Campos também reforçou que a implantação do sistema de pagamentos instantâneos não tem nenhuma relação com algum tipo de cobrança de imposto no futuro

Se o Pix “der muito certo”, ele representará de 15% a 20% dos pagamentos do país, afirmou hoje o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto.

O presidente da autoridade monetária participou do evento virtual ‘Melhores da Bolsa 2020’, organizado pela Infomoney.

No evento, Campos também reforçou que a implantação do sistema de pagamentos instantâneos não tem nenhuma relação com algum tipo de cobrança de imposto no futuro.

Fonte: Valor Investe