Embora seus distribuidores possam estar no centro de sua organização, seus clientes são sua força vital – e sem eles, será impossível para você alcançar o sucesso. Os consumidores de hoje esperam mais do que nunca, e pode ser um desafio se destacar de uma maneira que os incentive a permanecer, continuar fazendo pedidos e desenvolver lealdade à sua marca. Uma maneira de garantir que sua base de clientes continue crescendo é estabelecer uma incrível jornada do cliente que começa desde o dia em que eles fazem seu primeiro pedido.

Você provavelmente conhece os requisitos básicos para criar uma jornada como esta: campanhas de e-mail divertidas sobre o pedido e os produtos, embalagem bonita e um departamento de atendimento ao cliente útil. Mas há algumas outras coisas que você deve considerar se quiser ficar acima da multidão. Abaixo, discutirei quatro maneiras de aprimorar a jornada do cliente.

1. Implemente a automação

Há alguns anos, ouvi falar de uma empresa de vendas diretas que perdeu mais de US$ 1,5 milhão em receita devido a pedidos perdidos. Esses pedidos incluíam envios automáticos que não foram rastreados adequadamente, pedidos que foram cancelados e outros pontos problemáticos. Ao implementar alguma automação básica para fornecer insights e relatórios, essa empresa pode automatizar o processo para recuperar a receita, gerando mais de US$ 14 milhões em lucro em apenas um ano. As ferramentas automatizadas certas se pagam.

O verbCRM apresenta uma dessas ferramentas, o PULSE, que fornece uma variedade de relatórios que permitem que os usuários se comuniquem com seus clientes de forma rápida e eficaz. Quando um usuário seleciona um cliente em um relatório, ele recebe sugestões de maneiras de interagir com ele – seja acompanhando agora ou definindo um lembrete para fazê-lo mais tarde. O recurso ainda oferece mensagens pré-escritas, completas com anexos sugeridos, que podem ser criadas e editadas por sua equipe corporativa, juntamente com a opção de os usuários escreverem suas próprias mensagens. Por exemplo, uma mensagem pré-escrita para um cliente que espera seu primeiro pedido pode dizer algo como: “Ei, estou muito feliz por você receber seu pedido na próxima semana! Eu sei que você vai adorar esses produtos. Me conta qual é o seu favorito!” e pode sugerir a inclusão de uma folha de informações do produto.

Ferramentas como o PULSE apresentam lembretes automatizados para seus distribuidores acompanharem todos os tipos de clientes: novos, regulares, clientes com pedidos de envio automático e inativos. O resultado? Uma melhor comunicação entre seus distribuidores e seus clientes leva a pedidos maiores, menos clientes insatisfeitos, pedidos mais frequentes e crescimento geral dos negócios.

2. Foco na reativação

Existem dezenas de razões pelas quais um cliente pode parar de fazer pedidos e seria impossível evitar que isso acontecesse. No entanto, a única coisa que você pode fazer é prestar atenção. É fácil para um cliente sentir que não importa mais se parou de fazer pedidos. Dedicar um tempo para entrar em contato pode fazer uma enorme diferença na forma como eles veem sua empresa.

Imagine seus distribuidores tendo uma lista de cada um de seus clientes inativos. Quando sua empresa lança um novo produto, você pode enviar uma notificação push incentivando os usuários a se conectarem com as pessoas dessa lista. Com apenas alguns toques, eles poderão entrar em contato com uma mensagem (ou até mesmo uma amostra) que inspire clientes inativos a fazer um novo pedido.

Os clientes inativos devem ser vistos como parte integrante do mercado aquecido de um distribuidor. Incentive os distribuidores a entrar em contato com esses clientes e chegar à raiz do motivo pelo qual eles ficaram inativos. Para um toque ainda mais especial, eles podem até enviar um vídeo interativo personalizado com sugestões de produtos ou um link para conversar mais tarde.

3. Incentivar a Educação

Em 2017, estimou-se que cerca de 67% de todas as organizações ofereciam alguma forma de plataforma de aprendizagem móvel. Esse número provavelmente cresceu desde então. Para competir no mercado atual, você precisa de um sistema de ferramentas educacionais baseadas em recompensas que melhorem a experiência geral do cliente.

Gaste tempo para garantir que seus distribuidores e clientes tenham acesso a informações sobre sua empresa e seus produtos. O uso de um sistema de gerenciamento de aprendizado garante que seus distribuidores saibam exatamente o que estão vendendo e permite que eles vejam onde podem oferecer produtos ou promoções adicionais para melhorar a experiência do cliente.

Você também pode considerar o uso de um LMS para informar seus clientes sobre os produtos que eles encomendaram. Por exemplo, se você tem um produto de limpeza, um módulo sobre como ele pode ser usado pode motivar seus clientes a usar o produto com mais frequência.

4. Preste atenção aos dados

Aproveite o tempo para se certificar de que você sabe tudo o que há para saber sobre seus clientes. Veja quem está no envio automático, quem cancelou o envio automático, quem está esperando seu primeiro pedido e muito mais – tente descobrir os padrões. Outro ponto de dados importante é prestar atenção à retenção de clientes. Em que momento seus clientes cancelam o envio automático? Que tipo de recompensas e incentivos você pode oferecer a eles para continuar fazendo pedidos? Como você pode direcionar os comportamentos do campo para se envolver com esses clientes no momento em que eles podem estar pensando em cancelar seus pedidos de assinatura? Recursos como o PULSE fornecem à sua empresa uma mina de ouro de dados sobre clientes e seus padrões de compra, permitindo que você tome decisões baseadas em dados que criam uma jornada melhor. Por exemplo,

As empresas do setor que experimentam o maior sucesso são aquelas que têm um foco pesado na jornada do cliente. Preste atenção às suas necessidades e crie uma experiência poderosa para garantir que eles se tornem fãs delirantes de seus produtos e empresa.

Fonte: The World Of Direct Selling.