Empresas americanas de venda direta desenvolvem programas de sustentabilidade e diminuem o impacto ambiental das suas produções

No embalo do Dia da Terra, que aconteceu no último dia 22 de abril, a DSN (Direct Selling News) destacou algumas iniciativas sustentáveis que estão sendo tomadas por empresas de venda direta nos Estados Unidos. Essa é uma boa oportunidade para que todos saibam um pouco mais sobre algumas das empresas com as quais se relacionam e consomem grande parte dos produtos.

A Arbor Day Foundation deu o “Prêmio Terra” a Mary Kay por seus esforços de plantação e conservação de árvores. A marca de cosméticos é um parceiro corporativo da fundação, ao lado de organizações como a Disney, FedEx e Toyota. Os resultados da empresa tem sido extremamente satisfatórios para os seus negócios e para o mundo. Ela se comprometeu a plantar 1 milhão de árvores em todo o mundo, alcançou o status de aterro zero em oito de suas instalações, alimenta suas instalações em Dallas com energia renovável, e já salvou milhões de litros de água economizando no dia a dia da sua produção.

A Avon também tem investido pesado em iniciativas mais sustentáveis. A empresa anunciou na última semana que angariou cerca de US$ 7,5 milhões pelo mundo em doações para o Programa Florestas Saudáveis. A WWF e a The Nature Conservancy estão juntas com a Avon nesta iniciativa que visa diminuir o desmatamento em florestas ameaçadas no Brasil e na Indonésia. No anúncio da iniciativa, a Avon também apresentou uma sacola para homenagear o Dia da Terra, disponível para os clientes norte-americanos. Para cada sacola vendida, a Avon doará US$ 2 para o Programa Florestas Saudáveis.