização de toda a jornada do consumidor foi o ponto de partida para o novo conceito, com a tecnologia a serviço da experiência do consumidor, que poderá vivenciar uma experiência virtual de Ekos, conectando-se às comunidades extrativistas da Natura com um óculos de realidade virtual, experimentar vários looks num Espelho virtual para maquiagem e fazer uma avaliação exclusiva de diagnóstico de pele para indicação da melhor solução de hidratação. Para facilitar a experiência do pagamento, ele também poderá ser feito por sistema mobile, que prescinde de caixa, trazendo uma experiência de compra mais dinâmica e fluída.
O novo conceito de loja também busca reforçar o convite da marca para a construção de um mundo mais bonito, com um ponto para logística reversa. Ali, o consumidor poderá retornar a embalagem de qualquer produto cosmético já utilizado, que será transformado em novos frascos de produto. Atualmente, por meio do uso de plástico reciclado em embalagens de linhas como Ekos e Sève, a Natura já evita que o equivalente a 9 milhões de garrafas PET sejam descartadas no meio ambiente anualmente.
A marca também segmentou a loja em três ilhas principais, que permitem maior experimentação de produtos e conhecimento dos ingredientes da biodiversidade por trás dos produtos icônicos da Natura. A primeira ilha, com produtos de cuidados pessoais, traz a linha Ekos, que é 100% vegana e conta com mais de 90% de ingredientes naturais, ao priorizar o uso de ativos da biodiversidade amazônica.
A Casa de Perfumaria do Brasil, que traz as fragrâncias exclusivas da Natura, com ingredientes da biodiversidade brasileira, álcool orgânico e vidro reciclado, ocupa outra ilha central no novo conceito. E, para finalizar, a nova loja dispõe de uma estação de serviços de cuidados com o rosto e maquiagem, com todo o portfolio de Chronos disponível, além dos produtos de maquiagem que realçam as identidades e a beleza de cada um.
“Usamos materiais em seu estado natural e formas orgânicas para criar um ambiente que apela a todos os sentidos, equilibrando exposição de produtos com informação e experiência”, afirma Martin Corullon, sócio do Metro Arquitetos.
Essa é a 38ª loja própria da Natura no Brasil, já presente em dez Estados. Além disso, a Natura conta também com nove lojas no exterior, em Paris, Nova York, Buenos Aires e Santiago.
Serviço:
Shopping Barra Salvador
Piso Térreo
Av. Centenário, 2992 – Chame-Chame, 40155-151
Salvador – BA
Lojas Natura:
Belo Horizonte – BH Shopping, Diamond Mall e Pátio Savassi
Brasília – Park Shopping
Campo Grande – Shopping Campo Grande
Curitiba – Mueller, Palladium, Pátio Batel e Park Shopping Barigui
Cuiabá – Estação Cuiabá
Florianópolis – Beiramar
Goiânia – Shopping Flamboyant, Goiânia Shopping e Buriti Shopping
Rio de Janeiro – Barra Shopping, Bossa Nova Mall, Gávea, Rio Design Barra, Rio Sul, Norte Shopping, Tijuca e Plaza Niterói
Salvador – Shopping Barra
São Paulo – Anália Franco, Center Norte, Cidade São Paulo, Eldorado, Higienópolis, Ibirapuera, Iguatemi Alphaville, Iguatemi Campinas, Jardim Sul, Morumbi, Pátio Paulista, Park Shopping São Caetano, Ribeirão Shopping e Villa Lobos
Exterior – Buenos Aires (2), EUA (2), Paris (3) e Santiago (2)
Fonte: @NaturaBrOficial

Pela 5ª vez consecutiva, Natura está no topo de ranking de reputação corporativa no Brasil

A Natura é a primeira colocada no Monitor Empresarial de Reputação Corporativa – MERCO pela quinta vez consecutiva. O ranking mede a reputação das empresas há 18 anos e já foram realizadas cinco edições no Brasil, todas lideradas pela companhia.

O presidente da Natura, João Paulo Ferreira, segue entre os dez líderes empresariais com melhor reputação no país, na 7ª colocação. “A Natura é o resultado de uma construção coletiva, baseada em crenças sólidas e fortalecida pela diversidade que compõe essa enorme rede de relações”, afirma o executivo. “Este reconhecimento reforça nossos princípios e compromissos, como o compartilhamento de riqueza, o combate ao aquecimento global e o uso sustentável de ativos da Amazônia.”

Para o elaborar a lista, o monitor realizou mais de 3 mil entrevistas com executivos de grandes empresas, especialistas de diversos setores (analistas financeiros, membros do governo, acadêmicos e representantes de ONGs, entre outros) e consumidores.

Fonte: @NaturaBrOficial

Natura celebra 50 anos e propõe um mundo mais bonito

No último dia 14 de fevereiro, a Natura reuniu jornalistas e influenciadores digitais na Casa Natura Musical, em São Paulo, para apresentar o novo posicionamento institucional da marca:

“O Mundo É Mais Bonito Com Você”.

O show de abertura contou com a participação das rappers Drik Barbosa, Tássia Reis, Souto e Nina.

Ao apresentar o movimento que marca o reposicionamento da Natura, Andrea Álvares, vice-presidente de marketing, inovação e sustentabilidade, comentou sobre o vídeo principal que havia sido lançado nacionalmente dois dias antes e sobre outros 6 minidocumentários que são derivados da primeira peça e serão divulgados ao longo do ano.

Durante a apresentação, Andrea comentou sobre o modelo de negócios escolhido pela Natura há muitos anos: a venda direta. Para ela, esta venda por relações é composta por uma rede interconectada e isto ultrapassa a relação comercial, influenciando positivamente na vida de milhares de pessoas.

A pergunta que norteou o reposicionamento da Natura neste ano foi: O que uma marca de beleza pode fazer pelo mundo?

Ações que a Natura já realiza e ajudam a mostrar o que uma marca de beleza pode fazer pelo mundo.

 

Contra testes em animais: criou tecnologias alternativas e foi a primeira empresa da América Latina a conseguir a certificação Cruelty Free International.

Ingredientes seguros: busca incessante por segurança e monitoramento mundial para substituir possíveis ingredientes controversos.

Carbono neutro: A empresa é carbono neutro desde 2007 e o consumidor está assegurado que toda a cadeia foi compensada.

Fórmulas naturais: a natureza sempre foi a inspiração e por isso cerca de 90% dos ingredientes usados pela empresa são naturais. A natureza é fonte de inspiração para a tecnologia.

Cuidado com a origem: a empresa assegura que tira da natureza aquilo que ela pode oferecer.

Embalagens ecológicas: a empresa trabalha para reduzir a quantidade de plásticos que produz. A tecnologia dos refis, por exemplo, é de 1983 e fez da Natura uma das pioneiras neste quesito nas marcas de cosmético do mundo.

A preocupação da empresa mostra-se com resultados. Atualmente já é possível retirar do meio ambiente o equivalente a cerca de 9 milhões de garrafas pet e 1 milhão de garrafas de vidro por ano.

A empresa tem causa: Amazônia viva; Mais beleza, menos lixo; Impacto social, educação e diversidade e não quer que este trabalho fique apenas na teoria. A Natura busca ver os resultados transformadores de suas ações e vem trabalhando para modificar a vida de milhares de pessoas.

Marcado pelo respeito à natureza e à diversidade, o evento da Natura mostrou que e empresa já atua na busca por um mundo melhor e mais bonito com a preservação do meio ambiente e a luta pelos direitos iguais.

Fonte: ABEVD

Natura aposta em painéis inovadores de energia solar em área de 2 mil m2

Tecnologia será instalada na sede da Natura, em Cajamar (SP) e prevê redução de 5 toneladas de CO² emitidos por mês

A Natura irá instalar em sua sede, em Cajamar (SP), 2 mil m² de painéis de Filmes Fotovoltaicos Orgânicos (OPV), terceira geração de células solares capazes de transformar a luz do sol em energia elétrica. A tecnologia foi desenvolvida pela Sunew, líder mundial na produção de OPV, e a instalação será no Núcleo de Aprendizado Natura (NAN), referência de arquitetura industrial sustentável. A instalação dos painéis será concluída ainda no primeiro semestre de 2019.

Quando comparado a outras tecnologias de geração solar, como as que utilizam placas de silício, o OPV é uma alternativa de energia mais eficiente em relação ao impacto ambiental. Com a instalação, a Natura deixará de emitir 5 toneladas de dióxido de carbono por mês. Isso equivale à emissão produzida pelo consumo de 1.930 litros de gasolina no mesmo período. Além disso, os filmes são feitos de material orgânico não tóxico, com impressão similar à indústria têxtil, e requerem menos energia para serem produzidos. Os filmes têm aplicação mais simples e versátil, por serem mais leves e flexíveis, o que facilita a adaptação às mais diversas superfícies.

Simulação aproximada do projeto em 3D/divulgação Sunew

Nesse projeto, a Natura busca aliar a tecnologia solar mais limpa do mundo com design, inovação e o máximo de sustentabilidade possível. “A Natura é uma empresa carbono neutro desde 2007, com esforços intensos para minimizar sua pegada de carbono em todas as etapas de produção e para compensar suas emissões de CO2. Ao longo de nossa história, a Natura consolidou a convicção de que precisamos fazer bem mais do que apenas reduzir ou neutralizar nosso impacto”, comenta Josie Peressinoto Romero, vice-presidente de Operações e Logística da Natura. “A utilização dos painéis de OPV são mais um passo nessa direção, ao avançar na busca de soluções mais eficientes e criativas que conciliam os investimentos em inovação de produtos, infraestrutura e desenvolvimento de tecnologia com as nossas metas de sustentabilidade”, afirma a executiva.

A Sunew será a responsável por projetar, fabricar e instalar o produto no prédio. “Temos acelerado com instalações comerciais, confirmando nossa visão de transformar o segmento com soluções energéticas cada vez mais integradas em nossas vidas, nossas cidades e nossas edificações. Ter a Natura como cliente nos faz muito feliz, sobretudo pelo o que a empresa representa em termos de responsabilidade social, inovação e preocupação com o meio ambiente”, avalia Tiago Alves, CEO da Sunew. A empresa firmou, ainda, um compromisso com a Fundação SOS Mata Atlântica, que prevê o plantio de uma árvore a cada metro quadrado de OPV produzido. Ao final do projeto, serão plantadas 2.020 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica.

Fonte: Natura

2019-12-20T15:05:32-03:00fevereiro 19th, 2019|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Natura oferece economia de até 30% na compra de refis

Há 35 anos, marca incentiva a utilização dessas embalagens para redução da poluição plástica e construção de hábitos sustentáveis

A Natura, marca pioneira no Brasil na utilização de refil de produtos cosméticos, começa 2019 reforçando a sua política sustentável com o mote “Os produtos Natura têm refil, o planeta não”. Mais de 110 itens da marca, em linhas como Ekos, Tododia, Plant e Sève, contam com refis e a economia dessa opção representa entre 20% e 30% em comparação com o valor do produto regular.

A iniciativa reforça um dos pilares de sustentabilidade da empresa, o “Mais beleza, menos lixo”. A emissão relativa de carbono de um refil da Natura é, em média, 47% menor do que um item regular do portfólio e contribui para retirar do meio ambiente 1,6 mil toneladas de plástico anualmente, o equivalente ao volume de lixo gerado por 3 milhões de pessoas em um único dia.

Além do uso de refis e de materiais reciclados pós-consumo, a Natura também investe no aumento do uso de plástico verde, que é produzido a partir da cana-de-açúcar, uma matéria-prima renovável, enquanto os plásticos tradicionais utilizam matérias-primas de fonte fóssil, como petróleo. O plástico verde apresenta mesmo potencial de reciclagem que o plástico tradicional, com o benefício de impactar menos na emissão de gases do efeito estufa, que trazem consequências nas mudanças climáticas. Isto evita a emissão de mais de 5 mil toneladas de carbono por ano, uma redução de gases de efeito estufa equivalente a 876 viagens de carro em volta da Terra.

“Em 1983, fomos pioneiros no Brasil na oferta de refis para nossos produtos e hoje temos certeza de que a economia circular é o caminho para um futuro mais sustentável. Ano passado ainda nos tornamos uma das empresas signatárias do Compromisso Global por uma Nova Economia do Plástico, o que reforça ainda mais nosso compromisso com a redução da poluição plástica”, comenta Keyvan Macedo, gerente de sustentabilidade da Natura.

O Compromisso Global é uma iniciativa liderada pela Fundação Ellen MacArthur, em parceria com a ONU Meio Ambiente, que busca erradicar o desperdício e a poluição por plásticos em sua origem. O acordo já foi assinado por 250 organizações, que juntas representam 20% de todas as embalagens plásticas produzidas no mundo. Entre as metas a serem seguidas estão eliminar embalagens plásticas problemáticas ou desnecessárias e migrar de modelos de uso único para modelos de reuso; inovar para garantir que 100% das embalagens plásticas possam ser reutilizadas, recicladas ou compostadas com facilidade e segurança até 2025 e circular o plástico produzido, aumentando consideravelmente a quantidade de plásticos reutilizados ou reciclados e transformados em novas embalagens ou produtos.

Conheça outras iniciativas adotadas pela Natura para reduzir a poluição plástica em: https://www.natura.com.br/sustentabilidade

Fonte: Natura

2019-12-20T15:05:34-03:00fevereiro 1st, 2019|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , , |

Natura é a 15ª empresa mais sustentável do mundo

Lista da Corporate Knights reúne companhias globais com as melhores práticas do mercado; a Natura é a única brasileira do setor a figurar no ranking Global 100

A Natura é a 15ª empresa mais sustentável do mundo e única brasileira do setor a figurar no levantamento, de acordo com o ranking Global 100, elaborado pela companhia canadense de mídia e pesquisa Corporate Knights. Essa é a décima vez consecutiva que a empresa aparece na lista. O levantamento foi apresentado nesta terça-feira, 22 de janeiro, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

As empresas presentes na 15ª edição do ranking Global 100 conquistaram os melhores desempenhos entre 7,5 mil companhias analisadas em 21 países de diferentes setores da indústria, por meio de uma avaliação rigorosa envolvendo indicadores relacionados à energia, emissões de carbono, consumo de água, resíduos sólidos, capacidade de inovação, salários, segurança do trabalho, percentual de mulheres na gestão, entre outros.

Apenas quatro empresas brasileiras estão nesta lista: Natura, Banco do Brasil, CEMIG e ENGIE Brasil Energia. “Para a Natura, esse é um reconhecimento extremamente relevante, por mostrar que é possível conciliar um novo jeito de fazer negócios, com respeito ao meio ambiente e geração de riqueza para todos, com a criação de valor para os nossos acionistas. Em um ano de tantas transformações importantes para a empresa, figurar pela décima vez no ranking nos motiva a continuar perseguindo nosso desafio permanente, que é construir um mundo mais bonito de gerar impacto positivo”, afirma João Paulo Ferreira, presidente da Natura.

No ano passado, a Natura foi a primeira empresa brasileira a conquistar o selo “The Leaping Bunny”, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de teste em animais de seus produtos ou ingredientes. Também aderiu ao movimento Segunda Sem Carne, presente em mais de 40 países e promovido no Brasil pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), tornando-se a primeira empresa de grande porte do país a aderir à iniciativa.

Ainda em 2018, a Natura superou em mais de 40% a meta de volume de negócios na região amazônica, de R$ 1 bilhão até 2020, com o fortalecimento das parcerias para conservação do meio ambiente e das cadeias da biodiversidade, como parte dos objetivos do Programa Amazônia.

O uso sustentável de ativos da biodiversidade amazônica é um dos principais vetores de inovação da companhia, que tem mais de 80% de suas fórmulas de origem vegetal e, portanto, renovável. Seus produtos também se diferenciam pelo uso de álcool orgânico em todas as linhas de perfumaria e pelas embalagens ecoeficientes, com materiais reciclados pós-consumo, como PET e vidro, além do uso de refis há mais de 35 anos.

“As 100 empresas que compõem o ranking Global 100 mostram que fazer o que é bom para o mundo também pode ser bom para o desempenho financeiro”, afirma Toby Heaps, CEO da Corporate Knights, em comunicado.

A Natura foi também a primeira empresa de capital aberto a obter o selo B Corp, movimento global de companhias que integram o resultado financeiro à geração de resultado socioambiental, reafirmando seu protagonismo na agenda de desenvolvimento sustentável global.

2019-12-20T15:05:35-03:00janeiro 24th, 2019|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Natura promove diálogo com Alain de Botton

Autor de best-seller “Ensaios de amor” estará em São Paulo no dia 22 de novembro

A Natura promove no próximo dia 22, quinta-feira, o diálogo “O mundo mais bonito com amor”, com Alain de Botton, fundador e CEO da The School of Life, na Faculdade Cásper Líbero. O evento faz parte da primeira edição da série de palestras “OMundo+Bonito”, promovida pela Natura para discutir temas como empatia, sustentabilidade e amor em universidades de São Paulo.

O filósofo suíço, que vive na Inglaterra desde os 12 anos, se dedica a desenvolver inteligência emocional e explorar as questões fundamentais da vida em torno de temas como trabalho, família, cultura e autoconhecimento. O autor escreve sobre amor, viagens, arquitetura e literatura. Alguns de seus livros são best-sellers em mais de 30 países.

A Natura acredita no poder do diálogo franco e aberto e das relações para transformar seu entorno, por isso escolheu temas relevantes da contemporaneidade para serem debatidos com a sociedade, especialmente com os jovens. Os interessados podem se inscrever pelo link ou acompanhar a transmissão ao vivo do evento no Facebook da marca.

Serviço:

O mundo mais bonito com amor

Palestra com Alain de Botton, fundador da The School of Life

Data: 22/11

Horário: 10h

Local: Faculdade Cásper Líbero

Endereço: Avenida Paulista, 900, Bela Vista – São Paulo

380 lugares

Inscrições em: https://bit.ly/2qWSWIf

Fonte: Natura

Natura promove diálogos sobre temas contemporâneos

Série de palestras “#OMundo+Bonito” traz pensadores da atualidade para discutir Empatia, Sustentabilidade, Amor e Diversidade em universidades de São Paulo

Entre os meses de outubro e novembro, a Natura vai promover diálogos em universidades de São Paulo para discutir questões como empatia, sustentabilidade, diversidade e amor. A Natura acredita no poder do diálogo franco e aberto e das relações para transformar seu entorno, por isso escolheu temas relevantes da contemporaneidade para serem debatidos com a sociedade, especialmente com os jovens. Assim, a primeira edição de “#OMundo+Bonito”, que contará com quatro palestras de pensadores importantes da atualidade, como Alain de Botton, será realizada nos campi do Istituto Europeo di Design, FAAP, Universidade Zumbi dos Palmares e Faculdade Cásper Líbero.

A primeira palestra será de Roman Krznaric, historiador e fundador da The School of Life de Londres, no Istituto Europeo di Design. O evento também será transmitido ao vivo no Facebook da Natura. Krznaric, um dos pensadores britânicos mais importantes da atualidade, é conselheiro da Organização das Nações Unidas (ONU) e autor de “Como Encontrar o Trabalho de sua Vida” e “Carpe Diem”. O tema de sua palestra será Empatia.

No dia 23 de outubro, a guru de tendências Lidewij Edelkoort fará palestra sobre Sustentabilidade na FAAP. Com forte ligação com as raízes da cultura brasileira, Edelkoort é idealizadora da revista Bloom Brasil, que em sua nova edição, “A Terra Chama”, traz um manifesto sobre a conscientização da importância do nosso planeta e de todos os elementos que ele nos oferece.

Para debater o tema Diversidade, a série de diálogos contará com a jornalista Monique Evelle, no dia 13 de novembro, na Universidade Zumbi dos Palmares. Reconhecida pela Forbes como “30 under 30”, Evelle é idealizadora de diferentes iniciativas de educação, comunicação e empreendedorismo sustentável, como Radar.vc e Desabafo Social.

A Natura também trará Alain de Botton, fundador e CEO da The School of Life, para discutir o Amor, em palestra na Faculdade Cásper Líbero, em 22 de novembro. O autor, que se dedica a desenvolver inteligência emocional e explorar as questões fundamentais da vida em torno de temas como trabalho, família, cultura e autoconhecimento, escreve sobre amor, viagens, arquitetura e literatura. Alguns de seus livros são best-sellers em mais de 30 países.

Natura Diálogos – #OMundo+Bonito
O mundo mais bonito com empatia
Palestra com Roman Krznaric, fundador da The School of Life de Londres
Data: 18/10
Horário: 19h
Local: Istituto Europeo di Design
Endereço: Rua Maranhão, 617, Higienópolis – São Paulo
150 lugares – sujeito a lotação
Inscrições em: https://www.sympla.com.br/natura-apresenta-roman-krznaric-em-mundobonito-com-empatia__375356
O evento também será transmitido ao vivo no Facebook da Natura

O mundo mais bonito com sustentabilidade
Palestra com Li Edelkoort, guru de tendências e idealizadora da revista Bloom Brasil
Data: 23/10
Horário: 10h
Local: FAAP
Endereço: Rua Alagoas, 903, Pacaembu – São Paulo
150 lugares
O link de inscrição será divulgado em breve.

O mundo mais bonito com diversidade
Debate com Monique Evelle, jornalista e criadora da Desabafo Social
Data: 13/11
Horário: 19h30
Local: Universidade Zumbi dos Palmares
Endereço: Avenida Santos Dumont, 843, Bom Retiro – São Paulo
150 lugares
O link de inscrição será divulgado em breve.

O mundo mais bonito com amor
Palestra com Alain de Botton, fundador da The School of Life
Data: 22/11
Horário: 10h
Local: Faculdade Cásper Líbero
Endereço: Avenida Paulista, 900, Bela Vista – São Paulo
380 lugares
O link de inscrição será divulgado em breve.

Fonte: Natura

2019-12-20T15:07:33-03:00outubro 18th, 2018|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

A sustentabilidade aplicada às vendas diretas

Por Moacir Salzstein *

A sustentabilidade é um conceito de extrema importância para todos, pois garante as atuais necessidades da sociedade já pensando no futuro das próximas gerações. Para a Natura, que é um dos exemplos para o setor de vendas diretas, o tema é fundamental.

Para entender a sustentabilidade é preciso saber o que significa Triple Bottom Line. Este conceito integra de maneira orgânica três aspectos: social, ambiental e econômico. É a união destas dimensões que gera os resultados sustentáveis para as empresas.

O modelo de negócio sustentável precisa aliar a preservação do meio ambiente, com foco em ações que proporcionem transformação social como geração de renda e educação de qualidade, sem deixar de lado a visão empresarial que busca a rentabilidade da companhia.

Algumas empresas do setor de vendas diretas já atuam para desenvolver seus produtos com a visão sustentável. Há itens no mercado de limpeza de carros, por exemplo, que substituem a lavagem integral por apenas uma dose do produto, evitando assim o desperdício constante de água.

Outras companhias, por exemplo, destinam o lucro de alguns produtos para incentivar o acesso à educação formal. Temos no nosso setor empresas que contribuem e auxiliam seus empreendedores diretos para que cresçam profissionalmente, oferecendo cursos e disponibilizando parcerias com instituições educacionais.

Este ponto é importante no desenvolvimento do trabalho do revendedor direto, pois o colaborador precisa entender o conceito do produto a ser vendido para apresentar o discurso da sustentabilidade ao consumidor final.

Ou seja, diferente do que muitos pensam, a sustentabilidade não está ligada apenas ao aspecto ambiental. Valorizar os colaboradores e incentivar práticas de redução de desperdício de materiais são iniciativas simples que não necessitam de grandes ações.

* Moacir é diretor de governança corporativa da Natura e Vice-Presidente do Conselho Diretor da ABEVD.

2019-12-20T14:44:00-03:00maio 15th, 2018|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Consumidores brasileiros consideram o impacto ambiental nos produtos cosméticos

Empresas que atuam no mercado de venda direta estão entre as consideradas sustentáveis

O grau de consciência ecológica do consumidor brasileiro e a forma como ele avalia as iniciativas em prol da sustentabilidade realizadas pelas empresas começa a ganhar importância na hora da escolha de um cosmético. É o que mostrou uma pesquisa realizada pela GfK (empresa alemã de estudos de mercado), que revela que mais da metade dos brasileiros considera o impacto ambiental dos cosméticos na hora de comprar um produto. De todos os países pesquisados, o Brasil foi o que apresentou o maior percentual.
Uma das razões para esse resultado é que as empresas brasileiras estão investindo em sustentabilidade. A Natura, por exemplo, é reconhecida como a maior empresa de beleza mais sustentável no mundo. Em 2013, ela ficou em 2º lugar em uma pesquisa mundial das 100 maiores empresas sustentáveis realizada pela Corporate Knights. Já o Grupo Boticário é ativo em responsabilidade social e desenvolvimento sustentável. Em 1990, a empresa criou a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza que protege mais de 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado.
Ao promover um consumo mais sustentável, os consumidores se tornam mais exigentes e rigorosos na hora de comprar. Um estudo do Instituto Akatu destacou que os principais aspectos que os consumidores consideram ao escolher um produto são se eles não são testados em animais (52%); se ele é socialmente responsável (46%); se é comprometido com a preservação do meio ambiente (46%); se é fabricado com baixo consumo de energia (44%); e se é certificado para condições dignas de trabalho (43%).
 

2019-12-20T15:13:00-03:00outubro 24th, 2014|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |
Ir ao Topo