Início/Adicionar código antes da tag </head>. venda direta

Natura lança programa de benefícios

Exclusivo para seus consultores, projetos serão destinados à saúde e educação

Uma das líderes do mercado brasileiro de venda direta, a Natura lançou programa de benefícios sociais exclusivos para seus quase 1,5 milhão de consultores, nas áreas de saúde e educação. Os projetos fazem parte de um conjunto de medidas que serão adotados pela organização a partir dos resultados do índice IDH-CN, que mede o desenvolvimento humano e a qualidade de vida das Consultoras.

Por isso, os consultores da Natura, assim como seus familiares, poderão estudar por meio de cursos presenciais e à distância em todo o Brasil. As aulas terão preços especiais e também serão entregues bolsas integrais. Feito em parceria com a instituição de ensino Estácio, a Prepara Cursos e a plataforma on-line Geekie Games, as bolsas serão financiadas com parte dos recursos obtidos com a venda dos produtos da linha Crer para Ver, que tem todo o seu lucro investido na melhoria da educação pública brasileira, por meio do Instituto Natura.

Já na área da saúde, a empresa realizou parceria com o portal Saútil na construção de um programa que oferece aos seus consultores informações personalizadas de saúde por meio de uma central de atendimento e um aplicativo exclusivos, além de descontos em farmácias conveniadas e em clínicas para consultas e exames.

2019-12-20T14:52:38-03:00novembro 9th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Venda de cosméticos pela internet para homens aumenta

Público masculino adere cada vez mais às compras online de produtos de beleza

Foi-se o tempo onde apenas as mulheres se preocupavam com o visual. Cada vez mais os homens também percebem a importância de manter a beleza do rosto e do corpo traz inúmeros benefícios. Sendo assim, não é surpresa que a venda de produtos desse segmento para o público masculino pela internet esteja crescendo cada vez mais, assim como as vendas diretas de empresas do setor.

Em pesquisa feita pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), 43% dos homens entrevistados confirmaram se considerar vaidosos. Mais do que isso: 61,9% dos homens enxergam o cuidado com a beleza como uma necessidade. Porém, eles não estão sozinhos. 74% dos entrevistados também garantiram gastar mais pela internet quando acompanhados por uma mulher.

Isso explica porque hoje o Brasil já é o 2º maior consumidor do mundo, ficando apenas atrás dos Estados Unidos. Mesmo com um cenário econômico desfavorável, o país teve crescimento de 16% nos últimos cinco anos com relação ao consumo masculino. Com isso, o número de lojas virtuais voltadas para esse segmento também aumentou, sendo que que 70% desse público participam ativamente das compras pela internet, de acordo com a mesma pesquisa.

2019-12-20T14:52:40-03:00outubro 20th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Natura é certificada como Empresa B

Empresa é considerada uma das melhores do mundo para o meio ambiente

Não é de hoje que a Natura se preocupa em realizar medidas que valorizem a sustentabilidade das ações da companhia. Essa prática acaba de ser reconhecida, pela segunda vez, na lista global Empresas B. A relação é feita pela B Lab, uma organização independente e sem fins lucrativos. As companhias presentes na lista formam uma rede global que associa crescimento econômico ao desenvolvimento socioambiental.

A Natura, gigante da venda direta no Brasil, foi a primeira empresa de capital aberto do mundo a receber o selo. Para figurar na lista de Melhores para o Meio Ambiente, é realizada uma análise do desempenho ambiental das empresas em suas instalações, materiais, emissões e no uso de recursos e energia. Também foram computados os modais de transporte e distribuição utilizados e o impacto ambiental de suas cadeias de fornecimento, entre outros.

Além disso, a Natura foi a primeira empresa da América Latina a contabilizar o impacto de seus negócios no meio ambiente e na sociedade. A empresa adotou a metodologia conhecida como Ganhos e Perdas Ambientais, ou EP&L, na sigla em inglês. O resultado desse estudo confirmou o impacto positivo das ações adotadas pela companhia, que inclui o programa de redução e compensação das emissões de gases de efeito estufa e o uso de ativos da biodiversidade amazônica em seus produtos.

2019-12-20T14:52:41-03:00outubro 18th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

Campanha “Tô Dando Sopa”, da Herbalife, recebe prêmio

Focada em engajamento digital, iniciativa foi reconhecida pelo AMPRO Globes Awards 2016

Uma das maiores empresas de vendas diretas do mundo, a Herbalife acaba de ser premiada no AMPRO Globes Awards, que é a etapa nacional do maior prêmio de Live Marketing do mundo, realizado pela Marketing Agencies Association Worldwide (MAAW). A Associação de Marketing Promocional, que lidera o movimento do Live Marketing no país, cuida do prêmio no Brasil. Ao todo, são mais de 25 países participantes.

A campanha foi criada para um dos principais lançamentos do ano da empresa, o Nutri Soup. Com forte investimento online, incluindo uma divertida disputa com a hashtag #ToDandoSopa, a iniciativa teve mais de 22 milhões de pessoas impactadas, cujo enfoque foi mostrar os benefícios do produto. Para a Herbalife, a iniciativa marcou uma mudança de atitude de marca e interação com consumidores.

Assim, a campanha contou com a participação dos atores Julio Rocha, Henri Castelli e Dudu Azevedo, que realizaram uma competição nas redes sociais onde pediram votos aos seus seguidores. O Nutri Soup também é o primeiro produto da marca em formato de refeição convencional a compor sua categoria de Substitutos Parciais de Refeição.

2019-12-20T14:53:32-03:00outubro 4th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

A força das mães nas vendas diretas

Confira exemplos de mulheres que revolucionaram suas histórias ao investirem nas atividades do setor

Tradicionalmente, o dia das mães representa um dos melhores períodos do ano para as atividades do setor de vendas diretas. Com o aumento da procura por presentes especiais o mercado fica agitado e conta com a participação influente das mulheres.

Além de principais consumidoras, elas também se destacam como maioria entre os revendedores. Dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) apontam que mais de 90% da força de venda é formada por mulheres e o principal setor em que atuam é o de produtos de beleza. Mais do que uma conquista de mercado, as profissionais buscam mais qualidade de vida e tempo com a família.

Revendedora da Amway há três anos, Ivana Thaís Martins de Lima encontrou na empresa líder em saúde e beleza global uma oportunidade de mudar de vida, dedicar-se à família e promover o crescimento de outras pessoas. “Eu percebi que se eu ampliasse a minha atuação nas vendas diretas no modelo multinível, montasse algumas equipes e ajudasse mais pessoas a terem ganhos com a atividade, eu teria mais tempo com os meus filhos e uma renda estável”, comenta a revendedora.

Convencao_Curitiba_Abril (119)Ivana e a família em uma Convenção da Amway, em Curitiba

Como já vimos anteriormente aqui no site, o mercado de vendas diretas possibilita que as profissionais tenham uma trajetória de sucesso ao mesmo tempo que investem em sua realização pessoal. Exemplo disso, Gracielle Holanda, representante da i9, empresa de beleza, saúde e bem-estar, deixou o emprego no mercado financeiro devido ao desgaste e viu nas vendas diretas e no modelo multinível uma oportunidade de recuperar sua independência. “Eu percebi que na vida, a gente tinha que fazer tudo oposto ao que era proporcionado no mercado para a mulher”, comenta ela.

Gracielle Arruda, seus filhos e Renato Mattos, Presidente da i9Gracielle Holanda, seus filhos e Renato Mattos, Presidente da i9

Além disso, a atuação no setor promove transformações nas relações familiares. “Após a minha entrada no mercado de vendas diretas multinível, minha família tornou-se mais empreendedora e percebeu a importância de ajudar as pessoas a crescer”, reforça Ivana.

E não são só as mães que inspiram mudanças no comportamento dentro de casa, muitos filhos também despertam o interesse quando o assunto é venda direta. Flávia Mori, revendedora da Jeunesse, uma das maiores empresas de produtos cosméticos e nutricionais do mundo, por exemplo, conta como os filhos foram determinantes para a sua entrada no mercado. “Meu filho foi a minha grande inspiração e motivação para entrar nas vendas diretas. Ele construiu uma carreira sólida no ramo e muitas vezes ganhava mais em um dia do que eu no mês”, afirma ela.

IMG_5735

Flávia e os filhos

“Minha outra filha também faz vendas diretas! Fazemos negócios em família! Fazemos treinamento, trocamos experiências, um ajuda o outro. Trabalhamos, viajamos e ganhamos dinheiro juntos”, complementa Flávia.

Assim como a maioria das mães, as revendedoras aproveitam o tempo livre com os filhos para transmitir valores, acompanhar o crescimento e desfrutar de momentos de lazer com a família. “Hoje, as crianças conseguem ver que um simples produto pode te levar a horizontes maiores. Como reconhecimento do meu trabalho, eu já ganhei bônus em dinheiro e algumas viagens, inclusive para a Disney”, comenta Ivana.

Da mesma forma, Millena Barbosa, da i9, quer inspirar o desejo de autorrealização em sua filha. “A principal lição que pretendo deixar à Fernanda é que não devemos desistir nunca dos nossos sonhos e que devemos trabalhar com afinco até alcançá-los”, comenta a profissional.

Millena Barbosa e sua filha

Millena e a filha Fernanda

O poder de transformação e a infinidade de oportunidades em um mercado em expansão inspiram e geram ensinamentos para todos. Para Gracielle, é preciso assumir o controle e correr atrás do resultado. “Não permito que outros escrevam minha história. Por isso, acredito que meu fracasso e meu sucesso dependem apenas de mim”, comenta. “Assim, dou o exemplo de humildade e determinação para meus filhos”, finaliza a revendedora.

E você? Conhece histórias de mães que atuam nas vendas diretas? Compartilhe sua história conosco!

2019-12-20T14:53:35-03:00maio 6th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |

Big Data: Como os dados podem auxiliar as vendas diretas

Confira dicas para melhorar a experiência do cliente e sua estratégia de venda

O Big Data é uma das grandes características do mundo conectado de hoje em dia. Com a explosão do uso da internet e das redes sociais, há uma enorme nuvem de dados que está sendo gerada sobre nossas cabeças e crescendo a uma taxa exponencial.

Até recentemente, o Big Data era uma forma de coleta de dados restrita às grandes empresas. No entanto, a tecnologia avançou consideravelmente e, agora, mesmo as pequenas empresas podem explorar o poder do Big Data para melhorar a experiência do cliente e sua estratégia de vendas.

No post de hoje, vou falar justamente sobre o casamento entre Big Data e vendas. Me acompanhe e venha descobrir como você pode usar o Big Data a favor do seu negócio.

Como usar o Big Data?

O conceito de Big Data é algo bastante amplo. Os dados são coletados a partir de qualquer ação executada por um usuário em um dispositivo ligado à internet, seja encaminhado um e-mail, postando mensagens nas redes sociais, comentando em blogs ou até mesmo utilizando um cartão de crédito em uma loja física. Toda ação gera uma espécie de “impressão digital”, que fica armazenada em algum lugar na nuvem.

É difícil até mesmo imaginar a quantidade de dados obtidos. Para se extrair informações úteis a partir desse vasto oceano, você vai precisar de uma ferramenta de análise bastante eficiente, que lhe permita encontrar informações relevantes e exibi-las em um formato que você possa entender. Felizmente, essas ferramentas são bastante acessíveis e muitas estão disponíveis sem custo. O Google Analytics, por exemplo, é gratuito e se integra muito bem com outros sistemas, como softwares de gestão do relacionamento com os clientes.

O que sua empresa pode fazer para relacionar Big Data e vendas?

Se você tem a intenção de explorar a imensidão de informações disponíveis no Big Data, existe uma série de ações possíveis.
1. Ampliar a propagação de sua marca na internet
Você já está conectado a muitos de seus clientes através de suas diversas redes sociais ou outros meios de contato, não é? Bem, a coleta de dados não precisa parar por aí. Existem algumas opções de ferramentas que permitem que você configure alertas e notificações sempre que sua marca é mencionada na internet, assim como qualquer produto ou serviço que seu empreendimento esteja oferecendo. Uma vez que você começa a monitorar essas menções, você pode criar estratégias a partir das interações na web para otimizar a propagação de informações, gerar mais interesse em sua marca, melhorar a satisfação dos seus clientes e aumentar o engajamento de usuários.

2.Coletar dados personalizados utilizando softwares de gestão de relacionamento com os clientes
São várias as opções de ferramentas com um baixo custo capazes de oferecer todos os recursos para monitorar as interações com clientes e prospects. Esses programas não só fornecem opções para a coleta de informações no Big Data como também ajudam a buscar por informações mais úteis e a utilizá-las da melhor forma. Essas plataformas também incluem a funcionalidade de administrar seus perfis em redes sociais, para que a coleta do Big Data seja mais ágil e parta de variadas fontes.

3.Monitorar a origem das chamadas dos clientes
Se você está trabalhando com linhas de telefone fixo em seu escritório, com sistema de VoIP com recurso de mobilidade ou com um call center terceirizado, as chamadas dos clientes podem ser uma importante fonte de dados. Tenha certeza de que você está coletando todos os registros de chamadas e fazendo a análise da forma correta. As informações dos atendimentos aos clientes podem ajudá-lo a descobrir dados demográficos de quem está interessado em falar com você, assim como a identificar os problemas mais comuns que resultam em um telefonema, o que é muito útil para que você tome decisões de forma a melhorar seus serviços o apontamento de suas estratégias de atuação e de vendas.

Conseguiu visualizar uma forma de o seu negócio tirar proveito do Big Data? Já tem feito uso de alguma dessas estratégias? Vamos lá, deixe um comentário e me conte suas experiências e dúvidas!

Fonte: guiaempreendedor.com

2019-12-20T14:58:28-03:00abril 1st, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , |

Dica de leitura: O poder das mulheres fortes

Obra apresenta estratégias que ajudam o leitor a definir prioridades na vida

No livro “O poder das mulheres fortes”, Marcus Buckingham faz uma análise sobre a realidade feminina e tenta derrubar alguns mitos em torno do que elas pensam, sentem e desejam.

O autor faz uso de estratégias práticas, exemplos e depoimentos, para estimular os leitores a lidarem com o excesso de escolhas, mostrando que é possível definir prioridades, ter mais tempo de qualidade e cultivar relacionamentos mais gratificantes.

Por meio do “Teste da Vida Forte”, Buckingham ajuda a mulher a conhecer-se melhor e a fazer escolhas que reflitam seus verdadeiros desejos.

Fonte: Livraria cultura

2019-12-20T14:58:29-03:00março 30th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , |

Cinco mitos e verdades sobre vendas diretas

Modelo de negócio permite atuação diferenciada que agradam consumidores e marcas

As atividades promovidas pela venda direta ainda estão associadas a uma série de mitos que dizem respeito à forma de atividade de muitas pessoas. O mercado, no entanto, se destaca na economia nacional apesar dos tempos de crise.

Atenta ao que acontece no setor, a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) orienta a conduta das empresas nos relacionamentos com os revendedores diretos, com o objetivo de promover a concorrência leal e a melhoria da imagem do setor de vendas diretas como uma real oportunidade de trabalho e geração de renda.
Conheça os princípios da ABEVD, clicando aqui.

Iniciar atividades na venda direta é simples, mas necessita empenho, dedicação e muito trabalho. Conheça alguns mitos que devem ser superados para assegurar o sucesso e a evolução do seu negócio:

1) Empresas de venda direta são todas iguais
O setor de vendas diretas apresenta uma grande diversidade de opções para aqueles que desejam investir e se dedicar. No entanto, é essencial definir seus objetivos e encontrar a empresa que tem um portfólio de produtos e modelo de negócio que você se identifique.

2) Vendas diretas não são um “negócio de verdade”
As vendas diretas destacam-se nos negócios e superam alguns setores tradicionais da economia. Seja por horários mais flexíveis de trabalho, seja pela variedade de oportunidades de crescimento, o mercado atrai as pessoas que buscam novas oportunidades e permite que o vendedor desenvolva seu próprio negócio e sua lógica real de trabalho.

3) Você não vai ganhar dinheiro com venda direta
Acreditar naquilo que se faz é o ponto de partida para quem aposta nas vendas diretas. Assim como em qualquer negócio é preciso empenho e dedicação para crescer e ter sucesso na carreira de vendedor. Tenha em mente que haverá momentos de crescimento e declínio de vendas, por isso, o planejamento de ações é fundamental para evitar surpresas.

4) Regra de ouro das vendas diretas: nade ou afunde
Antes de investir em vendas diretas faça uma pesquisa sobre as empresas do setor e opte pela que melhor se adapta ao seu perfil e sua filosofia de vida. É essencial verificar a idoneidade da organização escolhida junto a uma associação reconhecida, como a ABEVD, para assegurar que o compromisso com vendedores e consumidores esteja protegido por um código de ética e uma política de boa conduta.

5) Pessoas sem experiência de vendas não terão sucesso no mercado
Ao contrário do que muitos acreditam, a experiência no setor não é um fator determinante para um profissional que deseja iniciar suas atividades. Versáteis, as vendas diretas oferecem uma série de oportunidades de crescimento pessoal, como o descobrimento de talentos e adaptações das habilidades para o atendimento ao cliente, que permitem que qualquer um seja um profissional de sucesso.

2019-12-20T14:58:29-03:00março 28th, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , |

Três dicas para vender mais

Especialista aponta caminho para quem deseja aumentar as vendas durante o ano

Com a instabilidade da economia nacional, garantir os resultados nas vendas é um desafio para os profissionais. Pensando nisso, José Ricardo Noronha, especialista, consultor e autor do livro “Vendas: Como eu faço?”, elencou as três dicas principais para aqueles que desejam potencializar as vendas durante este ano. Confira:

1. Foque na experiência do cliente
O ponto de partida para melhorar as experiências do consumidor no momento da compra é adequar seus produtos e serviços às demandas de mercado. Dessa forma, é possível transformar todos os momentos de venda em uma oportunidade de aprendizado e questionamento sobre as necessidades dos clientes.

“Para criar as melhores e mais inesquecíveis experiências a cada um dos nossos clientes, entender profundamente as necessidades e desejos deles nunca foi tão fundamental e crucial quanto agora”, afirma o Noronha.

2. Aprimore o seu repertório de vendas
“Diante de clientes muito mais exigentes e de um mercado muito mais desafiador, quem continuar a usar as mesmas técnicas e habilidades de sempre vai ficar para trás”, alerta o consultor.

Por isso, a dica é investir no aprimoramento de habilidades e técnicas de vendas para ampliar o seu repertório pessoal. Assim, é possível prever dificuldades e assegurar os resultados de vendas.

3. Invista em marketing de conteúdo
Aposte nas estratégias de marketing para estreitar o relacionamento com os seus clientes e fornecer conteúdos relevantes. Além disso, aproveite as novas plataformas para apresentar as novidades de seus serviços para a sua rede de clientes.

“Em tempos mais desafiadores como os que agora enfrentamos, é preciso inovar (de verdade!) na forma com que você e sua empresa se comunicam e se relacionam com seus clientes”, conclui Noronha.

Fonte: Exame

2019-12-20T14:58:30-03:00março 23rd, 2016|Categories: ABEVD Clipping|Tags: , , , , , |
Ir ao Topo